Se você está vendo esta mensagem, significa que estamos tendo problemas para carregar recursos externos em nosso website.

If you're behind a web filter, please make sure that the domains *.kastatic.org and *.kasandbox.org are unblocked.

Conteúdo principal

Contos de acumulação ou repetição

Nesta aula, apresentamos informações e exemplos sobre os contos cumulativos, que também podem ser chamados de contos de repetição. Versão original criada por Khan Academy.

Quer participar da conversa?

Você entende inglês? Clique aqui para ver mais debates na versão em inglês do site da Khan Academy.

Transcrição de vídeo

RKA4JL - Olá! Tudo bem com você? Na aula de hoje nós iremos falar sobre os contos de repetição. Você conhece? Bom, o conto geralmente se caracteriza por ser uma história curta que envolve alguns personagens em torno de um acontecimento único como, por exemplo, um conto de terror ou um conto de fadas, que começa geralmente com a frase "Era uma vez". No caso de um conto de repetição, nós temos uma história em que as ações e os personagens se repetem várias vezes de maneira acumulativa. Dessa forma nós temos um gênero literário que nos ajuda muito quando estamos treinando a nossa memória. Além disso, em um conto de repetição, conseguimos antecipar os acontecimentos da história, conseguimos perceber o que virá logo em seguida, conforme fazemos a leitura. Vamos ver, então, um exemplo de um conto de repetição para que compreendamos melhor o seu funcionamento, tudo bem? Vamos ver o exemplo dessa história, que se chama "A casa sonolenta" e vamos compreender, então, como funciona um conto de repetição, percebendo as suas características e percebendo também como fica fácil memorizar a história e treinar a nossa leitura com esse tipo de narrativa. O conta é o seguinte: "Era uma vez uma casa sonolenta, onde todas as pessoas dormiam. Nesta casa tinha uma cama, uma cama aconchegante numa casa sonolenta, onde todas as pessoas dormiam. Nesta casa que uma vovó, uma vozinha roncando, numa cama muito aconchegante, numa uma casa sonolenta, onde todos dormiam. Bem em cima dessa vovó tinha um netinho, um netinho que dormia sonhando, em cima de uma vozinha roncando, numa cama muito aconchegante, numa casa sonolenta onde todos viviam dormindo. Logo em cima do netinho havia um cachorrinho, um cachorrinho cochilando, em cima de um netinho sonhando, em cima de uma vozinha roncando, numa cama muito aconchegante, numa casa sonolenta, onde todos viviam dormindo. E em cima desse cachorrinho havia um preguiçoso gatinho, um gatinho ressonando, em cima de um lindo cachorrinho cochilando, em cima de um netinho sonhando, em cima de uma vozinha roncando, numa casa muito aconchegante, numa casa sonolenta, onde todos que viviam dormindo. Em cima do preguiçoso gatinho havia um esperto ratinho, um ratinho dormitando, em cima de um gatinho ressonando, em cima de um lindo cachorrinho cochilando, em cima de um netinho sonhando, em cima de uma vozinha roncando, numa cama muito aconchegante, uma casa sonolenta onde todos viviam dormindo. Em cima do preguiçoso ratinho tinha uma pequenina pulga... Eita... Uma pulga acordada? Que deu uma picadinha no rato, que pulou no gato, que arranhou o cachorro, que latiu com o netinho, que empurrou a vozinha, que caiu da cama, numa casa sonolenta onde ninguém mais estava dormindo". Bom, essa é a história. Percebe como a cada parágrafo da história somos convidados a repetir, basicamente, tudo que foi dito no parágrafo anterior? Isso porque uma história de repetição nos aproxima dos significados do texto de tantas são as vezes que repetimos, repetimos e repetimos e imaginamos o contexto da história. Bom, eu vou ficando por aqui. Espero que tenha conseguido compreender o conteúdo da aula de hoje. A gente se encontra no próximo vídeo, tudo bem? Até lá e bons estudos!