If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:2:09

Representação gráfica de circunferências a partir de suas características

Transcrição de vídeo

RKA - Esboce o gráfico de uma circunferência cujo o raio é 5, e o centro localiza-se no ponto (3, -2). Nós vamos ver esse tipo de exercício na Khan Academy nos próximos vídeos. E essa é uma ferramenta muito interessante aqui, o que posso fazer é pegar esse ponto, movê-lo ao redor do gráfico, colocando o centro da circunferência em qualquer ponto gráfico. E o ponto em questão é (3, -2). Portanto, "x" igual a 3 e "y" é igual a -2. E este é, então, o centro. E temos que colocar o raio igual a 5. Da forma que está desenhado agora, o raio está igual a 1, a distância entre o centro e o ponto da circunferência, neste momento, é igual a 1, e devo fazer com que seja igual a 5, então posso fazer isso clicando aqui. Agora temos um raio igual a 2, 3, 4 e agora 5. Conseguimos, o centro está em (3, -2) e o raio igual a 5. A distância entre o centro e a circunferência é igual a 5, não importa que ponto escolhemos na circunferência, a distância do centro é de 5 unidades. Vamos fazer outro exercício desse tipo: esboce o gráfico de uma circunferência cujo centro está no ponto (-4, 1) e passa pelo ponto (0, 4). Novamente, vamos trazer o centro para o ponto (-4, 1). "x" é igual a -4, "y" é igual a 1. Portanto, este é o centro e devemos fazer com que a circunferência passe pelo ponto (0, 4). "x" igual a "0" e "y" igual a 4. Então tenho que arrastar e aumentar o tamanho da circunferência, eu quero aumentar o raio da circunferência até o ponto (0, 4), pertencente à mesma. Estamos quase lá, agora sim. Agora incluímos o ponto (0, 4) na circunferência, se estivermos curiosos quanto ao valor do módulo do raio, podemos escrever a partir do ponto central da circunferência, ao longo do eixo paralelo à abscissa, "x" igual a 1. Portanto, partindo do ponto central "x" igual a 4 e percorrendo o eixo, devemos chegar ao ponto "x" igual a 1. E a distância aqui é igual a 5, ou seja, a diferença entre 1 e -4. Então nosso raio é igual a 5.