If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:3:48

Transcrição de vídeo

Você frequentemente ouve as palavras "depreciação" e "amortização" sendo usadas juntas, e o que eu quero fazer neste vídeo é entender um pouco melhor porque elas são similares e qual a diferença entre as duas. Nos nossos exemplos anteriores, nós fizemos depreciação. Imagine que no período zero nós compramos um caminhão por 60.000 dólares e, ao invés de contabilizá-lo todo no período zero, ao invés de colocar 60.000 dólares em despesas logo aqui, nós capitalizamos isso. Nós dizemos que temos um ativo de 60.000 dólares. Isso é logo no final do período zero, ou no começo do período um. O que nós fazemos é dividir a despesa ao longo do período de tempo durante o qual vamos utilizar o caminhão. Então, no período um, nós depreciamos o caminhão em 20.000 dólares. Nós assumimos uma vida útil de três anos para esse caminhão, e nós faremos o que se chama "depreciação linear". Nós pegaremos o custo do caminhão e dividiremos pela sua vida útil. Há outros jeitos de fazer. Talvez você ache que ele deprecia mais rápido no começo, mas esse é o mais simples, e é utilizado por muitas empresas. Apenas depreciação linear. Então, depois de usarmos os 20.000 dólares, nós depreciamos o caminhão em 20.000 dólares, e contabilizamos naquele ano. Então é uma despesa. Portanto, no final do período um, ele está registrado em nossos livros por 40.000 dólares. Em seguida, no período dois, nós o depreciamos em outros 20.000 dólares. Isso será uma despesa de 20.000 dólares no período dois. Agora, ele estará valendo 20.000 dólares nos nossos livros ao final do período dois. No período três, registramos mais 20.000 dólares na demonstração de resultados, e então, pelo menos para esse caminhão, assumindo que ainda não compramos outro, nós o depreciamos completamente. Ele vale agora vale zero nos livros, porque, considerando nossas suposições, ele não é mais útil. Nós temos que, de certa forma, descartar o caminhão. Isso é depreciação. Agora, imagine que, para operar nosso negócio de caminhões, nós também temos que pagar um tipo de taxa de licença. Vamos chamar isso de taxa de licença. Digamos que a taxa de licença seja de 4.000 dólares, e nós podemos usá-la durante os próximos quatro anos. Então, mais uma vez, você poderia colocar uma despesa de 4.000 dólares bem aqui, mas isso não é totalmente preciso, você não está usando essa taxa nesse período. Essa taxa será útil durante os próximos quatro anos. Então, mais uma vez, você colocaria a taxa de licença como um ativo, ou talvez taxa de licença pré paga, dependendo do ponto de vista, e então você iria amortizar o custo, que é essencialmente a mesma coisa matematicamente. Você diz "Veja só! Eu vou usar isso pelos próximos quatro anos, basicamente, 1.000 dólares por ano." Então, a amortização da taxa de licença no ano um seria 1.000 dólares. Nos meus livros, eu carregaria uma taxa de licença de 3.000 dólares. Depois eu amortizaria outros 1.000 dólares, e ela baixaria para 2.000 dólares. Amortizaria outros 1.000 dólares, e no final do período três, ela vale 1.000 dólares nos livros. Período quatro, amortizamos mais 1.000 dólares. Agora, ela está completamente zerada, e eu provavelmente tenho que conseguir outra licença agora. Então, matematicamente, elas são a mesma coisa. Até filosoficamente elas são a mesma coisa. A ideia é que, ao invés de contabilizar as despesas todas de uma vez, você diz "Veja, elas tem uma vida útil. Deixe-me espalhar a despesa ao longo do tempo." A diferença entre as duas, e provavelmente você deve ter notado isso, é que depreciação ocorre quando você possui ativos físicos. Se você tiver um edifício, ou um caminhão, ou algum equipamento, você deprecia esse ativo. Se você tiver algum ativo não físico, ou um ativo financeiro, ou algo que é menos tangível, então você irá amortizá-lo. É apenas uma palavra diferente dependendo de quão tangível o ativo é. Então se for uma taxa de licença, ou outro tipo de taxa, ou algum tipo de, talvez, propriedade intelectual, você iria amortizar o custo. Se você tiver um caminhão, ou um edifício, ou outra coisa, você iria depreciar eles. [Legendado por LucasF]