If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:10:30

Transcrição de vídeo

RKA - E aí pessoal, tudo bem? Nessa aula, nós vamos aprender a interpretar gráficos e fazer a leitura dos mesmos. Mas, o que são gráficos? Bem, eles são representações de dados por meio de recursos visuais, e eles têm como objetivo destacar informações para que fique mais fácil a sua compreensão. Tá, mas como você pode interpretar um gráfico? Eu vou fazer aqui um fluxograma para te ajudar nessa compreensão. Então, inicialmente, nós temos a leitura de informações. Isso vai nos ajudar na compreensão dos dados e, também, a destacar dados importantes que vão facilitar a conclusão dos nossos dados. Feito isso, nós precisamos coletar informações. E aí, com essa coleta, nós podemos interpretar os dados. E graças a essa interpretação, nós podemos chegar a uma conclusão baseada nos dados. Então, essa é uma boa maneira de você interpretar um gráfico. Então, eu vou descer aqui para falar a respeito dos tipos de gráficos. Eu acredito que, alguns, vocês provavelmente já viram. E nós temos aqui três gráficos, que são esses três gráficos aqui, sendo que, o primeiro deles, nós chamamos de "gráfico de setor", que também é conhecido como "gráfico de pizza". Por que é conhecido como gráfico de pizza? Porque observe que ele tem o formato de uma pizza. E um gráfico de setores é um diagrama circular em que os valores de cada categoria estatística representada são proporcionais às respectivas medidas dos ângulos. Então, vamos entender o que este gráfico está dizendo? Então, primeiro, eu tenho no título a "Frequência de estado nutricional", em porcentagem. Isso significa que aqui nós temos 34,3%, aqui nós temos 2,5%, aqui nós temos 49,9% e, por fim, nós temos aqui 13,2%. E, aqui ao lado, nós temos as legendas, que mostram cada categoria em um setor do gráfico. Por exemplo, nós temos aqui o "sobrepeso," que é representado pelo fundo branco com pontinhos, e isso está representado no nosso gráfico, aqui. Então, o "sobrepeso" equivale a 34,3%. Já a "eutrofia", que é representada pela cor cinza, é toda essa parte aqui, ou seja, representa 49,9%. Nós também temos a "magreza", que é representado pela cor escura, que representa 2,5%, que é essa parte escura, aqui. E, por fim, nós temos a "obesidade", que é essa cor aqui, meio esverdeada. Então, aqui, é essa cor que representa 13,2%. Então, esse setor representa a "obesidade". Nós também temos o "gráfico de coluna", que é este gráfico aqui do meio, e nesse tipo de gráfico, as suas informações estão apresentadas por meio de barras, por isso ele também é conhecido como "gráfico de barras". E se nós analisarmos esse gráfico, nós podemos ver que, aqui, o título é o "Número de Gols". E esse gráfico diz o seguinte: que o jogador Amoroso fez uma quantidade de 3 gols, já o jogador Bebeto, também fez uma quantidade de 3 gols, agora, o jogador Dodô, fez uma quantidade de 4 gols, e aí, o jogador Denílson, fez uma quantidade de 5 gols, e, por fim, o jogador Ronaldo fez uma quantidade de 2 gols. Ou seja, as informações são precisas e simples, nesse tipo de gráfico. Por fim, nós temos o "gráfico de linhas", que é este gráfico, aqui. Então, este é o gráfico de linhas, e, aqui, nós temos a "Renda bruta mensal vezes a porcentagem de renda gasta em saúde". Então, vamos analisar o gráfico, e perceba que o gasto mensal está em porcentagem, isso significa que todos esses valores, aqui, estão em porcentagens. Agora, vamos analisar a renda bruta mensal. Por exemplo, uma pessoa que tem renda de 28, ela tem um gasto em saúde entre 6,5% e 7% ou seja, a renda dela está, mais ou menos, aqui. Mas o que são gráficos de linhas? Bem, são gráficos que exibem informações com uma série de pontos, que são ligados por segmentos de reta. Esse tipo de gráfico é ideal para exibir tendência ao longo do tempo. Observe que, aqui, nós podemos observar crescimentos, decrescimentos, e várias informações ao longo do gráfico. E se eu quisesse construir uma tabela, ou seja, uma planilha de dados? Seria possível? É o que eu vou mostrar aqui. Eu vou criar uma tabela e vou mostrar que eu posso colocar todas essas informações nela. Então, uma tabela de dados, e como, neste gráfico aqui, nós temos o número de gols, na minha primeira coluna eu vou colocar os jogadores. Então, aqui, os "jogadores", e na minha segunda coluna, eu vou colocar os gols. Então, deixa eu colocar aqui na minha segunda coluna, o "número de gols". Ok, os jogadores são: Amoroso, Bebeto, Dodô, Denílson, e, por fim, Ronaldo. Note que o Amoroso fez um total de 3 gols, então eu posso colocar aqui, 3 gols, o Bebeto também fez 3 gols, o Dodô fez 4 gols, o Denílson foi o que mais fez, fez 5 gols, e, por fim, o Ronaldo fez 2 gols. Então, nós transformamos um gráfico em uma "tabela", que também pode ser chamada de "planilha". E observe que nós fizemos este caminho, ou seja, uma transformação de um gráfico para uma tabela. Seria possível transformar uma tabela em um gráfico? Seria. Este gráfico é um exemplo disso. Ou seja, nós poderíamos colocar, aqui, o número de gols e poderíamos representar a quantidade de gols de cada jogador através de barras. Bem, pessoal, a tecnologia pode te ajudar bastante, tanto na construção de tabelas, quanto na construção de gráficos. Por exemplo, eu estou utilizando, aqui, o "Google Planilhas", e, através dele, eu vou colocar a mesma informação que nós vimos na tabela anterior. E no Google Planilhas, eu posso colocar o título da minha planilha como o "Número de gols por jogador". Então, nesta primeira coluna, eu vou colocar, aqui, os jogadores. Então, eu escrevo aqui o jogador e coloco o nome deles nessa coluna. Então, aqui nós temos o Amoroso, depois o Bebeto, o Dodô, Denílson e, por fim, o Ronaldo. Deixa ajeitar isso aqui, e agora, aqui eu coloco os gols, ou melhor, número de gols, deixa eu colocar "número de gols" aqui. Lembrando que o Amoroso fez um total de 3 gols, o Bebeto também, 3 gols, o Dodô, 4 gols, o Denílson, 5 gols e o Ronaldo, 2 gols. Então, aqui nós temos a nossa tabela, deixe eu centralizar isso aqui, e observe que, agora, nós temos a nossa tabela. Agora, uma coisa bem interessante que o Google Planilhas permite é transformar essa tabela em gráficos. Eu posso ir aqui na opção "inserir", e eu vou aqui em "gráfico", e quando eu faço isso e arrasto aqui, eu tenho o meu gráfico. Ou seja, observe que, aqui, nós temos o número de gols, e aqui, o nosso título é "Número de gols por jogador". Olha, o Amoroso fez um total de 3 gols, o Bebeto, um total de 3 gols também, e você pode ver isso tanto pelo gráfico quanto pela legenda que aparece aqui. Olha, por exemplo, o Dodô fez uma quantidade de 4 gols, o Denílson, uma quantidade de 5 gols e, por fim, o Ronaldo, uma quantidade de 2 gols. Bem, essa tabela pode ser totalmente configurada no Google Planilhas. Por exemplo, eu posso mudar o tipo de gráfico para um gráfico de setor, então, vou clicar aqui, e nós podemos observar que o gráfico foi mudado para um gráfico de setores, ou seja, um gráfico de pizza, que agora está representado em porcentagens, que também aparece legenda, se você clicar em cima. E o interessante é que, além de representar em porcentagem, ele também mostra o valor absoluto. Enfim, pessoal, a tecnologia pode te ajudar bastante na compreensão de gráficos e planilhas. E é isso aí, pessoal. Até a próxima!