If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:6:42

Transcrição de vídeo

RKA - Você já ouviu falar sobre plantas baixas? Você já deve ter ouvido falar que o trabalho de engenheiros e arquitetos, muitas vezes, é representado por alguns desenhos, chamados "plantas baixas", e que representam a vista superior de algum ambiente, de uma casa, de uma empresa, de uma escola. Nessa planta baixa, como esta que você está vendo aqui, os engenheiros, arquitetos, e tantas outras pessoas, podem ser capazes de identificar as partes da construção, as medidas envolvidas, e, a partir de então, fazer previsões sobre como vai ser a construção, ou sobre como colocar os móveis ali. Neste exemplo, temos uma casa, veja aqui. Temos menção à casa. Nesta casa, temos um salão, ou pode ser simplesmente chamado de sala, isso tudo, aqui, a gente vê que é uma sala. Observe que essa parede, aqui, tem 2,50 metros de comprimento, essa outra parede, 5,50 metros. Aqui temos uma janela, podemos perceber, também, que aqui é outra janela. Aqui temos uma porta, a abertura da porta, e o que a porta ocupa quando ela abre, ela ocupa esse espaço. Temos aqui a cozinha, uma porta para entrar na cozinha, outra porta para sair. Observe que temos duas portas na cozinha, uma é para quem vem da sala, e a outra é para essa área externa, aqui. "AS", neste caso, quer dizer "área de serviço", é onde fica a máquina de lavar roupa, o tanque e outros acessórios relacionados. Aqui temos o "abrigo", abrigo é uma parte externa da casa, só que coberta, uma varanda, fora da sala. Aqui também temos todas as medidas de cada parte da sala. Temos aqui um quarto, e nesse quarto temos uma parede, aqui, de 4 metros de comprimento, esta parede tem 2,50 metros. Olha, aqui, o corredor, a entrada para os quartos. Veja que, neste caso aqui, temos uma suíte, então, a entrada para a suíte, para o quarto, é aqui, e, aqui, é a entrada para o banheiro desta suíte. Ou seja, uma planta baixa mostra, de maneira bem resumida, uma série de características daquela casa, daquele apartamento, daquele escritório, que está sendo representado ali. Você mesmo pode precisar usar uma planta baixa para fazer algo prático para você. Por exemplo, vamos supor, aqui, que você tenha uma planta baixa, bastante simplificada, do seu quarto. É um rascunho, mas é uma planta baixa. Não estamos entrando em detalhes do desenho técnico, mas é a ideia da planta baixa e a sua habilidade de lidar com ela que está sendo desenvolvida neste momento. Nós temos, aqui, um armário, um criado-mudo e uma cama, e nós queremos colocar esses três itens no quarto. Como isso pode ser feito? Pense bem, um pouquinho, observe bem as medidas de todos, as medidas do quarto, aqui temos uma janela. Como poderíamos fazer para colocar estes itens de decoração, de mobília no seu quarto? Já pensou um pouquinho? Muito bem. Vamos ver, por exemplo, o armário, eu poderia colocar, digamos, vou fazer uma cópia dele para não perdê-lo, poderia colocar o armário em algum lugar por aqui, talvez? Eu teria o armário encostado na parede, desta direção, e também encostado nesta parede. É uma boa ideia, você acha? Vamos pensar, vamos tentar. Eu poderia pegar a cama e colocar a cama, talvez, aqui. Seria, talvez, uma boa ideia. E o criado-mudo, precisa ficar ao lado da cama, poderia ficar deste lado, poderia ficar deste lado, digamos que eu tenha só um criado-mudo. Observe que, se eu colocar o criado-mudo aqui, ele pode ficar muito perto da porta do armário e dificultar a abertura e o acesso ao armário, ao guarda-roupa, então, poderia colocar o criado-mudo deste lado. Esta é uma possibilidade. Porém, existem, você sabe bem, outras possibilidades, você poderia ficar lidando com isso para organizar o seu quarto. Por exemplo, digamos que eu prefira colocar o guarda-roupa nesta parede, opa, aqui não posso porque tem uma janela, o guarda-roupa é alto e ele vai ficar na frente da janela, isso não pode ser feito. Porém, pode ser que me interesse colocar o guarda-roupa nesta parede aqui, mas em outra posição, por exemplo, nesta posição aqui. Poderia colocar o guarda-roupa encostadinho aqui, nessas duas paredes, nessa posição. E aí eu teria de colocar a cama em alguma outra localização. Veja, não posso pôr a cama aqui, porque senão não tem acesso às portas do armário. Eu poderia, talvez, encostar a cama aqui na parede da janela, mas isso pode dificultar para eu lidar com a janela. Encostar a cama aqui, nessa parede, pode ser interessante, mas ainda está perto do armário, se empurrar mais para cá, vai ficar perto desse outro móvel, vai ficar dificultando a passagem pelo quarto. Por outro lado, eu posso girar a cama colocando-a assim, aqui, eu posso encostar cama. Pode ser uma boa ideia porque a cama fica mais baixa que a janela, eu consigo ter acesso à janela mesmo a cama estando encostada aqui, nessa parede. Pode ser uma boa ideia. Por outro lado, eu posso colocar a cama aqui. Será uma boa ideia? Coloco a cama aqui, procuro deixar um espaço suficiente para a abertura das portas do armário, deixo um espaço, aqui, para a passagem, pode ser interessante. Por outro lado, se esse móvel tiver uma televisão aqui em cima, e eu quiser assistir desde a minha cama, pode ser que aqui eu não consiga enxergar direito. Enfim, com essas ideias você pode organizar bem um quarto. Observe, também, que faltou colocar o criado-mudo. Criado-mudo, aqui, pode atrapalhar a passagem. Então, você pode discutir e pensar muito a respeito de como organizar um cômodo a partir da sua planta baixa, antes de ficar arrastando os móveis reais lá. Primeiro, você prepara isso, olha bem a planta baixa, a posição dos móveis, e depois você pega os móveis realmente e vai colocá-los, cada um em seu lugar. Demos a você uma ideia do que é essa planta baixa, é você olhar de cima para baixo para um cômodo, para uma casa, um apartamento, uma construção, e a partir dela, poder desenhar, ter ideias, modificá-la. Até o próximo vídeo!