If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:6:38

Transcrição de vídeo

vamos dizer que nós temos três lagos pequenos esse é o lago a esse o b eo lago você está aqui consideramos que o primeiro uma lagoa de propriedade privada o seu dono é a 1 e ele se daqui é de propriedade da carol já a lagoa do meio inicialmente acho que podemos chamá la de isso é um terreno baldio ou supomos uma lagoa balde ou ainda que seja aberto ao público consideramos que tanto a 1 como carol são pescadores digamos que carol seja uma pescadora ambos gostam de pescar e assim que eles vivem a 1 em sua lagoa ele tem peixes ele pede que sua lagoa mas ele garante que não haja pesca abusiva porque não quer esgotar seu estoque de peixe ele pede que apenas o necessário para pagar suas contas e o que precisar mas não o suficiente para acabar com os peixes de sua lagoa a ele não faz sobre pesca e carol faz o mesmo ela tem peixes e sua lagoa e os utiliza para viver ela pega os peixes os vendem e os comem e tudo mais porém ela é cuidadosa para não pescar em excesso afinal se você faz sobre pesca não terá os peixes não existirá a próxima geração de peixes por outro lado nessa lagoa pública também há peixes então deixou desenhá los em laranja também há peixes na lagoa pública eles estão até sorrindo mas talvez não continuarão sorrindo o que acontecer a qualquer pessoa pode ir pescar nessa lagoa a um pode dizer vamos apenas supor que estamos em um mundo com duas pessoas obviamente no mundo real a mais de duas pessoas há um vai dizer ok vou ser muito cuidadoso com a minha lagoa levou apenas pescar o suficiente assim os peixes não se esgotarão porém qualquer peixe adicional que precisar eu vou na lagoa pública e vou pescar o quanto eu quiser eu posso ficar preocupado com o esgotamento da lagoa pública exceto pelo fato de que se eu me preocupar ainda não vai ajudar a situação porque outras pessoas podem vir e podem não estar tão preocupados então nem eu ter o benefício de esgotamento se eu me conter e outras pessoas chegarem esgotarem a lagoa quando você tem essa lagoa que é aberta ao público todas as pessoas mas ao redor seja um ou carol ou acredito que possa ter outras pessoas aqui também elas poderiam dizer o seguinte olha eu vou pescar aqui eu vou obter algum benefício e até seu pescado de mais terei o benefício desse excesso em curto prazo vou pegar todos os peixes e então o custo da sobre pesca que no futuro não haverá a mesma quantidade de peixes ou nem peixe será repartido entre todos os outros assim você terá uma situação em que uma vez que não há ninguém que possua essa terra ou não tendo ninguém para proteger o lago ou como você queira de escrever aqui um racional ah eu quero ser claro racional nem sempre significa uma coisa boa agir racionalmente ou decide pela pesca em excesso essencialmente destruir a produtividade dessa lagoa a ideia é que se a uma terra de uso comum ou um recurso comunitário que nesse caso aqui é a lagoa as pessoas podem diluir o custo e eles terão os benefícios diretamente basicamente você tenha a situação dos recursos compartilhados podem ser explorados e isso se chama a tragédia dos comuns essa tragédia dos comuns que no exemplo aqui que eu mostrei nós temos uma lagoa em que é o espaço comunitário está sendo explorado e isso é especialmente uma tragédia já que como sugerir mesmo que é um descido dizer o seguinte olha sabe de uma coisa eu vou poupar um pouco não vou pescar muito afinal não quero que eles se esgotem mas aí ele vai pensar um pouco e dizer calma aí se eu fizer isso outras pessoas viram vamos basear alagou então não tem porque eu me conter e aí com isso outras pessoas vão seguir a mesma lógica assim a lagoa terá uma sobre pesca e isso é um exemplo clássico da teoria da tragédia dos comuns nós podemos ter um outro exemplo e falar de áreas de pastagem que é exatamente a mesma ideia se eu tivesse uma pastagem privada que onde eu posso deixar minhas vacas e minhas ovelhas e neste quarto privado daqui em que outra pessoa tem sua vaca ovelha mas esse outro terreno aqui é comum onde qualquer pessoa pode colocar sua vaca ovelha para pastar assim como faria haveria um grande incentivo para que as pessoas deixem suas marcas e ovelhas pastarem excesso e destruir a terra tornando insustentável mas o custo disso acabará sendo dividido por todos e o benefício do excesso da pastagem pelo menos no curto prazo a pessoa que fez o abuso é quem vai obter o benefício assim você pode até dizer não fui eu quem fez a pastagem excesso todos nós fizemos isso então não vou me responsabilizar é você poderia dizer dessa forma mas não é algo legal de se falar não é bem uma pergunta que eu posso fazer agora é qual é a solução para a tragédia dos comuns como o governo na justiça ou um grupo de pessoas que combatem esse tipo de destruição de recursos pode atuar nesse caso um caminho possível seria tornar a terra privada de alguma forma sim por posse do governo ela pode ser vendida e leiloada para pessoas privadas e assim podem vender o acesso à terra ou se o governo reter o seu controle ele pode vender permissões para o terreno nesse caso você poderia vender licenças poderia cobrar por exemplo algo em torno de 200 reais para uma pessoa pescar e caso descobrisse que alguém pescou com responsabilidade um dia poderia cobrar algo em torno de r$150 isso seria um ótimo incentivo para limitar a quantidade de pesca que poderia ver lá nós podemos ter ainda um conservadorismo que vai se certificar de que não sejam concedidas muitas licenças para esse espaço nós vemos isso acontecer por exemplo se você quer cassar é necessário ter uma licença em muitos lugares se você quer pescar existem algumas licenças necessárias para isso se você também quer acampar em muitos lugares precisa de permissão pois se acampar em excesso acabará desgastando terreno além disso se tiver muitas pessoas vai ter muito lixo e isso degradará o campo para contornar a tragédia dos comuns uma forma freqüentemente usada e considero ser a melhor maneira é através de um processo de permissão