If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:6:07

Interpretação de fundos emprestáveis da curva IS

Transcrição de vídeo

no último vídeo nós começamos a explorar a curva e s é que significa investimentos e oeste quer dizer segen do inglês poupança essa curva a gente usa o tms mas em português seria investimento e poupança então nós vamos colocar aqui só de nós e não ela na perspectiva de investimento ou seja como investimento investimento como que o investimento gera as taxas de juro como ele influencia aí ou seja se você tem uma alta taxa de juros as pessoas vão investir - o que vai acarretar uma menor renda agregada um pib menor se eu tenho uma taxa de juro menor as pessoas investem mais e eu vou ter um pib maior né então o que eu quero fazer agora neste vídeo é usar o mesmo relacionamento a mesma curva mas focar no ponto de vista da poupança tá eu quero analisar agora como é a relação entre a poupança ea taxa de juros é então nós vamos ver ao invés de usar a taxa de juro jean do pib gerando renda agregada eu vou usar a poupança gerada na realidade e na taxa de juro já o pib que vai gerar de joana então vamos analisar aqui a ro sob a tela aqui para isso assim então nós temos que a nossa equação esse é o seguinte é a minha renda total é igual uma um consumo né esse consumo é função da renda - os impostos como já disse em outro vídeo não é uma distribuído aqui no rn está em uma função mais os investimentos vão considerar que os investimentos são constantes apenas investimentos mas a parte do governo nos gastos do governo nós sabemos que essa parte aqui ó ó pá isso aqui é a renda disponível né é a renda total - os depósitos então nós vamos fazer vamos analisar essa equação em função do investimento então se eu vou analisar em função do investimento eu vou deixar só eu vou passar os outros outros termos todos por outro lado não vai ficar assim reza do total - o consumo total os gastos atual que é função da renda menos impostos - os gastos de governo vai dar igual ao meu investimento certo então a renda agregada total - os gastos totais - os governos é o investimento então tudo isso aqui eu posso considerar que a minha poupança certo se eu analisar que isso aqui é minha poupança né ou seja porque eu posso dizer isso porque quando alguém poupa dinheiro ele faz isso há onde faz isso nos bancos e o que o banco faz com esse dinheiro que guardá la ele usa para fazer um teste então esse dinheiro que você guardou volta para a economia como dinheiro com receita para os outros 11 deste ano por isso que a gente pode adotar que a poupança é igual ao investimento entendeu assim e vai ser reinvestido vai ser usado de novo por isso que essa curva chama e s no português ficaria e ip mas a gente chama de curva s a então porque o investimento é igual a poupança porque quando você olha a economia como um todo você vê que poupança investimento é a mesma coisa quando você guardar esse dinheiro guardado usado para investir em outro lugar à polícia o nome s então vamos pensar o seguinte o que acontece se o pib é a minha renda agregada do total aumenta-se a minha renda agregada aumenta a minha olha essa equação aqui é tudo da mãozinha olha essa equação se a minha renda agregada aumenta esse aqui vai ter um efeito pequeno mas vai ter um efeito sim né como ele tem que descontar o tributo e aqui eu tenho um butim aqui a minha pessoal marginal de consumo que é menos que um então o que vai aumentar aqui aqui vai aumentar - em torno de descontar mesmo assim vou descontar menos os gastos do governo não vão mudar nós estamos considerando constante então esse valor ainda maior certo então quando a pessoa aumenta renda agregada ela aumenta a poupança conseqüentemente ela aumenta o investimento e nós sabemos que esse investimento aumenta minha taxa de juros diminui então que acontece quando eu aumento o investimento então quando eu tenho um efeito de aumentar a minha renda agregada aumenta o investimento a minha taxa de juros cai e fica esse ponto aqui analogamente o que acontece na função inversa aconteceu o seguinte é eu vou diminuir o meu investimento eu diminuindo o meu investimento daqui nós podemos ver que minha poupança vai diminuir meu diminuindo a minha renda agregada quer dizer nós vamos ver aqui que a minha atuação aqui vai ficar menor minha poupança vai diminuir a poupança diminuindo investimento é menor o investimento sendo menor o show sob o que vai acontecer aqui com a minha cozinha se eu diminuo a minha renda agregada o meu juro aumenta então você pode ver que é a mesma coisa mesma curva o mesmo efeito que nós estávamos tendo com a aam renda com um investimento mas também com a poupança é por isso que essa curva chama e essa é a curva s ela serve tanto para investimento quanto à poupança repetindo que o s quer dizer sei vem do inglês poupança da curva ip mas a gente usa e s então se nós olharmos aqui não vê passado nós vimos um investimento a taxa de junho todos o investimento fazendo o efeito dirigindo o investimento certo neste vídeo nós estamos vendo que a poupança produzo então nós estamos vendo uma coisa que sim no primeiro houve nós vimos que a taxa de juro produziu investimento agora nós estamos vendo que a poupança está agindo sobre a taxa de juro e isso usando a mesma coisa tá é isso