If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:5:01

Transcrição de vídeo

RKA - Oi, tudo bem com você? Nesta videoaula, a gente vai falar sobre texto de divulgação científica, um tipo de texto muito importante para os nossos estudos. Isso porque ele é baseado em pesquisas, ou seja, muitas das coisas que a gente estuda no nosso dia a dia, na escola, ou aqui, na Khan Academy, são baseados em pesquisas, em dados. São os textos de divulgação científica que têm a função de transmitir para a gente esses dados, essas pesquisas. Eles divulgam algum assunto científico. Para este vídeo, hoje eu trouxe o exemplo de um texto de divulgação científica que fala sobre a Amazônia. A Amazônia é uma floresta bem grande na América do Sul que tem sua maior parte no nosso país, lá no Norte do Brasil. Vamos ler o texto que eu trouxe hoje prestando atenção nos dados, no assunto que ele está trazendo para a gente e, depois, vamos tentar analisá-lo e compreender o que faz dele um texto de divulgação científica. Bem, o texto começa desse jeito: "A vegetação do bioma Amazônia se divide em três: mata de terra firme, mata de várzea e mata de igapó. As matas de terra firme ficam mais no alto, portanto, não são inundadas por água. As matas de várzea representam áreas inundadas durante alguns períodos do ano. Já as matas de igapó ficam num nível mais baixo, por isso apresentam-se inundadas praticamente durante todo o ano." Com esse textinho, a gente consegue perceber que o texto de divulgação científica é bem direto. A função do texto de divulgação científica é a de transmitir para a gente informações, dados, de maneira objetiva, de maneira clara. Além disso, o texto de divulgação científica trabalha sempre com os dados que a ciência fornece, ou seja, por mais que não sejam verdades incontestáveis, o texto de divulgação científica tem a função de apresentar para a gente assuntos científicos, coisas que a ciência comprovou ou estudos que ainda estão se desenvolvendo, teses de pesquisadores, de professores, enfim. Se a gente prestar atenção na foto ao lado, a gente vai ver que existe uma grande área inundada por água. Essa é uma foto de uma região de Igapó, lá na Amazônia. Com essa foto, a gente consegue perceber que o texto que a gente acabou de ler é verdadeiro, já que nele a gente compreendeu que a Amazônia é dividida em três tipos de mata. A mata de igapó é aquela que fica num nível mais baixo. Essa foto é uma foto de mata de igapó, e, como a gente pode ver, ela está inundada. Essa outra foto confirma ainda mais o que a gente acabou de ler no texto. Logo no comecinho, temos a frase: "as matas de terra firme ficam mais no alto, portanto, não são inundadas por água". Essa é uma foto de mata de terra firme na Amazônia, e, como a gente pode perceber, como o texto de divulgação científica mostrou para a gente, ela não está inundada. Bem, neste vídeo, a gente falou sobre os textos de divulgação científica e percebemos que ele possui algumas características que o diferem de outros tipos de texto, como poemas, manuais de instrução ou roteiros de teatro. Uma das características que a gente viu hoje sobre o texto de divulgação científica é que ele é bastante objetivo, ou seja, ele tem a função de transmitir para a gente informações científicas de maneira direta, de maneira clara. Uma outra coisa que a gente aprendeu hoje é que este tipo de texto precisa ser baseado em estudos, baseado em dados científicos. Por último, outra característica desse tipo de texto a que a gente tem que estar sempre atento é que ele pode ser escrito por professores ou por pesquisadores, pessoas que têm a intenção de divulgar essa pesquisa para outras pessoas. Além disso, jornalistas também têm o costume de escrever textos de divulgação científica, isso porque a função deles é justamente a de informar as pessoas sobre os assuntos que estão ocorrendo. Divulgar assuntos científicos faz parte do trabalho de um jornalista. Eu vou ficando por aqui. Espero que você tenha compreendido o assunto desse vídeo. A gente se vê numa próxima aula.