Carregando

Transcrição de vídeo

No vídeo sobre a relação preço receita vimos uma situação em que dois empreendedores diferentes compraram um ativo idêntico, neste caso era uma pizzaria de balcão, ou uma pizzaria, mas cada um investiu de uma forma diferente. Este cara foi um pouco mais conservador Ele colocou dinheiro imediatamente. Todo o seu ativo era o capital. Ele não tinha dívida. Enquanto este cara, ele pediu algum dinheiro emprestado e ele até possuía alguns ativos não operacionais. Então ele alavancou. Para cada $1 que ele havia colocado ele pediu $10 emprestado para o banco para comprar mais ativos do que ele realmente trouxe para o negócio. E nós vimos quando você fez as demonstrações financeiras deles - O resultado, custo dos produtos - tudo até o operacional a linha de lucros era a mesma. E faz sentido, porque se você se lembrar da primeira vez que apresentamos o vídeo sobre resultados, operacionalizar o lucro é um real indicativo do que os ativos operacionais estão gerando. Então, neste caso, é o que esta área roxa aqui está gerando. Você também poderia considerar que o negócio. O que o negócio está gerando. E tudo embaixo da linha operacional, tudo embaixo da linha operacional de lucro, está ou vindo de ativos não operacionais, o que seria o caso de resultados não operacionais. E o empreendedor da direita teve algum. Ele tinha algum deste resultado não operacional, $2.000 por ano, neste caso. Enquanto este cara não tinha nada. E daí você tem algumas despesas associadas com juros. Certo? neste caso, este empreendedor tinha 5% de $100.000, então $5.000 por ano. E aí, quando você tem estas diferenças na estrutura do capital isto muda o seu resultado líquido. E eles tinham números de resultado líquido ligeiramente diferentes. Mas o que vimos é que quando se aplica o mesmo preço para a razão de lucro e eles tinham o mesmo número de ações - eu não mudei muitas variáveis aqui, eu só mudei realmente como eles pagaram pelo ativo. Mas quando você aplica a mesma razão de preço para lucro para os dois fluxos, para ambas as empresa, você tem uma coisa que era razoavelmente intuitiva. E não tem nenhum truque aqui na verdade. Porque não é maluco estipular o mesmo preço para razões de lucro. Ese você tentar, se você aumentar o resultado deste cara um pouquinho, se você realmente aumentar ambos os resultados na mesma quantidade, ou ambos lucros brutos na mesma quantidade, ou se você aumentar ambos lucros operacionais na mesma quantidade, você vai ver que o resultado deste cara por ação está crescendo de forma mais rápida. Então, dado que alguém poderia dizer, ah, por causa da alavancagem talvez esteja disposto a pagar um múltiplo ainda mais alto. Não é loucura pagar o mesmo múltiplo para ambos os caras. Mas a gente viu no final do último vídeo que quando você aplica, digamos, um múltiplo de 10vezes, ou mesmo qualquer múltiplo para ambos os fluxos de receita, você entende a situação que, inicialmente, não parece maluca. OK, o valor de mercado deste cara é de $210.000 e se você aplicar um múltiplo de 10 vezes ao fluxo de resultado, enquanto o valor de mercado deste cara é de $189.000 e se você aplicar um múltiplo de 10 vezes para o fluxo de resultado. Certo? 10 vezes 18.900 é igual a 189.000 10 vezes 21.000 é 210.000 mas qual era a questão, que realmente nos deixou pensando, como pode todo este fluxo de ação aqui, ou esta ação, ou este fluxo de resultado valer 210 e este apenas 189 quando este cara apenas colocou $10.000 inicialmente e este cara colocou $100.000 ele colocou 10 vezes mais E então quando você está pagando $210.000 por este ativo, por este capital, você está essencialmente falando que este ativo vale $210.000 Mas se você está dizendo que este capital vale $189.000, certo, este é o valor de mercado É o valor do capital Então você está implicitamente dizendo que este ativo, que todos estes ativos valem este valor de mercado capitalização mais este empréstimo, certo? Então é $289.000. E daí se você queria o valor deste ativo operacional Você teria que diminuir este tanto aqui, o dinheiro. Então, você tem algo como $279.000 Então quando você aplica o mesmo preço por resultado para estas situações semelhantes onde você tem uma situação em que você está pagando a mais por este ativo com relação ao outro mesmo que elas sejam idênticas Então isso deixa com uma questão: o que devemos fazer? O que mais pode ser usado, além da razão preço por receita? E é para isto que este vídeo serve. Então, a resposta curta é uma... você tem que usar algo diferente. A razão de preço para receita é uma forma rápida de comparar duas empresas com relação ao seu crescimento ou com relação a uma indústria. Mas perde muita informação com relação a como as companhias foram capitalizadas. Você viu, no último vídeo que como você está capitalizado, e quando eu digo capitalizado eu quero dizer como você pagou pelos seus ativos. Se você tem um monte de dívida, o que na verdade acontece com o fluxo de receita é muito, muito diferente. E então, você perde toda esta informação. e então, se você quer capturar esta informação, quando você olha par ao preço de um capital você tem que descobrir o que você está realmente pagando pelo negócio da empresa, o valor do negócio da companhia. Então, quando eu falo sobre o negócio, ou o valor do negócio estou falando dos ativos operacionias. Fica um pouco mais complicado se você está falamdo de uma empresa financeira como um banco, ou uma seguradora. Mas se você sestá falando de uma loja de widget (componente conector), a empresa é basicamente os ativos O valor do negócio é o valor dos ativos que permitem a empresa a fazer negócios. Então, quaisquer fábricas - bem, neste caso é uma pizzaria, então os fornos, o prédio, os lures onde as pessoas comem a sua comida e até o dinheiro necessário para operar o negócio. O valor do negócio não deveria estar incorporado ao dinheiro extra que não é necessário para operar o negócio. Então voltamos à questão, como calcular o valor do negócio? Então, você deve voltar atrás e dizer, ok, por um determinado preço quanto estou pagando pelo valor do negócio? Então vamos dizer que esta ação - digamos que a Companhia A ou esta aqui, digamos que a ação está sendo negociada a $20. Então, este é o preço atual pelo qual você poderia comprá-la. Então, o preço pedido pelo mercado ;e de $20. Enquanto este aqui é de, digamos, $10. Está a $10. Então, à primeira vista você pode fazer uma rápida relação de preço para receita. E você diria, ok, por $20 estou recebendo $2,10 de receita por ano, assumindo que não está crescendo ou algo assim. Então, a minha relação de preço para receita é de aproximadamente, eu não sei tenho a minha calculadora na minha frente, mas $20 dividido por 42,10 vai ser algo como 9 ponto alguma coisa. No próximo vídeo vamos apresentar você para o EBTIDA (lucros antes de impostos)