If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:9:03

Transcrição de vídeo

o olá pessoal tudo bem com vocês na aula de hoje iremos tratar sobre como representar terços de atrás vocês saberiam explicar o que é um texto teatral já viram algum podemos dizer que texto se atrás são textos narrativos criados para serem representados dramaticamente através de um ou vários personagens interagindo e nos contando uma história para que no futuro haja uma apresentação pública em peças teatrais por meio dos textos teatrais os participantes da peça ou seja as pessoas que irão atuar para o público ficam sabendo quais falas elas devem ensaiar quando deve entrar em cena qual ator ou atriz deverá entrar em cena e também o quê a acontecer por isso podemos dizer que as histórias apresentadas nestas peças são contadas e representadas pelos atores que assumem um papel dos personagens como vimos nas histórias presentes nas peças de teatro existem narrativas sendo apresentadas vamos agora ler um trecho da peça pluft o fantasminha escrita por maria clara machado e também vamos nos atentar para ferramentas que podemos encontrar neste texto para caracterizá-lo como um texto teatral o ato único cenário um só tom a direita uma janela dando para fora de onde se avista o céu no meio encostado à parede do fundo bom uma cadeira de balanço cabides onde se vem pendurados velhas roupas e chapéus coisas de marinha cordas redes o retrato ver lado do capitão bonança a esquerda a entrada dos faltam ao abrir o pano a senhora fantasma faz tricô balançando-se na cadeira e ranger compassadamente pluft o fantasminha brinca com barco depois larga o barco e pega uma velha boneca de pano observa a por algum tempo a mamãe o que é pluft clubes centro com a boneca de pano mamãe gente existe claro pluft claro que a gente existe mamãe tenho tanto medo de gente larga boneca bobagem clutch ontem passou lá embaixo perto do mar e eu vi viu o que pluft vigente mamãe só pode ser três e você teve medo muito mamãe você é bobo plus gente é que tem medo de fantasma e não fantasma que tem medo de gente mas eu tenho se seu pai fosse vivo cloud você apanharia uma surra com esse medo bobo qualquer dia desses eu vou te levar ao mundo para vê-los de perto ao mundo mamãe é ao mundo lá embaixo na cidade pluft muito agitado vai até a janela e não não não eu não acredito em gente pronto vai sim e acabará com essas bobagens são histórias demais que o tio gerúndio conta para você pluft corre até um canto e apanha o chapéu de almirante olha mamãe olha o que eu descobri o que é isto isto tio gerúndio trouxe do mar pluft fora de cena continua a descobrir coisas que vai jogando em cena panos roupas chapéus etc por quê que o gerúndio não trabalha mais no mar em mamãe neste trecho da peça pluft o fantasminha podemos notar algumas características da estrutura de um texto teatral logo no início lemos ato único os atos dividem as cenas das peças de teatro em várias partes como nesta peça apenas um e as cenas ocorrem sem pausas ou seja sem divisões logo em seguida vemos a presença da descrição de um cenário neste caso se descreve o ambiente em que os personagens irão atuar e nesta descrição podemos ver também como alguns personagens estão se comportando neste trecho vemos que a mãe de pluft está fazendo tricô enquanto o seu filho brinca com o barco além disso podemos notar algumas descrições sobre o ambiente em que eles estão essa descrição junto com as outras nos diz como os personagens devem estar naquele momento da peça logo após vemos a fala de clutch vemos que antes de sua fala a presença do travessão e podemos nos recordar e o travessão é um dos sinais de pontuação a tim dica aqui em seguida virar uma fala direta nos textos te atrás pode se tanto representar as falas por meio de travessão como por espaço centralizando o nome das personagens pois logo no início do texto vemos a apresentação dos nomes que irão participar da peça nós vemos a partir da fala de pluft um diálogo que se segue entre ele e sua mãe ao lermos este diálogo vemos que em alguns momentos aparecem frases entre parênteses quando lemos estas frases percebemos que elas são referentes ao ambiente da peça como vemos neste trecho pluft sempre com boneca de pano mamãe gente existe claro craft claro que a gente existe mamãe tenho tanto medo de gente larga boneca assim como no início do texto onde vimos a descrição do cenário e do comportamento das personagens estes excertos entre parênteses também nos dizem algo sobre a cena e como os personagens estão e a estes trechos que nos aparecem para fornecer este tipo de informação damos o nome de rubrika as rubricas existem para informar os participantes de uma peça sobre como eles devem se comportar em determinado momento elas podem também indicar quando um personagem e terá em cena quando ele irá sair quando um personagem irá falar e como deve ser suas reações por isso as rubricas são extremamente importantes nos textos teatrais neste trecho da peça vemos uma cena em que pluft e sua mãe estão conversando sobre gente ou seja sobre pessoas e pluft pergunta curiosamente se gente existe e demonstra seu medo ao passo que sua mãe e o repreende pelo seu medo e diz que sim a pessoa e um dia o levará para conhecê-las essa porção em que clutch e sua mãe que é um diálogo é representada no momento de apresentação da peça entretanto as rubricas e as descrições que vemos não este material só está disponível para as pessoas que estão trabalhando na peça e vocês já assistiram a uma peça ao assistir não percebemos como as cenas são organizadas e produzidas para peça pois tudo isto está presente apenas nos textos teatrais disponível para as pessoas que irão participar do espetáculo não deixe de se atentar para as ferramentas presentes nos textos teatrais sobre como esses textos são produzidos e suas características a todos e até a próxima