If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal

Diagrama de benefícios do lançador de compra

Diagrama de benefícios do lançador de compra. Versão original criada por Sal Khan.

Quer participar da conversa?

Nenhuma postagem por enquanto.
Você entende inglês? Clique aqui para ver mais debates na versão em inglês do site da Khan Academy.

Transcrição de vídeo

Para o titular de uma opção de compra com um preço de exercício de $50, e o pagamento na data de expiração. Então estamos falando do valor nesta posição. Se as ações estão abaixo de $50, não as exerceríamos, porque podemos comprá-las mais baratas do que a opção está nos dando. Se as ações sobem acima de $50, exerceríamos a opção para comprar por $50. Digamos que a ações está em $60, a ação sublinhada está em $60 na data de expiração, então exerceríamos nossa opção de compra por $50 vender por $60 e ganhar $10. Pegaríamos essencialmente o que está acima de $50 nas ações, se pensarmos... esse é o valor real da posição, se queremos o indicador de quanto pagamos pela opção, nós a diminuiríamos em $10. Porque, como titular, pagaríamos $10 por isso. Ficaria assim. Essencialmente iríamos... se não exercêssemos a opção perderíamos o montante de dinheiro que foi a perda que pagamos pela opção. Acima disso, teríamos equilíbrio em $60 dólares, e faríamos dinheiro acima disso. Com $60, o valor da opção é de $10, mas pagamos $10 por isso. Esse é nosso ponto de equilíbrio, e ganharíamos dinheiro acima disso. Isso é da perspectiva do titular. Isso é da perspectiva do titular da opção de compra. Esse é o titular da opção de compra. Como seria se você fosse o vendedor da opção de compra? Se você é a pessoa que está vendendo o direito a compra da ação. Se essa pessoa aqui, se o titular tem o direito de comprar a $50, alguém deve estar vendendo. Alguém deve estar concordando em dizer: "Ei, eu venderei a você por esse preço." Se você é o vendedor... temos o titular em verde. O titular em verde. E se você for o vendedor? Você é a contraparte daquela opção. Você é a pessoa que concorda em apoiar essa opção. Se opção não for exercida, então o vendedor não perderá dinheiro. Se a opção for exercida, então, o vendedor começa a perder dinheiro. Se o vendedor não é o titular da ação, e digamos que a ação vale $60, o titular pode exercer a opção e comprar por $50. O vendedor teria que comprar a ação no mercado por $60 e vendê-la por $50. Ele perderia $10. O pagamento do vendedor ficaria assim. Mais uma vez é um reflexo do pagamento do titular. Se você pensar no lucro do vendedor, se a opção nunca fosse exercida, então o titular ficaria com os $10 que foram pagos, que ele vendeu o direito. Se a opção fosse exercida, e ele começasse a perder dinheiro, o equilíbrio mais uma vez seria de $60. Qualquer coisa abaixo disso, ele perde mais e mais dinheiro. Mais uma vez, isso é reflexo de cada um. Se você adicionar essas duas linhas seria o equilíbrio. Essas partes são as que estão trocando dinheiro entre si. Se esse cara ganha $10, esse cara perde $10 ou vice-versa. Legendado por [ Tábata Kotowiski ] Revisado por [ Marília Figueira ]