Se você está vendo esta mensagem, significa que estamos tendo problemas para carregar recursos externos em nosso website.

If you're behind a web filter, please make sure that the domains *.kastatic.org and *.kasandbox.org are unblocked.

Conteúdo principal

Linguagem corporal: o que é?

Nesta videoaula, explicamos o que é a linguagem corporal e mostramos algumas características recorrentes na linguagem corporal e na linguagem facial. Os aspectos que são abordados aqui são de grande importância para a comunicação não verbal. Versão original criada por Khan Academy.

Quer participar da conversa?

Você entende inglês? Clique aqui para ver mais debates na versão em inglês do site da Khan Academy.

Transcrição de vídeo

RKA2JV - Olá, pessoal! Vocês estão bem? No encontro de hoje, vamos falar de um assunto que é muito comum em nosso cotidiano e que estamos até fazendo neste exato momento. Para começarmos: você já parou para pensar que, a todo momento, estamos nos comunicando? Até por isso, existem diversas formas de nos comunicarmos: conversando pessoalmente, escrevendo mensagens, fazendo ligações, videochamadas e muito mais. Se você reparar, todas essas formas de comunicação que eu citei têm algo em comum: em todas elas a comunicação é feita através de palavras. Mas será que é possível se comunicar sem usar palavras? Por exemplo: você já reparou que é possível notar se alguém está animado, desanimado, triste e etc., mesmo sem a pessoa ter nos dito isso? Por exemplo: na imagem 1, notamos alguém com os braços para o alto, olhos fechados e um sorriso bem grande no rosto. Desta forma dizemos, então, que ela está animada e feliz. Já no segundo exemplo, vemos alguém com a cabeça de lado, os ombros arqueados para baixo, sobrancelha franzida e a boca com os cantos também inclinados para baixo. A partir de todos esses fatores, percebemos que se trata de alguém que está triste. Essa nossa forma de nos comunicarmos sem usar palavras é chamada de linguagem corporal, e ocorre espontaneamente a todo momento, mesmo que a gente não perceba. Para entender melhor, vamos observar este grupo de amigos que estão assistindo a algum filme ou série, e, a partir de suas linguagens corporais, deduzir o que estão achando. A primeira pessoa desse grupo parece não estar gostando muito. Sabemos disso observando o queixo sobre a mão, a boca fechada e os olhos em outra direção, quase fechados. Desta forma, é possível notar que ela está entediada. O segundo deste grupo parece estar achando algo bem diferente do filme ou da série. Seus olhos estão bem abertos, sobrancelhas levantadas, a boca aberta, além da mão levada ao rosto. Por tudo isso, comunica que está muito surpreso com o que está assistindo. O último já possui uma outra reação. Em seu rosto há uma expressão de choro: os olhos quase fechados, a boca triste, e vemos até a posição de suas mãos, em que uma segura o óculos e a outra enxuga as lágrimas. Portanto, entendemos que ele está muito emocionado com o que viu. Percebeu como é interessante observar a linguagem corporal e o tanto que ela pode nos dizer? Saber disso é importante porque, como em toda comunicação, não apenas recebemos essas informações como também passamos através dessa linguagem. Por isso, também é importante notar a nossa própria postura em determinadas situações. Por exemplo, em apresentações orais, sejam elas no trabalho ou na escola, a nossa linguagem corporal tem muito a dizer para quem nos assiste. Portanto, observando esta primeira situação, vemos alguém com a cabeça levemente inclinada, olhos confusos, uma das mãos cutucando a parte de baixo da prancheta, demonstrando nervosismo. Por tudo isso, nos é comunicado que quem está apresentando está inseguro, o que vai fazer com que o público que o assiste fique desconfiado e até mesmo desinteressado pelo que ele fala. Por outro lado, neste outro caso, o orador está sorrindo, olhando nos olhos dos ouvintes, com uma postura ereta e com as mãos bem postadas, contribuindo para a apresentação. Desta forma, comunica para o público que está confiante naquilo que apresenta, enquanto que este que o assiste irá prestar mais atenção e confiar mais facilmente nas palavras que ele apresenta. Vale ressaltar que nessas apresentações orais, além da postura e expressões faciais, também é importante se atentar para outros aspectos como o tom de voz, a velocidade da fala, direção do olhar e etc. Agora que chegamos ao fim, quero fazer um convite. Observe a linguagem corporal de quem está a sua volta e pense sobre os gestos que usam. Por exemplo: se estão com os braços cruzados, ou o rosto encostado nas mãos, entre outros. Após esta nossa aula, você com certeza conseguirá ter alguma ideia do que estão comunicando com isso. Por hoje é só, te vejo em nosso próximo encontro. Até lá, tchau!