Se você está vendo esta mensagem, significa que estamos tendo problemas para carregar recursos externos em nosso website.

If you're behind a web filter, please make sure that the domains *.kastatic.org and *.kasandbox.org are unblocked.

Conteúdo principal

Variações no preço e na quantidade de equilíbrio quando a oferta e a demanda variam

Anteriormente, vimos o que acontece com o preço e a quantidade de equilíbrio em um mercado quando a oferta ou a demanda variam. Neste vídeo, exploramos o que acontece quando AMBAS, a oferta e a demanda, estão variando ao mesmo tempo.

Quer participar da conversa?

Nenhuma postagem por enquanto.
Você entende inglês? Clique aqui para ver mais debates na versão em inglês do site da Khan Academy.

Transcrição de vídeo

RKA4JL - Olá, tudo bem com você? Você vai assistir agora a mais uma aula de economia e nesta aula vamos pensar sobre todas as formas diferentes que uma curva de oferta ou uma curva de demanda pode mudar, inclusive é por isso que eu coloquei aqui oito versões do mesmo diagrama. Cada um deles está mostrando onde estamos agora em uma determinada região do mercado de sorvetes. É importante dar um título aos seus gráficos, especialmente se você estiver realizando algum tipo de exame padronizado. Aqui nesse gráfico temos no eixo vertical "P", representando o preço, e no eixo horizontal temos "Q", representando a quantidade. Temos também a nossa curva de oferta inclinada para cima, que estou chamando aqui de O1, assim como também temos a nossa curva de demanda que está inclinada para baixo e estou chamando de D1. O ponto em que essas curvas se cruzam nos fornece o preço de equilíbrio, P1, e a quantidade de equilíbrio Q1. Falando mais uma vez: se estiver realizando algum tipo de teste padronizado, é importante que você identifique todas essas coisas, incluindo o P1 e Q1, e mostre essas linhas pontilhadas até o ponto de cruzamento. Agora com isso fora do caminho, vamos pensar no que acontece com o preço de equilíbrio e a quantidade de equilíbrio dadas as diferentes mudanças aqui na curva de oferta e aqui na curva de demanda. Bem, nesse primeiro cenário vamos imaginar que, de repente, um grande produtor de sorvete entra no mercado. Comisso, nesse cenário teremos uma situação em que a oferta aumentou. Uma forma de pensar sobre isso é que, dado qualquer preço, as pessoas estarão dispostas a fornecer mais quantidade. Com isso, teremos uma situação na qual a curva de oferta será deslocada para a direita. Eu vou chamar isso aqui de O2. Está indo para direita e para baixo. Então, dado isso, o que acontece com o nosso preço de equilíbrio e com a nossa quantidade de equilíbrio? Você vê isso bem aqui. Se eu desenhar linhas pontilhadas aqui, vamos perceber que o nosso preço de equilíbrio P2 é menor e a nossa quantidade de equilíbrio Q2 é maior. Mais uma vez falando: estamos assumindo que temos uma curva de demanda inclinada para baixo, como essa, que é o que você normalmente veria. Então, nesse caso, nós temos que o nosso preço está caindo e a nossa quantidade está aumentando. OK, agora vamos imaginar uma outra situação. Vamos imaginar um cenário em que nossa oferta diminuiu. O que vai acontecer com esse gráfico? E, em particular, o que vai acontecer com o nosso preço de equilíbrio e com nossa quantidade de equilíbrio? Nessa situação, por um determinado o preço, as pessoas estão dispostas a fornecer menos e é assim que eu gostaria de pensar sobre isso, já que com isso teremos um deslocamento da curva para a esquerda e para cima. Eu vou chamar essa curva de O2. E onde está o nosso ponto de equilíbrio? Está bem aqui. Com isso temos o nosso novo preço subindo e a nova quantidade caindo. Então o preço subiu e a quantidade diminuiu. Espero que tanto primeiro quanto o segundo cenário possam dar uma compreensão a partir do senso comum. Afinal, se temos um novo fornecedor entrando no mercado, a oferta aumenta, o que aumentaria a quantidade e a competição, e com isso o preço cairia. Agora aqui onde a oferta diminui, talvez porque algumas sorveterias fecharam as portas, a quantidade vai diminuir. Há menos pessoas fornecendo e com isso o preço vai subir. Para o sorvete que está a venda, o preço de equilíbrio vai ser mais alto. Agora vamos fazer a mesma coisa, só que com a curva de demanda. Vamos pensar em uma situação em que temos um cenário no qual a curva de demanda aumentou. O que vai acontecer nesse mundo? A demanda pode aumentar porque talvez haja algum tipo de relatório que diga que o sorvete é muito mais saudável para você do que o esperado e portanto, a um determinado preço, as pessoas estarão dispostas a comprar uma quantidade maior. Então, por exemplo, a esse preço as pessoas demandariam uma quantidade maior e assim teríamos um deslocamento da curva de demanda para a direita e para cima. Vamos chamar essa curva de D2 e bem aqui temos o nosso novo ponto de equilíbrio. Agora observe o que acabou de acontecer aqui: em nosso novo ponto de equilíbrio temos aqui Q2, que é a nossa nova quantidade de equilíbrio, e bem aqui temos P2, que é o nosso novo preço de equilíbrio. Nessa situação em que a demanda aumenta, tanto o preço quanto a quantidade vão subir, assumindo que temos essa curva de oferta inclinada para cima da mesma forma. Mais uma vez isso faz sentido porque nós temos apenas mais pessoas querendo comprar sorvete. A dinâmica da curva de oferta não mudou. Com isso vamos mover a curva de demanda para a direita e para cima. Então tanto o preço quanto a quantidade aumentam. Se a demanda diminuir, você pode imaginar que o oposto vai acontecer, não é? Então aqui, se a gente tiver uma queda de demanda... Digamos que um grande estudo saiu dizendo que o sorvete é ainda mais prejudicial à saúde do que pensamos originalmente. Com isso, a um determinado o preço, as pessoas vão querer comprar menos sorvete. Sendo assim, a nossa curva de demanda vai ser deslocada para a esquerda e para baixo. Então teremos aqui essa curva que eu vou chamar de D2. Como podemos ver, tanto nosso preço quanto a quantidade de equilíbrio serão alteradas. O nosso novo preço de equilíbrio é P2, bem aqui, e a nossa nova quantidade de equilíbrio Q2 está bem aqui. Observe que tanto o preço quanto a quantidade diminuíram. As pessoas simplesmente não querem comprar tanto sorvete quanto antes porque elas pensam que não é mais saudável. Devido a isso, o preço cai e a quantidade diminui. Eu espero que você tenha compreendido essas ideias e mais uma vez eu quero deixar para você um grande abraço e dizer que o encontro na próxima. Então até lá!