If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:13:54

Transcrição de vídeo

Tudo o que falamos sobre essa <i>startup</i> que comprava meias, foi ao arrecadar dinheiro de capital próprio. Dinheiro de iniciativa privada-- quando a empresa era privada, fomos até empresas de Venture Capital (VC), investidores anjo, ou pegamos dinheiro emprestado de amigos ou familiares. E então a empresa se tornou pública e levantou dinheiro de mercados públicos Mas há dois modos de uma empresa levantar capital. É por isso que essa <i>playlist</i> se chama mercado de capitais, ela fala sobre obtenção de capital. Capital é-- O modo fácil de pensar sobre isso é: você está tentando arrecadar capital para investir em sua empresa, para mantê-la, ou até mesmo para iniciá-la. Então tudo o que falamos até agora foi sobre capital próprio, e isso é, essencialmente, vender ações no mercado e arrecadar dinheiro. E esses foram os exemplos de <i>Venture capital</i>. O investidor privado-- quando você vende capital, está vendendo-- você é meio que a pessoa que está comprando a ação-- você sabe, capital é o mesmo que ação-- você é a pessoa que está comprando a ação, meio que um parceiro da empresa. Se a empresa-- digamos que haja duas situações-- caso a empresa vá à falência- e falarei muito sobre o significado de se declarar falência-- mas se a empresa declarar falência, todos os acionistas perdem tudo. Eles ficam sem nada. Mas se a empresa for bem, o valor das ações da empresa sobe Porque há parceiros. Se aquela <i>startup</i> sobre a qual falamos se tornar uma <i>Amazon</i> e valer um bilhão de dólares, todos vão se dar bem. Todos se beneficiarão daquele ponto positivo. Mas há outro modo de arrecadar dinheiro, esse é mais comum no nível doméstico. No nível doméstico não levantamos capital. Você não diz-- na verdade você pode, mas não vai até seu amigo rico e oferece a ele uma porcentagem de 10% de sua casa caso se ele aceite ser seu parceiro na compra. Isso poderia acontecer, mas não é usual. Normalmente, quando fazemos as coisas no nível pessoal, levantamos dinheiro por meio de dívidas. E isso é interessante. O lado bom do endividamento é-- vamos tentar ver isso pelo ponto de vista da pessoa que está te emprestando dinheiro. Endividamento é apenas pegar dinheiro emprestado. Acho que todos sabem o que isso significa. Vou até meu amigo rico e digo: "Você pode me emprestar $1 e te devolverei "$1.25 no ano que vem?" Ele diz: "Tudo bem, você é bom para isso". Estou prometendo devolver o dinheiro em uma data futura. Se eu vendo capital próprio, não prometo nada. Na verdade diria: "Tenho um bom negócio, me dê $1, e então você receberá um lucro de 20%. Se meu negócio for muito bem, você recebe 20% de todos os lucros. Se for mal, bem você correu um risco, nenhum de nós ganha nada". No caso de endividamento, independentemente dos resultados, tudo o que você recebe são os juros. Esse é o lado bom. Mas o lado bom tem limites, certo? Se eu emprestar dinheiro a uma taxa de 9%, tudo o que essa pessoa recebe é 9%. Mesmo que a empresa fique grande como o <i>Google</i> ou a <i>Microsoft</i>, tudo que essa pessoa recebe são os 9%. Enquanto essa pessoa pode ter recebido cem vezes o valor inicial, pois ela fez uma aposta. Por outro lado, o lado ruim é muito menor. Desvantagem muito pequena. Pois eles vão receber seu dinheiro em um certo-- há uma agenda de pagamentos. E eles receberão seu dinheiro antes dos acionistas-- em uma situação onde a empresa passa por dificuldades-- e faremos uma <i>playlist</i> sobre falência-- as pessoas que emprestaram dinheiro para a empresa verão seu dinheiro antes que os acionistas vejam qualquer coisa. Como isso aparece em um balanço? Digamos que nossa empresa seja pública. Se você se pergunta o que um CFO faz, essa é uma decisão importante, e eles sempre as tomam. Levantamos dinheiro?-- Como levantamos dinheiro quando precisarmos, e, recorreremos ao mercado de capitais ou ao mercado de dívidas? Vamos fazer uma empresa de novo. Estes são os ativos dela. São os ativos que ela tem neste momento. Depois falarei sobre ativo circulante. Então a empresa tem esses ativos. Talvez ela tenha algum dinheiro aqui. Vou detalhar isso depois. Vamos olhar para balanços de empresas de verdade e decifrar o significado de alguns termos. Mas estes são os ativos da empresa agora. E digamos que todo o dinheiro arrecadado seja capital próprio. E digamos que seja uma empresa listada em bolsa, mas não precisa ser. Tudo isso é capital e ela tem dez milhões de ações. Outra coisa interessante quando a empresa se torna pública-- quando a empresa era privada e usou um investidor, quando este investidor privado quis investir, eles sentaram e conversaram para saber se o investimento valia a pena E se os ativos valeriam a pena. Quando se tem uma empresa publicamente listada, as ações são negociadas em bolsa, certo? Digamos que elas estejam na bolsa de Nova York. Então você pode ir todo dia até um site de economia e olhar um gráfico. Vou desenhar um. Você pode desenhar um gráfico também. E todos nós já vimos gráficos antes. Isso poderia ser o dia do IPO (Oferta pública inicial), ou o primeiro dia que olhamos para ele, digamos que a ação subiu e todo o mercado ficou um pouco em baixa. Mas a ação-- está lá, certo? Mas em algum momento, há um preço pelo qual alguém negociou, talvez não seja o melhor preço, mas é um preço. E falarei sobre o motivo disso acontecer, pois você tem 10 milhões de ações, e se cem ações forem negociadas no dia, isso é um preço indicativo? Essa não é uma grande porcentagem do total de ações. Mas falaremos sobre o significado de volume em relação às margens totais e tudo isso. Mas, vamos dizer que neste momento as ações da empresa sejam negociadas por $15 cada. São $15 neste segundo. Agora mesmo. Negociadas a $15 por ação, e você pode olhar um terminal Bloomberg ou algo do tipo. Então o mercado está nos fornecendo um valor para a empresa. O mercado está dizendo que está disposto a pagar $15 por ação. Havia um comprador e um vendedor disponíveis por exatamente $15 por ação. Isso significa que o mercado neste momento avalia a empresa em: $15 por ação vezes dez milhões de ações. São $15 por ação vezes 10 milhões de ações-- não necessariamente em dólares. São quinze vezes cento e... cento e cinquenta, um valor de mercado de $150 milhões de dólares. Capitalização de mercado para a empresa. Você pode ver isso na aba de estatísticas principais no <i>Yahoo!</i> finanças Lá você pode ver a capitalização de mercado para uma empresa. E isso é apenas o número de ações vezes o preço das ações. Isso é, essencialmente, o valor de mercado do capital. O mercado está dizendo que essa parte bem aqui vale $150 milhões. Já que esse pedaço tem o mesmo tamanho dos ativos, não temos nada no lado direito o mercado está dizendo que os ativos neste momento valem $150 milhões; E esse dois não serão sempre iguais. Veremos em outros vídeos que quando se começa o endividamento, é necessário um cálculo extra para se saber o valor-- e vou introduzir um novo termo: Valor da empresa. Esse valor é calculado subtraindo-se o excesso de caixa do valor dos ativos. O dinheiro que a empresa não precisa para poder operar. Vou detalhar isso. Mas por enquanto apenas veremos isso como ativos. Sou o CFO desta empresa, e preciso arrecadar $15 milhões. Eu tenho duas opções; Poderia dizer: "Certo, a empresa está sendo negociada a $15 por ação, e preciso de arrecadar mais $15 milhões, logo posso emitir mais um milhão de ações". Não seria um IPO pois a empresa já é pública. Seria um <i>follow on</i>, também conhecido como oferta secundária. Mesmo que "secundária" tenha duas conotações. Mas seria um <i>follow on</i>, então eu iria até os diretores, e nós criaríamos mais um milhão de ações, e as venderíamos no mercado, então as pessoas pagariam um pouco menos que os $15 já que estamos enchendo o mercado com um monte de ações. Talvez eles paguem $14 por ação, e nós arrecadaríamos $14 milhões. E isso seria um <i>follow on</i>. Como vimos, podemos sempre usar mercados públicos como uma maneira de arrecadar dinheiro. Na maior parte das vezes não tivemos que fazer uma avaliação, negociações, contratar bancos, nem coisas do tipo. Mesmo que os bancos ainda coletem taxas. Na verdade teríamos que contratar bancos. Essa é uma opção. Outra opção seria, no caso de sermos uma empresa consolidada, que gera lucro; poderíamos fazer pagamentos de juros. Poderíamos ir até um banco. Mas há vários modos de fazer isso. Iríamos pegar dinheiro emprestado. Digamos que vamos fazer isso. Ao invés de fazer isso-- vamos fazer os dois. Fizemos um <i>follow on</i> de $1 milhão que gerou $14 milhões para a empresa. Mas queremos mais $2 milhões, mas ao invés de vender ações-- temos quantas ações agora? Vendemos 1 milhão, tínhamos 10 milhões, temos 11 milhões de ações. Digamos que como CFO eu sinta que nossas ações vão subir mais. Então não quero vendê-las por pouco dinheiro. E digamos que as taxas de juros sejam pequenas. Então vamos pegar dinheiro emprestado. Isso irá aumentar a dívida. Digamos que pegamos $3 milhões emprestados por necessidade. Então isso seria uma dívida, uma dívida de $3 milhões, e, teríamos $3 milhões em dinheiro. Agora nossos ativos são essas coisas aqui no lado esquerdo. Qual é nosso passivo agora? Não tínhamos passivo antes já que tudo o que tínhamos era capital. Mas agora temos passivo. Agora devemos $3 milhões para alguém. Falarei sobre os diferentes modos de se pegar dinheiro emprestado. Mas isso poderia ser um empréstimo bancário. Eles podem ter ido ao <i>Bank of America</i> e dito: "Somos uma grande empresa que lida bem com dinheiro, "por que você não nos empresta $3 milhões?". E isso seria um empréstimo de $3 milhões com uma taxa de juros baixa, por volta de 6% ao ano. E o <i>Bank of America</i> se sente confortável já que você tem-- falaremos sobre qualificação creditícia e tudo isso-- mas eles dizem: "Sua empresa tem uma boa pontuação de crédito". "Faremos o empréstimo a uma taxa de juros baixa". O que acontece no futuro é que esses ativos vão gerar algum dinheiro. E antes que eles notem-- vou fazer no-- antes que estes acionistas-- estes são os acionistas no momento--- antes que os acionistas vejam qualquer coisa, esses caras precisam receber seus juros. Mostrarei a vocês detalhadamente uma declaração de renda. Tudo o que fizemos até agora foi um balanço. Mas há algo interessante acontecendo. De repente seus ativos, que estão deste lado-- eu sei que estou escrevendo sobre o mesmo desenho-- seus ativos são maiores que seu passivo. Isso é apenas uma revisão do vídeo sobre balanços, você pode perceber que seus ativos são iguais ao seu capital, que é isso bem aqui, seu capital mais seu passivo. Seu passivo é de $3 milhões. Mais passivo. Se você quisesse saber o valor de seus ativos, já que seu ativo é o mesmo que seu capital. Qual o valor de mercado de seu capital? Já esclarecemos isso. Temos onze milhões de ações agora. Digamos que seu o valor das ações vá a $10 por algum motivo estranho ou não. Qual o valor de mercado? $10 por ação, 11 milhões de ações, temos um valor de mercado de $110 milhões. Este é o valor de mercado. Falarei sobre a diferença entre valor de mercado e valor contábil. Este é o valor de mercado de seu capital. E qual o valor de seu passivo? Devemos $3 milhões, então são mais $3 milhões. Podemos dizer que, para o mercado, o valor de nossos ativos, aqui no lado esquerdo, é o mesmo valor de nosso capital, o valor de mercado da empresa mais os débitos, que é igual a $113 milhões. O valor desses ativos é $113 milhões e isso vale para a maior parte do valor da empresa. Quanto valem os ativos da empresa? No futuro falaremos sobre o valor da empresa. Mas isso é, essencialmente, o modo de se calcular quanto vale uma empresa. Muitas pessoas, ao fazer uma capitalização de mercado acreditam que esse seja o valor da empresa. Na verdade isso é quanto vale o capital. O valor de mercado é quanto vale o capital. Se quiser saber o quanto vale a empresa, precisa pegar o valor de mercado e adicioná-lo ao débito. Não vou complicar as coisas, pois estou sem tempo de novo. Até a próxima. [Legendado por: Karoline]