Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:4:19

Transcrição de vídeo

Nós vimos que um banco de investimento pode comprar várias hipotecas, que basicamente o torna o credor dos donos das casas, e então ele pode juntar elas dentro de uma entidade com um objetivo especial. Ele, então, pode vender cotas dessa entidade especial. Essas cotas serão chamadas de títulos hipotecários. Digamos que, para efeitos do argumento, quando ele vende essas cotas, ele as vende a $10 a cota, a $10 a cota, e promete dividendos equivalentes à 8% do valor da cota. Então, talvez, eles pagam mais de 8% em juros. Alguns deixam de pagar uma vez. Assim que você calcula a média de tudo, o banco retém uma pequena parte para ele, para as operações, para as despesas e aí ele entrega ao investidor o retorno de 8%. Isso pode ser bom para uma classe de investidores. Eles podem gostar do perfil de segurança. O perfil de risco da entidade de propósito especial dos títulos hipotecários. Eles podem gostar do retorno e podem escolher por compra-los. Mas, pode haver uma classe de investidores talvez bastante aversos ao risco. Como, pensões. Que dizem que esse título hipotecário é muito arriscado. Eles viram o que nós temos e dizem: "Algumas são hipotecas de alto risco, algumas são duvidosas, algumas são de tomadores duvidosos. Eu não gosto para onde isto vai." Mesmo se eles não puderem olhar sob o capuz para ver o que é, o banco pode ter contratado uma agência de classificação... (Agência de classificação) (Agência de classificação) para, basicamente, olhar sob o capuz e dizer para os investidores o que está lá. A agência de classificação pode olhar para essa entidade e para esses títulos e dizer: "Veja, eu diria que esses títulos deveriam ser classificados como duplo B." Não exatamente o mais seguro mas também não o mais arriscado. Mas, para pensões, eles não são seguros o suficiente. Agora, por outro lado, você pode ter pessoas que querem mais risco. Então você pode ter um fundo de cobertura mais arriscado. Nem todos são arriscados, mas, digamos que existam alguns arriscados e que eles digam que o retorno é muito baixo (O retorno é muito baixo) Os banqueiros de investimento são pessoas bastante criativas. Eles dizem: "Vejam, aqui estão pessoas que querem comprar títulos mas esses títulos são muito arriscados para eles. E há outras pessoas que querem comprar títulos que podem assumir mais risco mas eles dizem que o retorno é muito baixo." Então, ao invés de perder esses investidores, porque não dividir essa entidade de uma maneira diferente. Porque não separar ela em divisões. Então ao invés de todos os títulos serem os mesmos porque não colocar eles em classes. (Porque não colocar eles em classes) Elas são normalmente chamadas de divisão superior, divisão mediana e, então, divisão de ações. No modo como isso funciona, em um título hipotecário, todos recebem o mesmo valor. Nessa situação, quando você divide eles dessa maneira, os donos da divisão de títulos superiores serão pagos primeiro. Apenas quando tudo for pago é que os donos da divisão de títulos medianos serão pagos e apenas quando tudo for pago é que os donos da divisão de ações serão pagos. Esse cenário bem aqui é chamado de Obrigação de Débito Colateralizada, CDO, e é na verdade um título derivativo das hipotecas. Nós fatiamos e cortamos ele de uma maneira um pouco diferente. Como isso resolve o problema? Bem, agora as agências de classificação dirão: "Vejam, se as pessoas mais velhas serão pagas antes de todo mundo então eu vou dar uma classificação maior." Eles podem até contratar um seguro, pegar um "swap" contra inadimplência e talvez conseguir uma classificação de triplo A. O que significa que agora as pensões podem comprar esse CDO superior e eles irão pagá-los menos juros. Talvez eles irão pagá-los 5%. Talvez o mediano será pago depois. Eles talvez consigam uma classificação de duplo B e eles irão receber os 8%. Então a divisão de ações irá receber um juros maior. Então, eles irão receber, digamos, 15% de juros em troca por serem as últimas pessoas a serem pagas. Talvez eles fiquem sem classificação. Então pode-se ver como classificação sucata, se você ver assim. Mas isso faz ambas as pessoas felizes. As pensões estão seguras e menor retorno. Fundos de cobertura ficam com algo mais arriscado mas com um retorno maior. [Legendado por LucasF]