If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:2:02

Transcrição de vídeo

RKA - Esse problema nos diz que a distância em que um objeto viaja no espaço é diretamente proporcional ao tempo que ele gasta para viajar essa distância. É claro que para isso acontecer devemos assumir que ele não está acelerando, não tem a força resultante agindo sobre ele e outras coisas nesse sentido. Estamos falando de um objeto específico. Para algum objeto específico, a distância que ele viaja é diretamente proporcional com o tempo. Se pensarmos em termos de constantes de proporcionalidade direta, a gente pode dizer que a distância é igual a uma constante vezes o tempo que viaja. A distância é diretamente proporcional ao tempo de viagem do objeto em particular. Se um asteróide viaja 3 mil quilômetros em 6 horas, qual a constante de proporção? A distância será: 3 mil, 3 mil quilômetros. Então, temos: d igual a 3 mil quilômetros. E isso será igual à constante de proporção vezes o tempo, vezes 6 horas. Se quisermos descobrir a constante de proporção, poderemos dividir os dois lados por 6 horas. 3 mil sobre 6, 3 mil sobre 6 é igual a 500, e 6 sobre 6 é igual a 1. Então, as horas se cancelam, e se considerarmos as unidades, portanto a constante da proporcionalidade, o lado esquerdo, é igual a 500 quilômetros por hora. E isso é igual a k. A constante de proporção será: 500 quilômetros por hora, ou pode dizer 500 se não se importar com as unidades, ou melhor dizendo, a proporção das constantes, para utilizar a terminologia usada na pergunta.