Carregando

Transcrição de vídeo

Um dos espectadores comentou sobre uma definição de retorno sobre ativos, então esse vídeo por completo será sobre retorno sobre ativos se você está procurando em sites de finanças ou até mesmo em livros de finanças, eles irão dizer que é a receita líquida sobre o total de ativos. Que é diferente do que eu falei. E outra fonte, chamada Wikipedia, dirá que de fato é, por isso esta é um definição retorno sobre ativos. Outra definição é receita líquida. Eu vou abreviar como "NI". Receita líquida mais juros. Portanto, adiciona-se de volta os juros. E então subtrai as taxas economizadas por causa dos juros. Nós poderíamos ter um vídeo completo sobre as taxas economizadas com os juros. E quando faz mais sentido arrecadar dinheiro com dívidas ou com capital próprio, por causa do custo dos juros. Porém as chances de falência aumentam quanto a maior a quantidade de empréstimos É possível gravar muitos vídeos sobre isso Enfim, taxas economizadas de juros divido por ativos. Esta é a definição do Wikipedia. E a primeira definição que eu dei foi: lucro operacional sobre ativos. E agora vou acrescentar outra definição, pois acredito que vale a pena falar sobre isso. Considero que este é um tema genérico em finanças, há todas estas fórmulas. E as pessoas as memorizam. Porém durante o processo você perde muito da sua intuição. Também é importante perceber que há múltiplas formas de definir o mesmo termo. Com isso as pessoas podem dizer que o ROA é isso. E quer saber uma coisa? Não é um problema perguntar o que querem dizer com ROA. Você ficará surpreso com a quantidade de pessoas não serão capazes de dizer o que eles querem dizer com ROA. E então o último, se tiver tempo de passar por ele, chamaremos de EBIT. Sei que parece uma palavra estranha. EBIT divido por ativos. O significado de EBIT é Lucro antes de juros e imposto de renda, em português, LAIR. Então é a mesma coisa que lucro líquido mais juros mais taxas. Seria como um um ROA antes das taxas divido por ativos. São todos diferentes. Você já deve ter dito, pera ai se considerar a renda líquida, falamos sobre isso daqui a pouco. Vamos comparar o EBIT com o lucro operacional. Imediatamente você pode dizer, se considerar a renda líquida, vamos lembrar que EBIT é apenas uma abreviação para Lucro antes de juros e imposto de renda. Veremos. Se seus ganhos são de $350 mil. E vamos adicionar de volta os juros e impostos. O que nos resultará em um antes de impostos. Nós adicionamos de volta os impostos, pelo menos neste exemplo, teremos o lucro operacional. Então você pode dizer, porque há um termo diferente, EBIT, se poderiam apenas sempre usar lucro operacional? A razão por ter um termo diferente é que, em alguns casos, você pode ter lucro não operacional. Então, vamos dizer que entre estes $10 milhões de ativos e eu não passei por ele no primeiro exemplo porque não queria complicar, mas agora vou complicar um pouco mais. Supomos que nestes $10 milhões de ativos, $9 milhões são ativos operacionais. Esta é a empresa. Estas são as coisas que eles precisam para gerar o lucro operacional. Então você tem outro $ 1 milhão de ativos dentro destes $10 milhões. Estes não são necessários para a empresa funcionar. Eles somente as possuem. Talvez estão especulando os preços do petróleo. Ou eles estão escondendo algo. Ou possuem uma super conta bancária. Estes podem ser os ativos gerados por lucro não operacional. Assim, pode separar como rendimentos de juros ou de investimentos. Deixe-me apontar isso. Ganho de investimento. E então a empresa pode gerar algum dinheiro aqui. Poderá fazer $10 mil com os ganhos dos investimentos. E é claro que vira para esta linha. Isto se tornará $510 mil. Os impostos serão $153 mil. E o lucro líquido será de $357 mil. Porque temos uma taxa de 30%. Fazer sentido, certo? Eu adicionei o extra de $10 mil. No final do dia, você terá que taxar em 30%, assim isto será $7 mil de ganhos. E faz sentido, $357 mil. Mas esta é a diferenças entre o lucro operacional e o EBIT. EBIT neste caso poderia ser o lucro operacional mais o ganho do investimento. Assim EBIT, neste caso que apenas adicionei o retorno do investimento poderia ser $1.010.000, enquanto o lucro operacional seria de $1 milhão. Eu não quis discutir isto no primeiro vídeo, e é por isso que eu somente disse lucro operacional dividido por ativos. Mas se você de fato considerar todos os ativos, e se assumir que há alguns ativos que não são operacionais. Eles não são utilizados para fazer widgets ou para vendê-los ou para ajudar o CEO a fazer o seu trabalho. Independentemente do que isto gera, será uma receita não operacional. Portanto, os fatores do EBIT estão incluídos. Vimos algo similar a isto anteriormente. Começa com a receita líquida. E então adicionar de volta os tributos e juros. Enquanto para o lucro operacional, você começa na linha superior e desce. Mas em geral, se você pega o EBIT e retira a receita não operacional, você volta ao lucro não operacional. É por isso que o EBIT está aqui. Você já deve deduzir que tanto o EBIT como a forma que defini no inicio, lucro operacional dividido pelos ativos. Há formas de economizar, antes de considerar os tributos, quanto os ativos estão trazendo de resultado? Mais uma vez, se este é um balanço, estes são os ativos, e aqui estão os passivos. Dívida pode ser um deles. Mas geralmente isto é um monte de outras coisas. Você pode dever para fornecedores ou algo do tipo. Então você tem seu patrimônio líquido. É importante em qualquer momento que for falar sobre as taxas Qual o contexto? Você está tentando passar em um exame, ou impressionar o seu professor de MBA? Ou está tentando melhorar sua intuição para ajudá-lo a se tornar um investidor melhor? Se você for um investidor, provavelmente irá gostar de fazer o último dos três. O ROA, retorno sobre ativos, está dizendo o quão esta empresa é boa em conseguir um retorno destas coisas? Não interessa o quanto eles pagaram por isso, nem se eles têm dívidas. Não quero considerar isso agora, eles são bons em conseguir juros baixos? Não quero pensar sobre isso, o CFO é melhor do que os outros para negociar melhores taxas? Ou eles são melhores em sonegar impostos? Apenas me importo com os bens que eles possuem, o quão bom eles são em colocar estes ativos para trabalhar? Que tipo de retorno eles recebem? Se eu calcular usando o EBIT divido por ativos, ou o lucro operacional divido por ativos se eu usar qualquer uma das métricas de ROA e a empresa A tiver 10% de ROA, enquanto a empresa B terá 15%? Não importa se o rapaz da empresa B consegue uma melhor taxa de juros. Ou usufruir de algum benefício fiscal concedido pelo governo. Ou fazer algo extravagante onde ele mantém suas subsidiárias. Eu apenas quero saber qual gestão é melhor para obter um maior retorno sobre os ativos. E estes indicadores te dirão isso. Porque ele mostra tanto o quanto foi gerado de lucro operacional como também o quanto de EBIT. Neste caso, o EBIT será um pouco mais informativo. Afinal parte da receita pode ter sido gerada a partir de ativos não operacionais Talvez a empresa é dona de algumas ações, ou possui algum ouro ou algo do tipo. Ou possuem contratos a prazo para evitar a exposição do petróleo ou em moeda estrangeira ou algo assim. Então, em geral, se você quer saber o que eu considero como o melhor ROA, eu preferiria dizer que é o EBIT sobre ativos, o que é muito similar a lucro operacional sobre ativos. Agora você deve estrar se perguntando: "Porque há estas outras coisas?" "Porque você não gosta delas tanto quanto o EBIT?" Bem, as razões por existir a definição de receita liquida sobre ativos: Um: a receita líquida resulta nestas coisas e francamente não considerar isso. Mas quando falamos sobre retorno, que desconsideramos os ativos, você continuará a pagar por seus tributos. E se você fizer algum financiamento, você pagará alguns juros por isso. É por isso que este sai. Na verdade é apenas onde eles consideram no final da linha. Quando as pessoas falarem sobre topo e final da linha, agora você sabe de onde estas palavras vieram. Topo da linha é receita. É a primeira linha da declaração de renda. E a linha inferior, é a parte de baixo da declaração de renda. É daqui que a palavra surgiu. então, esta definição pega isto e divide pelo total de ativos. O motivo que eu não gosto desta definição é porque não descrimina se a empresa é melhor em sonegar ou pagas os impostos. E outra empresa pode ser melhor em conseguir um financiamento do banco. Isto não é o que interessa. Eu me importo com os ativos. Só me preocupo com o lado esquerdo do balanço. Enquanto este leva em consideração alguns fatores deste lado do balanço. Por exemplo, digamos que temos duas empresas idênticas. Este pode ser um exemplo interresante. Uma das empresas... Acabo de perceber que estou sem tempo. Vou continuar o exemplo no próximo vídeo e explicarei um pouco mais sobre as economias fiscais ao manter uma dívida ou juros. Nos vemos no próximo vídeo! Legendado por: [Marília Figueira]