If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:7:35

Transcrição de vídeo

RKA - Olá, pessoal! Tudo bem com vocês? Hoje vamos conversar sobre tirinhas. Você deve ter algum personagem favorito que protagoniza uma tirinha, não é verdade? Vamos, agora, ler algumas tirinhas juntos? Vamos começar com essa tirinha do "Menino Maluquinho", de Ziraldo: "O que é isso, mãe?" "Estou fazendo a lista de supermercado." "Compra bala e chocolate?" "Nesta lista só entram produtos de primeira necessidade." "Tudo bem! Agora eu finjo que sou o Congresso e faço um monte de emendas." Agora, uma tira da "Turma da Mônica", com o personagem Marcelinho: "E quando terminarmos o lanche, devemos mandar as embalagens para reciclagem! É melhor procurar outra lixeira! Essa é do lanche da Magali!" E mais uma da "Turma da Mônica", com Mônica e Magali: "Pra que esse monte de creme dental?" "É que eu tenho que escovar os dentes após todas as refeições." Desenho e texto em uma mesma criação que agrada a todas as idades. Crianças, adolescentes, idosos. As tirinhas circulam nos mais diferentes meios. Mas nós lemos tirinhas para quê? Muitas vezes, compramos uma revistinha ou um jornal porque queremos ler as tirinhas para nos divertir. Também, porque nas tirinhas encontramos boas histórias. E também, podemos apreciar os desenhos, já que os autores possuem traços únicos e bastante característicos. Além disso, a maioria das tirinhas comenta sobre o cotidiano. E, então, temos a oportunidade de refletir sobre o nosso dia a dia. Quando ouvimos falar em tirinhas, pensamos em alguns formatos que são bastante parecidos. Vamos comentar de maneira breve sobre histórias em quadrinhos, e, se tiverem maior interesse nas histórias em quadrinhos, há outro vídeo que fala com mais detalhes sobre isso. Também, falaremos brevemente sobre a charge e sobre o tema de hoje, as tirinhas. As histórias em quadrinhos possuem narrativas mais longas, que se estendem por um número maior de páginas, além de as histórias e dos personagens serem mais elaborados. Já a charge, tem como foco principal comentar sobre algum fato da atualidade, olhando de forma crítica para a realidade, e se estende por um quadrinho somente, na maior parte dos casos. As tirinhas apresentam narrativas mais curtas, e nós vamos comentar sobre a tirinha de um personagem que vocês provavelmente vão reconhecer: Cascão, um personagem da "Turma da Mônica", de Maurício de Sousa. Como vocês podem lembrar, Cascão tem muito medo da água. No primeiro quadrinho, ele está passando ao lado da tartaruga, os dois caminhando tranquilamente. No segundo quadrinho, um trovão é ouvido, e a palavra "cabrum", que está escrita, imita o som desse trovão. É uma onomatopeia! O que será que vai acontecer a seguir? Você consegue imaginar como continua essa história? Vamos, agora, ver o que acontece na tirinha original. No terceiro quadrinho, Cascão aparece escondido dentro do casco da tartaruga. E a tartaruga, conforme nos mostra o desenho, está bastante chateada debaixo da chuva. Nós vemos uma sequência de acontecimentos, começo, meio e fim. O primeiro quadrinho é uma introdução à história. No segundo, acontece o desenvolvimento dessa história. E, por último, no terceiro quadrinho, a conclusão. Como pudemos observar, há componentes que são bastante característicos em todas as tirinhas: o desenho, que, aqui na nossa tirinha, nós podemos observar. O desenho mostra as expressões dos personagens, o que está acontecendo ao redor, como o trovão, as ações, os movimentos realizados pelos personagens, e existe, também, um texto, que pode ser a fala de um personagem, ou, mesmo, a transcrição do pensamento de um personagem, ou uma onomatopeia, que é uma forma de escrever os sons nas histórias em quadrinhos. Na nossa tirinha, "cabrum", a onomatopeia que indica o trovão. Além disso, também encontramos os balões. Temos, no primeiro exemplo, um balão que pode conter a fala de um personagem. No segundo balãozinho, pode vir escrito o pensamento de um personagem. E quando encontramos um desenho, como o do terceiro balão, ele, geralmente, carrega uma onomatopeia. Há, ainda, outros tipos de balões. E o elemento que une todos esses componentes é o humor, que sempre está presente nas histórias das tirinhas. Além disso, o número de quadrinhos por tirinha pode variar bastante, desde somente 1 quadrinho, até 2, 3 ou mais, como vocês podem observar aqui nesses exemplos. Agora, procure lembrar qual a sua tirinha favorita. E se você fosse criar uma tirinha, como seria? Nos vemos no próximo encontro, com novos temas! Até lá!