If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal

Você sabe diferenciar fatos e opiniões?

Transcrição de vídeo

RKA - Oi, tudo bem com você? Nesta videoaula, a gente vai falar sobre os fatos e sobre as opiniões. A gente vai perceber neste vídeo que "fato" é diferente de "opinião". Um fato é uma verdade, é algo que foi comprovado. Já uma opinião é o que uma pessoa acha, o que uma pessoa acredita. Uma notícia, por exemplo, uma notícia deve ser sempre baseada em fatos. Isso, porque, como ela está transmitindo algo que aconteceu para várias pessoas, ela precisa comprovar aquilo, sempre apresentando a fonte de onde os dados foram retirados. O fato é, então, uma verdade que possui fonte, possui embasamento, possui argumentos comprovados. Já uma opinião é uma coisa que a gente acha, uma coisa que a gente acredita, mas que não necessariamente é uma verdade. Por exemplo, se eu disser para você que o meu time é melhor do que o seu time. Bom, eu posso até basear a minha afirmação no último jogo, dizendo que o meu time ganhou, e, por conta disso, ele é melhor. Isso pode até ser uma verdade, que meu time possa ter ganhado do seu no último jogo. Mas não necessariamente é um fato que o meu time é melhor que o seu. Na verdade, isso vai depender do que eu acho, do que eu acredito. Já que é meu time, isso vai ser apenas a minha opinião. Para este vídeo, eu trouxe dois pequenos textos para que a gente consiga encontrar neles características que os apresentem como fatos ou como opiniões. O primeiro texto trata de um fato. Ele fala para a gente algumas características do mosquito da dengue e da doença que ele transmite. Vamos ler e vamos tentar, então, perceber algumas características de um texto que fala de fatos, e não de uma opinião pessoal. Vamos lá. O texto começa assim: "O mosquito da dengue pode se parecer um pouco com o mosquito comum, mas é possível diferenciá-lo. Seu nome científico é Aedes Aegypti. Ele é de cor preta e tem várias pintinhas brancas. É perigoso, pois pode transmitir a dengue, uma doença grave, mas que pode ser tratada em alguns dias. Para prevenir a dengue, devemos manter os mosquitos longe não deixando água parada nos vasinhos de plantas, pneus e garrafas, pois é onde ele costuma se desenvolver." Bom, logo no segundo parágrafo, a gente tem a seguinte frase: "seu nome científico é Aedes Aegypti, ele é de cor preta e tem várias pintinhas brancas". A gente já consegue perceber, então, que esse texto, por tratar de um fato, puxa dados da ciência, dados comprovados e dados que a ciência usa para poder basear alguns argumentos. Um desses dados é o nome científico do mosquito, Aedes Aegypti. Logo em seguida, ele dá uma característica física desse mosquito, dizendo que ele é de cor preta e que tem várias pintinhas brancas. Olhando para a foto do lado, a gente consegue comprovar que isso é um fato, já que o mosquito que a gente está enxergando no vídeo é um mosquito da dengue. Logo no fim do texto, a pessoa que o escreveu nos transmite uma outra verdade a respeito do mosquito e da doença que ele transmite. Está escrito o seguinte: "Para prevenir a dengue, devemos manter o mosquito longe não deixando água parada nos vasinhos de plantas". Isso é um fato, porque já que a ciência já comprovou que o mosquito da dengue se desenvolve em água parada, é não deixando água nos vasinhos de plantas, pneus e garrafas que a gente consegue evitar a transmissão dessa doença, o desenvolvimento desse mosquito. Vamos, então, prestar atenção em um outro texto que dá uma opinião. Esse textinho foi escrito por uma criança de 9 anos e, nele, ela fala sobre o seu super-herói favorito. Vamos ver? Está escrito assim: "Meu super-herói favorito é o Homem de Ferro, porque ele, além de ser muito corajoso, é inteligente e defende as pessoas dos vilões. Eu acho ele melhor que o Homem Aranha; ele é mais forte e cria seus próprios poderes com a tecnologia." Algumas características nesse texto nos fazem perceber claramente que é um texto de opinião. Essas características aparecem tanto no primeiro quanto no segundo parágrafo. Quando a gente lê "meu super-herói favorito é o Homem de Ferro", a gente já consegue saber que a pessoa está falando sobre o super-herói favorito "dela", o que "ela" acha, o que "ela" mais gosta. É pessoal, é uma opinião pessoal. No segundo parágrafo, isso fica ainda mais claro quando a gente lê: "eu acho ele melhor que o Homem Aranha". Isso porque, quando a pessoa diz que "ela acha", quer dizer apenas que é o que ela acredita, é a opinião dela. Ela não está querendo provar que aquilo é verdade, que aquilo é certo, mas sim que é o que ela acha. Bem, neste vídeo a gente falou sobre o fato e sobre a opinião. A gente percebeu que eles são bem diferentes. Um fato, então, é algo verdadeiro, enquanto que uma opinião é o que a pessoa acha, o que a pessoa acredita. É muito importante que a gente saiba diferenciar essas duas coisas no dia a dia, tanto para conversas com amigos e familiares, por exemplo, para a gente conseguir diferenciar quando a pessoa está afirmando uma verdade e quando ela está apenas dizendo o que ela acha, ou quando a gente lê e assiste a notícias, por exemplo, quando a gente precisa ter certeza de que aquilo que está sendo dito é verdade. Bom, eu vou ficando por aqui. Espero que você tenha conseguido entender a diferença entre fato e opinião. A gente se encontra numa próxima aula. Até lá e bons estudos.