Se você está vendo esta mensagem, significa que estamos tendo problemas para carregar recursos externos em nosso website.

If you're behind a web filter, please make sure that the domains *.kastatic.org and *.kasandbox.org are unblocked.

Conteúdo principal

Artigo de opinião

Nesta aula, apresentamos as características do gênero artigo de opinião a fim de que o aluno possa escrever textos opinativos com estrutura e argumentos adequados e que possa, como leitor, analisá-los de forma crítica. A Khan Academy oferece exercícios, vídeos e um painel de aprendizado personalizado para ajudar estudantes a aprenderem no seu próprio ritmo, dentro e fora da sala de aula. Temos conteúdos de matemática, ciências e programação, do jardim da infância ao ensino superior, com tecnologia de ponta. De graça, para todos e para sempre. #YouCanLearnAnything Se inscreva no canal! Versão original criada por Khan Academy.

Quer participar da conversa?

Você entende inglês? Clique aqui para ver mais debates na versão em inglês do site da Khan Academy.

Transcrição de vídeo

RKA4JL - Oi! Tudo bem com você? Na aula de hoje a gente vai falar sobre o artigo de opinião. Como o nome mesmo indica, dá uma dica para a gente, o artigo de opinião serve para transmitir uma opinião. Esse é o objetivo desse tipo de artigo: transmitir a opinião de alguém para outras pessoas. Para que essa pessoa consiga transmitir a sua opinião, ela precisa apresentar argumentos, fatos que auxiliem e sustentem o seu artigo. Bom, mas antes de se aprofundar em como funcionam os artigos de opinião, a gente precisa lembrar de algumas coisas. Você sabe o que é uma opinião? Quando eu dou minha opinião sobre alguma coisa significa que estou dizendo o que acho sobre aquilo, seja qual for o tema: uma música, um vídeo que eu assisti no YouTube. Assim, ter uma opinião é saber o que pensa, com seus próprios pensamentos, sobre alguma coisa. Opiniões transmitimos não apenas no nosso dia a dia, mas também em comentários na internet ou artigos em jornais, por exemplo. Além disso, você sabe o que é um argumento? Eles são muito importantes caso queiramos dar nossa opinião sobre assuntos que nos interessam. Para um artigo de opinião, os argumentos para dar base a nossa opinião são essenciais e tais argumentos podem ser dados científicos, como estatísticas, por exemplo, ou também matérias jornalísticas comprovando fatos, enfim. Vamos ver algumas características que nos ajudarão a identificar um artigo de opinião. Sempre que for escrever um artigo de opinião, é muito importante que você dê atenção ao planejamento, como, por exemplo, os dados e as fontes que iremos utilizar para dar base a aquilo que a gente acha. Dados científicos a partir de pesquisas reais e fontes que atestem o seu valor são muito importantes dentro da formação de uma opinião. Além disso, é importante considerar também o texto de produção, ou seja, para quem você vai dar sua opinião, quais são as pessoas, qual o seu público e, principalmente, quais são as suas intenções ao dar essa opinião. Além disso, a preparação de argumentos é essencial dentro do nosso artigo de opinião, isso porque são com eles que nós iremos convencer quem está lendo o nosso artigo sobre aquilo que a gente acha. Por último e não menos importante, para que consigamos preparar os nossos argumentos, escolher os dados e as fontes que irão dar base a eles, escolhermos também a maneira como iremos apresentar a nossa opinião, nós precisamos ter em mente sempre que é necessária uma postura ética em torno da apresentação da nossa opinião, isso porque, a partir do momento que recolhemos dados e fontes para defender algo em que acreditamos, estamos assumindo algo que se dispõe a convencer outra pessoa a partir daquilo que você mesmo acredita. Leremos, agora, um exemplo de um artigo de opinião. Aqui, o autor apresenta seus argumentos e tomou, provavelmente, um tempo prévio para planejar o artigo antes de escrevê-lo. "Precisamos proteger as crianças do trabalho infantil. Trabalho infantil é uma gravíssima violação dos direitos humanos. A pobreza e a desigualdade social fazem com que os filhos e as filhas de famílias mais pobres tenham poucas oportunidades de escolha e desenvolvimento na infância e adolescência [...] ficando sujeitos a menores salários e vulneráveis a empregos em condições degradantes, perpetuando, assim, um círculo vicioso de pobreza. É fundamental aumentar a mobilização e a atenção sobre a importância da prevenção do trabalho infantil, estabelecer programas de apoio às empresas para garantir a continuidade dos negócios, gerar oportunidades de trabalho protegido para adolescentes em idade permitida para o trabalho, combater o racismo e outras formas de preconceitos e construir um sistema de proteção social que atenda toda a população, considerando a sua grande diversidade", por Martin Hann. Bom, aqui nós temos algumas características que podem transmitir para a gente que este texto é um artigo de opinião, a começar lá pelo final, onde vemos a assinatura de quem escreveu o texto, diferentemente de um editorial de jornal ou revista, por exemplo, que se empenha para escrever um texto do qual transmita a opinião do jornal, um artigo de opinião possui no final o nome de quem está dando esta opinião. Logo no título vemos o trecho: "Precisamos proteger as crianças do trabalho infantil". Nesse trecho ele está reunindo todos aqueles que se dispõe a ler a sua opinião. Ele usa aqui uma forma de discurso que visa aproximar o leitor do autor do texto. Logo em seguida, no começo do primeiro parágrafo que eu separei para a gente, nós temos o trecho "o trabalho infantil é uma gravíssima violação dos direitos humanos". Bom, aqui o autor não está ressaltando um dado, mas está ressaltando a ideia dos direitos humanos, algo que é extremamente importante para nossa sociedade e, por consequência, extremamente importante também para aquele que está lendo o seu texto. Esta é uma forma de criar argumentação no texto. Logo em seguida, no segundo parágrafo, o autor diz o seguinte "É fundamental aumentar a mobilização e a atenção sobre a importância da prevenção do trabalho infantil". O que ele disse aqui nesse segundo foi, basicamente, citar uma série de ações possíveis e necessárias para combater o trabalho infantil. Ele não só apenas apresentou suas opiniões e tentou convencer o leitor, mas também tentou apresentar propostas que pudessem favorecer o seu pensamento, aquilo em que ele acredita: estabelecer programas de apoio, gerar oportunidade de trabalho, enfim. Além disso, em uma outra parte do texto, nós temos também dados que servem para fundamentar a opinião com mais consistência: dados científicos, dados reais, que virão para fortalecer a ideia do autor, como, por exemplo, deste trecho que destaquei do resto do texto: "Apesar dos avanços na luta contra o trabalho infantil alcançados pelo Brasil nas últimas décadas, existiam 2.4 milhões de crianças e adolescentes entre 5 e 17 anos ocupados no país em 2016, segundo o PNAC Contínua do IBGE. Bom, aqui nós temos um dado muito específico a respeito do Brasil e do trabalho infantil no ano de 2016. "Sabemos que o número de crianças e adolescentes entre 5 e 17 anos que estavam trabalhando era de 2,4 milhões". Isso são dados que virão para fortalecer o texto. Estes dados, então, precisam de uma fonte que confirme que eles são reais, que aparece logo no final do parágrafo: "segundo a PNAD do IBGE". Percebeu? Escrever um artigo de opinião vai muito além de dizer o que você acha. A gente precisa de dados que deem fortalecimento à nossa opinião, com fontes verdadeiras, com fontes reais. Bom, eu vou ficando por aqui. Espero que você tenha compreendido o conteúdo da aula de hoje. A gente se encontra, então, em uma próxima aula. Até lá e bons estudos!