If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:7:28

Transcrição de vídeo

o que eu quero fazer aqui nesse vídeo é explorar como atual sistema de produtos se parece no índice de preços ao consumidor e eu apresentei um exemplo muito simples no último vídeo mas aqui eu quero te mostrar uma tabela formalmente publicada pelo gabinete de estatísticas do trabalho então se você pesquisar com o ipc ou y e gabinete de estatísticas do trabalho você deve achar uma publicação onde eles divulgam ipc e essa é a primeira tabela da publicação dizem que o índice de preços ao consumidor para consumidores urbanos como nós vimos no último vídeo eles estão realmente falando eles tendem está falando sobre o ipc o que é o ipc para consumidores urbanos pois a maioria dos consumidores caiu nessa categoria claro que essa tabela que está apresentando o cenário dos estados unidos mas você pode pesquisar no google encontrar uma tabela muito parecida para o cenário brasileiro e falando do senado dos estados unidos é que nós estamos a média densidade dos estados unidos por categoria de gastos e mercadorias e grupos de serviço e aí eles definem a base anual a base anual na verdade existe um intervalo eu acho que eles pegam uma média entre 1982 e 1984 e eles dizem que é sem ao menos que esteja especificado de forma diferente o que eles querem fazer com a primeira coluna é mostrar as diferentes cestas que as pessoas consomem o consumidor urbano pode gastar parte do seu dinheiro então só que diz que a cesta de produtos considerada está condenada de modo que um pouco menos de 15% é gasto em comidas e bebidas então eles quebram esses 15% então 13% é gasta em comida e então esquema de novo entre 7 ou quase 8% é gasta em comida nas residências então eles dividem cereais carnes produtos relatos e afins frutas e vegetais então a média baseado em como as isto se parece parece que eles gastam quase a mesma coisa que gasta em frutas e vegetais em álcool eu não sei se só uma boa tendência é por isso que é interessante disse olhar porque isso daqui é visto como a cesta de produtos típicos para o consumidor urbano médio você pode ver que eles gastam mas em carne aves e peixes você pode ver os componentes você pode recompor mais vezes estão gastando 41% da cesta de produtos em residência parte disso é gasto primário parte de abrigo geral existem coisas como comida combustível e serviços que estão dentro da residência você tem que manter sua casa e outras coisas então sua mobília 4% ou 4,4 por cento é gasto e mobília nós podemos continuar descendo isso é bem interessante de se ver nem a cesta de produtos isso é consumido pelo consumidor urbano típico gastando 3,6 por cento em vestuário 17% em transporte 6,6 por cento em cuidados médicos e quase o mesmo em lazer e um valor similar em educação a tabela continua acompanhando a sexta em todas as diferentes categorias um pouco menos de 1% em tabaco e produtos relacionados acúmulo e você pode até dizer espera ea maioria das pessoas atualmente não fuma nos estados unidos mas os que fumam gastão bem mais lembre se que isso daqui é uma média de todas as pessoas dois estados unidos mas você pode pegar a água que parecido para observar o cenário brasileiro então por exemplo se uma em dez pessoas gastam 1 10% de seu rendimento em tabaco e se outras pessoas não fumarem nunca então você pode chegar a uma média uma cesta de produtos em média igual a um por cento a tabela continua acompanhando mais coisas e todos esses pesos somam um total de 100 essa é a cesta completa de produtos agora o que é feito é a ponderação essa coluna que essencialmente à ponderação datada em dezembro de 2010 e ele vai mudar de acordo com a mudança de hábito das pessoas o quando produtos e serviços entram no mercado ou francamente até quando os preços mudam ela irá mudar mas você tem que ter uma ponderação que elimina o efeito das mudanças de preço ou que pondera mudança média percentual agora temos aqui a menos se for mencionado contrário o nosso ano base o nosso ano base sendo 100 então relativamente ao ano-base eles vão nos dar os preços o preço agregado de cada uma das cestas em novo lembro de 2011 e então dezembro de 2011 aí vão descobrir a mudança percentual deságio estada para dezembro de 2011 isso é ano a ano desde dezembro do ano anterior e isso é desde o mês anterior você pode ver que a mudança desde os anos anteriores é maior que a mudança desde o último mês e um dos jeitos de se olhar para isso aqui está dizendo novembro de 2011 comidas e bebidas estavam em média 2,3 vezes mais cara do que entre 1982 e 1984 agora dezembro de 2011 elas estavam duas vírgulas 31 vezes mais caras do que em 1982 até 1984 e isso é apenas uma informação extra na verdade existe uma pequena linha que eles dizem bem se nós determinarmos 1967 como ano base então todos os itens aqui todos os itens se nós usarmos os anos padrões de 1982 e 1984 como base em novembro de 2011 todos eles eram 2,26 vezes mais caros do que em 1982 até 1984 mas se usarmos 1967 como ano-base agora eles estão 6,77 vezes mais caros lembre se que o ano base é igual a 100 logo isso é 6,67 vezes mais caro que em 1967 e aí você poderia descer todas as categorias para poder enxergar lembrando que esses são dados relativos ao período entre 1982 e 1984 e aí você vai poder ver quão mais caras estão as coisas isso é algo interessante coisas como mobília quase não se tornaram mais caras em relação ao começo de 1980 na realidade algumas categorias ficaram mais baratas por exemplo veículos motorizados novos e usados não houve uma mudança significativa baseado nessa comparação e eles fazem todos os ajustes baseados na qualidade dos carros você pode dizer eu gasto mais do meu carro hoje que em 1982 mas eles ajustam com base em seu carro ser melhor e tudo mais então não é uma comparação de maçãs com maçãs mas você pode ver que baseado nesses ajustes não houve muito mudança coisas como cuidados médicos se tornaram muito mais caras desde o começo de 1980 quatro vezes mais caro você pode ver isso aqui filmes e música ficaram mais baratos lazer em geral não ficou muito mais caro informação e processamento de informação ficaram mais baratos serviços de telefonia não ficaram muito mais caros comunicação está mais barato não sei se você estava aqui no começo de 1980 mas na verdade o preço de uma ligação de longa distância caiu drasticamente até veja computadores pessoais ficaram mais baratos e mais uma vez assim como os carros também existe um ajuste aqui ele não fazem diretamente porque os computadores ficaram muito mais poderosos eles ficaram mais baratos em média e muito muito mais poderosos isso engraçado de servir você pode ver isso aqui a olha que tabaco e produtos relacionados ao fumo ficaram drasticamente mas carlos você tem mais e mais jurisdições que em grande parte estação eles não fazem algo para tornar mais difícil de se comprar olha isso é muito interessante de se olhar de se observar os cuidados nós já olhamos isso esses aqui são os serviços de supervisão mas coisas como remédio e tabaco estão muito mais caros computadores comunicação estão mais baratos enfim como mencionamos antes disso média mudança percentual até dezembro de 2011 desde anos anteriores é por isso que te dá números ano a ano e isso é do mês passado essas são mudanças ajustada sazonalmente e se tivermos tempo em outro vídeo vou falar como você pode calcular enquanto existir exemplos de coisas ajustadas sazonalmente