If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal

O que são orações e períodos?

Nesta videoaula, explicamos o que são orações e períodos. Versão original criada por Khan Academy.

Quer participar da conversa?

Nenhuma postagem por enquanto.
Você entende inglês? Clique aqui para ver mais debates na versão em inglês do site da Khan Academy.

Transcrição de vídeo

RKA2JV - Olá! Tudo bem? Socorro! Não, relaxa, não estou em apuros. Você já deve saber que "socorro!" é uma frase, não é? "Nossa, professor, mas frase só com uma palavra?" Sim, claro. Porque ela tem um sentido completo. Mas agora eu te desafio a me responder outra coisa. Aqui nós temos uma oração? E um período, será? Nesta aula eu vou te explicar o que é uma oração e o que é um período, que são dois termos muito usados em análise sintática. Então, vamos lá. "Frase" é a denominação mais genérica que encontramos. Qualquer enunciado, com ou sem verbo, é chamado de frase. Se não apresentam verbos, são chamadas frases nominais. É o caso da frase "socorro!". Essas frases são utilizadas na comunicação cotidiana: "Bom dia! Dia quente, hein? E o preço dos combustíveis?" Agora, se a frase apresenta verbo, ela tem estrutura mais complexa, com sujeito e predicado. Vale lembrar que sujeito é o assunto sobre o qual será declarado algo, e predicado é o que se declara acerca do sujeito a partir de um verbo. Nesse caso, a frase verbal é chamada de "oração". Veja o exemplo a seguir: "Os garotos jogaram a bola na casa da vizinha." Meu assunto são "os garotos". Esse é o sujeito. E o que eu falei sobre eles? Que eles "jogaram a bola na casa da vizinha". Essa informação é o predicado. Temos uma oração. E o que é um período? É uma frase formada por uma ou mais orações. Quando, nesse período, ocorre apenas uma oração, dizemos que se trata de um período simples e a oração é absoluta. Nosso exemplo anterior se encaixa nessa situação. Também é o que acontece na frase seguinte: "O jogador exagerou na comemoração do gol." Observe que há um verbo, "exagerou", que apresenta uma informação sobre o assunto, "o jogador". É uma frase? Sim. É uma oração? Sim, oração absoluta. É um período? Sim, período simples. "Então, esse exemplo é classificado com três nomes diferentes, professor?" Isso mesmo. Frase, por ser um enunciado completo, oração, por ter verbo, período (simples, no caso), por compreender uma oração. Sendo assim, quando o período compreende mais de uma oração, dizemos que se trata de um período composto. Se eu digo que: "O jogador exagerou na comemoração do gol e foi punido com cartão amarelo", eu encontro duas informações que se articulam em torno do mesmo assunto: o jogador. A primeira é que ele exagerou na comemoração do gol. Viu o verbo? E a segunda é que o resultado disso foi que ele foi punido com cartão amarelo, outra estrutura verbal. Portanto, temos aí um período composto. É uma frase? Sim. É uma oração? São duas orações. É um período? Sim, período composto. Então, resumindo, qualquer enunciado completo é chamado de frase. Se não há verbo, é uma frase nominal. Se há verbo, a frase pode ser chamada de oração. Se a frase contém apenas uma oração, temos um período simples e uma oração absoluta. Se a frase contém mais de uma oração, temos um período composto. Agora, a formação dos compostos é assunto para outro vídeo. Fique ligado! Aproveite nossa plataforma e faça os exercícios. Muito obrigado, bons estudos, e até o próximo vídeo da Khan Academy Brasil. Tchau!