Se você está vendo esta mensagem, significa que estamos tendo problemas para carregar recursos externos em nosso website.

If you're behind a web filter, please make sure that the domains *.kastatic.org and *.kasandbox.org are unblocked.

Conteúdo principal

Arte Medieval e Bizantina

Um vídeo do Sistema de Educação Superior de Utah (com agradecimentos especiais à Dra. Nancy Ross). Vídeo produzido por Ydraw. Versão original criada por Nancy Ross.

Quer participar da conversa?

  • Avatar duskpin ultimate style do usuário Matheus Klinsmann de Sousa Donato
    A Plataforma de Educação Personalizada mais atraente e completa do mundo.
    Eu tenho muito orgulho de fazer parte do progresso da Khan Academy há quase 10 anos.
    A excelência, o dom natural e a qualidade do ensino gratuito fazem a diferença na vida de muitas pessoas ao redor do mundo, em especial à população socioeconomicamente vulnerável.
    Proposta inovadora e revolucionária que traz conteúdos de alto nível e um padrão único de transmissão do conhecimento. Parabéns e Muito Obrigado! ❤️
    (2 votos)
    Avatar Default Khan Academy avatar do usuário
Você entende inglês? Clique aqui para ver mais debates na versão em inglês do site da Khan Academy.

Transcrição de vídeo

Eu sou Arturo, mas pode me chamar de Art. Este vídeo é parte da série Explorações da História da Arte. Estrelando: EU e A MÃO! E o resto de mim? Que embaraçoso, pessoas do mundo todo olhando pra mim e e eu tendo de esperar uma prima-dona de 5 dedos... Agora está melhor. Vamos falar sobre os períodos Medieval e Bizantino. Pode levar muitas gerações e inúmeras batalhas para conquistar e manter as vastas regiões do Império Romano. Quando o imperador Teodósio I tomou o poder ele governou uma região que ia de Portugal até a Palestina. A questão da sucessão do poder sempre foi uma questão para o império e para Teodósio a escolha seria entre dois filhos. Seria? Em 395 d.C., no entanto, ele dividiu o império na metade. A parte ocidental seria de seu filho Honório. Nós a chamamos de Império Romano do Ocidente. A parte oriental foi entregue a seu filho Arcádio e ficou conhecida como Império Bizantino. Os dois reinos se consideravam romanos, embora eles falassem latim no ocidente e grego no oriente. Honório e o Império do Ocidente foram cercados por bárbaros desde o início: hunos, godos, vândalos e francos se revezaram para invadir os territórios ocidentais. Saquear Roma se tornou um passatempo bárbaro e os vândalos, pelo seu gosto pela destruição e violência, nos deram a palavra vandalismo. Foram tempos difíceis e confusos. Apenas 81 anos após a morte de Teodósio o Império Romano do Ocidente deixou de existir. Com o império dividido em vários países, o único ponto de união que restou foi a igreja católica e o papa. O Império Bizantino, por outro lado, sobreviveria por mais 1.000 anos. Em 730 d.C. o imperador Leão III iniciou um movimento chamado iconoclastia. Baseado numa interpretação restrita dos 10 mandamentos que proibiam a criação e veneração de imagens esculpidas e ídolos, e talvez por causa do crescimento da influência da cultura islâmica, os iconoclastas buscavam a remoção ou destruição de pinturas e esculturas. - Tem uma aqui! Por aqui! - Consegui! - Ali tem outra! Vai lá! - Tarde demais. - Ali tem outra, pega ele! - Corre. pega. - Peguei em flagrante, leva o meliante daqui! Depois que a iconoclastia terminou os artistas bizantinos só podiam copiar as imagens já aprovadas. - Eu sou uma cópia, de uma cópia, de uma cópia, de uma cópia... Em Roma, o papa Gregório II rejeitou a iconoclastia e denunciou o movimento como herege. Ele até excomungou os iconoclastas. - É uma blasfêmia bizantina, estão excomungados! Por isso os artistas no ocidente tinham mais liberdade criativa. A Igreja era a maior patrocinadora das artes, o que fez com que a maior parte da arte medieval fosse sobre temas religiosos. Artistas ocidentais do meio da idade média estavam interessados em criar experiências visionárias. Com o tempo, na busca por criar imagens mais convincentes e poderosas, sua arte passou a ser mais realista ao retratar as pessoas e a natureza. Eu tenho dimensões! Este é Art dizendo obrigado por compartilhar outra exploração fascinante... Ei eu não acabei de falar! Criado como parte do curso on-line TICE Art 1010 Agradecimentos especiais ao Utah System of Higher Education pelo seu generoso apoio Produzido por TICE e DSC Produção do vídeo Y draw