Se você está vendo esta mensagem, significa que estamos tendo problemas para carregar recursos externos em nosso website.

If you're behind a web filter, please make sure that the domains *.kastatic.org and *.kasandbox.org are unblocked.

Conteúdo principal

Conto de fadas

Nesta videoaula, apresentamos um exemplo de conto de fadas e várias informações sobre esse gênero literário.

Quer participar da conversa?

Você entende inglês? Clique aqui para ver mais debates na versão em inglês do site da Khan Academy.

Transcrição de vídeo

RKA - Olá, pessoal! Tudo bem com vocês? Hoje, vamos conversar sobre contos de fadas, essas histórias que trazem seres mágicos em meio a castelos e florestas encantadas. Assim como outras histórias trazidas pelos livros, os contos de fadas possuem um início, uma trajetória de acontecimentos e um fim. E, de maneira muito particular, os contos de fadas possuem características próprias. Vamos conversar sobre algumas delas, começando pelos personagens. Nós encontramos personagens humanos, assim como nós, que estamos lendo ou ouvindo essas histórias, além de personagens fantásticos, como gigantes, fadas ou seres dotados de algum poder extraordinário. No meio da trajetória de algum personagem, acontece um fato extraordinário, algo fora do comum que permite que o universo mágico seja revelado e vivenciado. Geralmente, os contos de fadas terminam com um final feliz, porque os heróis, ou as heroínas, terminam mais fortes do que eram no começo da história. E nós, então, levamos valores, como coragem, persistência, honestidade... Levamos esses valores para as nossas vidas, porque, quando ouvimos uma história, também vivemos um pouco daquilo que ouvimos, não é verdade? Vamos, agora, ouvir uma história que se chama "O Mingau Doce". Era uma vez, uma menina que morava em um casebre muito pobre junto de sua mãe. Um dia, elas não tinham mais o que comer e sentiram a ameaça da fome. A menina, então, partiu em busca de alimento na floresta. Mas, de forma inesperada, no meio da floresta, ela encontrou uma velha. Essa velha disse que sabia de todos os problemas da menina e de sua mãe, e queria oferecer um presente. Esse presente era uma panela mágica. Com isso, a menina e sua mãe nunca mais passariam fome. Era somente dizer: "Panela, cozinhe!". E, imediatamente, a panela faria um delicioso mingau de milho doce. E bastava dizer: "Panela, pare!" E a panela pararia de cozinhar. Aconteceu exatamente tudo o que a velha disse. Mãe e filha ficaram muito felizes. Até que um dia, a menina saiu e a mãe resolveu fazer o mingau, mas se esqueceu das palavras que faziam a panela parar. Imediatamente, a panela começou a transbordar e encheu a casa toda, e, então, invadiu as ruas do vilarejo, e ninguém mais conseguia andar por lá. Até que a menina voltou, e, finalmente, disse: "Panela, pare!". E a panela parou de cozinhar. Dizem que, naqueles dias, quem quisesse andar teria que atravessar caminhos abrindo espaço comendo o mingau. Essa e outras histórias foram reunidas pelos Irmãos Grimm, que caminharam por toda a Europa ouvindo e reunindo essas histórias em forma de livros. Era uma vez, um vilarejo, totalmente coberto de mingau? Vocês acham que isso é possível? Graças a essas três palavras "era uma vez", o tempo dos contos de fadas é inaugurado, um tempo diferente do tempo dos calendários ou dos relógios. Nesse tempo, existem os personagens mágicos. Esses personagens sempre auxiliam o personagem principal. Aqui, na nossa história, encontramos a velhinha, que é um personagem mágico que surge de forma inesperada. Em "Cinderela", temos a fada madrinha, que auxilia a Cinderela. E em "João e o Pé de Feijão", temos o velho, que troca os feijões mágicos pela vaca. Também notamos a presença de objetos mágicos. Na história de hoje, temos a panela mágica, que resolveu todos os problemas da menina e sua mãe. Já no conto "Cinderela", temos a abóbora, que é um de tantos objetos mágicos. E em "João e o Pé de Feijão", os feijões que crescem, atravessando as nuvens. Além disso, acontecem os fatos extraordinários, que permitem a entrada de personagens no universo mágico. Na história de hoje, o fato extraordinário é o transbordamento do mingau sobre todas as ruas do vilarejo. Algo bastante fantástico, não é verdade? Em "Cinderela", nós temos como fato extraordinário a transformação dos elementos que permitem Cinderela ir ao baile conforme ela deseja. E em "João e o Pé de Feijão", mais uma vez, o crescimento extraordinário do pé de feijão que atinge o céu, chegando ao castelo do gigante. Lembramos de algumas histórias, conhecemos uma nova história, e, então nos vemos no próximo encontro com novos temas. Até lá!