If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal

Transcrição de vídeo

Oi e aí tudo bem contigo hoje a gente vai falar aqui nessa vídeo aula sobre as orações subordinadas pra entender a relação de subordinação dentro de uma frase a gente precisa saber com antecedência Ou pelo menos relembrar o que são orações e períodos Você lembra bom as orações são elementos comunicativos que surgem em frases do nosso dia a dia escritas quanto faladas a característica das orações perde sempre possuir pelo menos um verbo servindo de núcleo da frase em torno desse verbo em torno desse núcleo que a oração criará o seu significado transmitirá o seu objetivo comunicativo já os períodos surgem como o períodos compostos ou como períodos simples se diferenciando pela quantidade de verbos que constitui o sentido da frase um período simples você apenas um verbo o período composto possui mais de mim vamos entrar então do conteúdo da aula para compreendermos como as orações subordinadas funcionam compreenderem dá uma relação de subordinação que iremos ver nos elementos das frases bom um período composto por subordinação é aquele período que é Diferentemente do período simples é composto por mais de um verbo e que além disso conserva uma relação de subordinação Vamos ver isso melhor compreendendo como funciona esta subordinação em uma frase nós temos diferentes elementos que servem para a construção da ideia do que está sendo dito na frase ele colheu as sementes que plantou por exemplo nós temos uma relação de subordinação entre um trecho e outro a subordinação em orações subordinadas aparece dividindo a frase em dois O que são eles a oração principal e a oração subordinada ou oração principal nós temos a ideia que será transmitida na frase a ideia que será complementada ou ampliada pela oração subordinada a oração principal então é uma espécie de raiz da frase de núcleo de onde se inicia a ideia Já oração subordinada é aquela que serve para completar o para ampliar o significado da oração principal Ou seja a oração subordinada é aquela que sempre vai ter uma relação de dependência para com a oração principal compreendeu como na frase que ocorrido exemplo nós temos uma relação de dependência entre os trechos bom vamos ver então alguns exemplos com mais atenção para compreendermos melhor como funcionam as orações subordinadas beleza bom coxas exemplo Oi gente vai conseguir discutir compreender melhor como funciona a relação de dependência e subordinação entre as orações de uma frase tudo bem Eu tenho medo daquela viagem novamente bom percebendo com atenção a gente consegue ver que de pontuação a gente só tem um ponto final terminando a frase certo não temos nada que possa indicar outro objetivo comunicativo Vamos então tentar prestar atenção nesta construção esta frase entender porque nela temos dois elementos distintos aquele que é o principal e aquele que é o subordinado ao principal bom se eu disser para você aqui eu tenho medo você vai entender muito bem o que eu te disse certo mas se você talvez não compreenda do que que eu tenho medo de ser apenas eu sinto medo que eu tenho medo você se perguntará automaticamente e talvez a pergunta para mim o que você tem medo e aí eu te responderei e aquela viagem novamente o que que eu tô querendo dizer com isso eu tô querendo dizer que nesta frase nós temos uma relação de subordinação entre o trecho eu tenho medo de transmitir objetivo comunicativo do enunciado e o trecho de que ela viagem novamente que serve para complementar o trecho que veio primeiro percebeu aqui então nós temos a oração principal e a oração subordinada bom vamos um segundo exemplo então nele temos a frase é preciso praticar algum Esporte porque estou muito sedentário Talvez eu tenha ficado um pouquinho mais claro para você tá diferenciação dos elementos dessa frase pensando em oração principal e oração subordinada você consegue diferenciá-los aqui dentro bom Vamos ler juntos e dividi-los como é preciso praticar algum Esporte porque estou muito sedentário bom percebe que existe aqui uma correlação de causa o que eu estou dizendo com essa frase é que eu preciso praticar algum Esporte Ela poderia terminar por aí já Faria total sentido mas eu decidi ser ainda mais explicativo ser ainda mais claro com o meu intuito de praticar algum Esporte dizendo Então e o meu motivo é que estou muito sedentário percebeu são dois elementos dentro de uma frase que se complementam caracterizando uma relação de dependência por parte da oração subordinada para com a oração principal Então como no exemplo anterior a casa que foi construída pelo meu avô é muito antigo essa frase temos também mais um exemplo de oração subordinada é parte da frase nos trechos que estabelecem relação de D o Buzz teríamos os seguintes elementos a casa faz parte da oração principal e foi construída pelo meu avô que faz parte da oração subordinada a oração principal é muito antiga que o restante da oração principal bom essa frase a oração subordinada que aparece no trecho e foi construída pelo meu avô aparece subordinada a oração principal que é a casa é muito antiga esse trecho que aparece bem no meio da frase serve para ampliar o sentido da frase principal eu poderia simplesmente dizer a casa é muito antiga Porém você não saberia de qual caso eu estou falando portanto introduzir o elemento que foi construída pelo meu avô serve muito bem para nos dizer qual casa eu estou falando Além disso o efeito desta oração subordinada também a criar sentido do enunciado principal já que seu objetivo é o de transmitir que a casa é muito antiga dizendo que ela foi construída pelo meu avô eu estou criando este sentido bom nesse vídeo nós falamos sobre orações subordinadas e vimos alguns exemplos para compreender como elas surgem nos textos que Lemos ou até mesmo as conversas que temos no nosso dia a dia espero que você tenha compreendido o conteúdo da água de hoje a gente se vê então no próximo vídeo tudo bem até lá e bons estudos