Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:5:35

Aquisição de controle acionário alavancada básica (LBO-leveraged buyout)

Transcrição de vídeo

Digamos que há muitos anos você tenha iniciado seu próprio negócio e agora, sem ter nenhuma dívida, a cada ano sua empresa tem um rendimento bruto anual de 1,5 milhões de dólares e um terço disso é para pagar impostos. Então você tem um rendimento líquido de um milhão de dólares por ano. É uma empresa super estável, sem risco nenhum, tanto que, para este rendimento de um milhão por ano, as chances de aumentar ou diminuir são mínimas. O seu balanço patrimonial seria algo assim. Este é o ativo e não há dívidas. Vamos supor que não há passivos, você detém todo o patrimônio. Você possui todos os ativos. Você quer se aposentar e quer retirar o dinheiro que investiu. Não quer necessariamente vender para a concorrência e talvez nem exista concorrência. Você não quer vender, caso existam, porque competiu com eles a vida toda, e não é o tipo de empresa para a Bolsa de Valores porque não é tão grande assim. Suponha que nos encontramos e eu digo: Sua empresa parece interessante, é estável e gera um bom rendimento ano após ano. Então eu proponho: Quer me vender sua empresa por dez milhões de dólares? Eu ofereço dez milhões de dólares. E você acha que é uma boa oferta. É o equivalente a dez vezes o que você ganha em um ano. Uma empresa que não está crescendo, mas é bem estável e parece uma oferta razoável. E do meu ponto de vista, dez milhões por um negócio que rende um milhão todo ano, isso é dez por cento do que tenho. Parece bom. Então talvez eu faça uma alavancagem, sem desembolsar os dez milhões. Posso fazer um empréstimo e talvez ter um retorno melhor assim. Na hora de pagar, estarei comprando os ativos... Estes são os ativos que estou comprando e vou entregá-los... O que eu conseguir por esses bens vou entregar para você, a pessoa que iniciou este negócio. Aqui estão os ativos. Em vez de pagar o total de dez milhões, pagarei um milhão de dólares do meu bolso, e vou a um banco e peço um empréstimo de nove milhões de dólares. Já tenho um milhão e peço nove ao banco para ajudar a comprar esta empresa por dez milhões de dólares. O banco diz: Não sei, é muito dinheiro, parece ser muito arriscado. Respondo que estou disposto a pagar juros mais altos, quem sabe uns dez por cento. E esta é uma empresa super estável, certamente poderei pagar os juros. E se por alguma razão eu não conseguir pagar, o banco pode ficar com a empresa. Estou dando a empresa como garantia. E o banco aceita emprestar os nove milhões de dólares. Um empréstimo de nove milhões a uma taxa de dez por cento. Agora eu tenho os nove milhões do banco mais um milhão do meu bolso, e entrego para você. Agora você pode se aposentar, comprar a casa dos sonhos ou qualquer outra coisa. Ou você pode guardar o dinheiro para seus filhos. Ou pode fazer uma doação, o que você quiser. Mas agora a estrutura de capital do negócio ficará assim. Agora há um grande débito, comprei por alavancamento. É uma aquisição alavancada. Agora tem um milhão de dólares de patrimônio líquido que eu investi. E tem os nove milhões de dólares de dívida com o banco. Nove milhões de débito. Os ativos, pelo quais paguei, somam dez milhões de dólares. Os passivos somam nove milhões de dólares, então o que sobra é um milhão. Imagine agora que a empresa continue gerando um milhão por ano. Vamos ver qual seria a minha recompensa pelo investimento de um milhão de dólares. Antes, a renda bruta era 1,5 milhões, antes de pagar os impostos. Mas como está agora preciso pagar os juros. Nove milhões de dólares a dez por cento, é igual a 900 mil dólares de juros. Então, a renda bruta agora não será de 1,5 milhões, e também terei que pagar 900 mil de juros. Então, menos 900 mil, significa que tenho 600 mil. Um vírgula cinco, menos 900 mil é igual a 600 mil por ano de renda antes dos impostos. Então pago os impostos sobre este valor. O legal é que, em atividades empresariais, os juros sobre empréstimos são dedutíveis do imposto. Depois daquele cálculo, você tem 600 mil dólares sobrando e paga os impostos. Se for a mesma taxa, um terço vai para o governo e você fica com 400 mil de renda líquida. Veja que eu fiz um ótimo negócio. Eu, o cara que comprou a empresa de você. Eu, agora, tenho 400 mil dólares de renda líquida por ano, o que é ótimo, porque meu investimento foi de um milhão de dólares. Embora não pareça um grande negócio e embora eu vá pagar dez por cento de juros sobre o empréstimo, porque decidi fazer uma aquisição alavancada, agora consigo ter uma renda de 400 mil dólares por ano, com aquele investimento de um milhão de dólares. Agora, de repente, tenho um ótimo retorno anual. [Legendado por Angela Barbosa]