If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal

Basílica de Maxêncio e Constantino

Basílica de Maxêncio e Constantino (Basílica Nova), Fórum Romano, c. 306-312
Oradores: Dr. Darius Arya e Dra. Beth Harris.
Criado por Beth Harris e Steven Zucker.

Transcrição de vídeo

(música suave de piano) Estamos no corredor principal da Basílica de Magêncio e Constantino e mesmo o que restou é enorme. A escala é imensa. É incrível o poder da engenharia e da arquitetura. E o poder do imperador. Aquele nicho é onde a cabeça e os membros de Constantino foram encontrados. Gostamos disso, nossa história, Quando encontramos o trabalho in situ [No próprio lugar] Podemos ter a localização original e temos a arquitetura. Começou com o imperador Magêncio E foi completado pelo imperador Constantino. É um projeto de Magêncio, Mas Constantino fez pequenas modificações, e por último sua estátua gigantesca, de cerca de 15 metros de altura foi colocada. Não houve precedentes em termos de escala na história da arquitetura, e os romanos foram capazes disso devido ao concreto. Eles tinham basílicas gigantes Como a Ulpia de Trajano neste fórum, E a Julia abaixo no fórum romano, mas esta é diferente. Esta parece maior. Por que? Porque usa uma tecnologia diferente. Não há teto ou vigas de telhado. Nem suporte de madeira. Ao invés disso, se inspira nas termas, salas grandes e frias os complexos de banho, como as Termas de Caracalla E de Diocleciano, E são maravilhosas. Na área principal há uma imensa abóbada de concreto, e vemos que os corredores laterais têm abóbadas curvadas e ainda podemos ver as impressões dos cofres que estavam lá. Criando os cofres, você reduz o peso da abóbada, então ela tem dois objetivos, Os romanos eram assim. Interessados em estética e se interessavam por engenharia e tecnologia, e construíam as coisas para durar. O que vemos aqui é tijolo e concreto, e isto sendo coberto por [eram] pedaços de mármore bem coloridos e geométricos como o interior do Panteão. Certo. Esses pequenos buracos Que pontilham a superfície são para os grampos de metal. Os grampos de metal ajudavam a fixar no lugar os painéis de mármore que também eram colados ao cimento, e foram todos removidos é claro. O concreto permitiu aos romanos dar forma ao espaço de forma diferente da tradicional e para criar esse senso de grandeza. falamos de um período no fim do século III E início do século IV, quando o império está caindo, E vem caindo há algum tempo. Magêncio manteve as coisas em ordem por ao menos seis anos de reinado e decidiu, "Vou começar de novo em Roma. "Vou construir muitas "estruturas enormes na área do Fórum." Os armazéns nesta parte da cidade foram queimados. Foi uma ótima chance para criar uma nova grande basílica e foi o que ele fez. Quando se vê uma estrutura como essa, você se dá conta de que os romanos são também capazes de construir e de estarrecer o público Mas veio a guerra civil e Constantino lutou com Magêncio com quem dividiu o reinado antes disso. Certo. Há uma grande discrepância sobre quem era o imperador. O tetravirato, onde há dois imperadores mais velhos e dois mais novos realmente não funciona. e esses caras são filhos de alguns desses imperadores, eles empatam literalmente a situação, por todo o império, e é na Ponte Mílvia que se tem a vitória de Constantino e suas tropas Magêncio é morto na Ponte Mílvia. Foi pouco antes da batalha que Constantino teve sua visão que o inspirou a apoiar o Cristianismo e descriminalizá-lo. Certo. E legalizá-lo. E foi o fim do império, e o início da Idade Média. Aqui está um lugar no tempo em que Constantino vem, celebrando sua vitória, Mas não faz um sacrifício no templo de Júpiter Optimus Maximus, E ele se movimentará para fazer estas grandes igrejas públicas pela primeira vez, São Pedro e São João de Latrão. Ao mesmo tempo ele vai assegurar que toma conta da cidade e quer ser associado ao fórum. Ele não constrói uma igreja aqui, Mas se certifica de que todos saibam que esta basílica é dele e que ele é o governante. A basílica de Magêncio e Constantino foi um espaço cívico. Era um tribunal, como todas foram mas esta é uma forma que será adotada pelos cristãos para suas primeiras igrejas. (Música suave de piano) [Legendado por Pedro Mota Byrro]