If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:3:27

Transcrição de vídeo

Vamos entender como o preço de uma opção pode variar ou como ele se relaciona com a data de vencimento. Vou comparar duas opções similares com as ações subjacentes sendo da General Electric. Elas são exatamente iguais, exceto pelo vencimento de uma delas, que será maior. Vamos comparar. Vamos comparar esta opção de compra. É uma opção de compra da GE com preço de exercício igual a $17,00. É uma opção de compra de uma ação da GE a $17,00 com data de vencimento em abril de 2011. Irá vencer, ou o último dia em que você pode comerciar esta ação seria a terceira sexta-feira de abril. Vamos comparar com uma opção que tem o mesmo preço de exercício, mas com validade em dezembro de 2011. Então vamos procurar um preço igual a $17,00, bem aqui, e você pode ver que quando comparamos estas opções, a que tem maior prazo de validade é mais cara. Esta custa $3,25, enquanto esta outra custa $2,36. A razão pela qual esta é mais cara é porque você tem que retê-la por um tempo maior. Então imagine $17,00. Digamos que $17,00 esteja bem aqui. Vou desenhar um gráfico hipotético. Digamos que $17,00 esteja bem aqui. Você pode imaginar, digamos que você tem as duas opções, ou você tem a opção de ter uma delas. Digamos que as ações, digamos que as ações façam algo assim. Estará no dinheiro, você tem o direito, se possui uma destas opções, se possui umas destas opções, você tem a opção de comprar as ações por $17,00 e vendê-la pelo preço que for. Digamos que este preço seja $20,00, então você ganharia dinheiro. Mas se você tem uma opção com um prazo, um prazo de vencimento próximo, com o vencimento em abril de 2011, você terá que exercer sua opção agora, terá que exercê-la agora e encerrar a opção. Se você tivesse a opção com o prazo maior você poderia fazer a mesma coisa que um proprietário fez em abril de 2011, ou você pode manter a opção e ver se a ação irá subir, ou imaginar um cenário de queda. Alguém que, talvez aconteça algo que faça com que o dono das ações perca dinheiro. Alguém que mantenha a opção com o prazo mais próximo, a que expira primeiro, estará completamente sem dinheiro, a ação não terá valor neste estágio. Mas se você tem a opção com prazo de validade maior, se a sua opção não vence até dezembro de 2011, você poderia mantê-la, e talvez, talvez, as ações fariam algo bom. Há uma probabilidade que um dia ela se transforme em dinheiro. Quero deixar claro que, mesmo que você tenha esta situação aqui, e você mantenha a opção com o maior prazo de validade, você tem a opção que vencerá em Dezembro, você ainda não desejaria exercê-la porque existe alguém que aproveitaria esta opcionalidade de futuros. Então o que é melhor você fazer, ao invés de exercer a opção, é vender a opção com maior prazo de validade bem aqui, e você conseguiria capturar o tanto de lucro que você faria ao exercer a opção, mais o valor que o comprador vê na opcionalidade futura. [Legendado por: Eloá Davanzo] [Revisado por: Karoline]