If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:3:14

Transcrição de vídeo

Olá no vídeo anterior tratamos de estimar uma média populacional a partir da Média da amostra construímos um intervalo de confiança e fizemos isso em dois diferentes cenários um deles usando a tabela Z e O desvio padrão populacional e isso nos daria intervalos de confiança bastante válidos mas o que acontece é que provavelmente nós não conhecemos O desvio padrão populacional quando estamos tratando com uma amostra então para construir o intervalo de confiança poderíamos usar a tabela Z e O desvio padrão da amostra mas nós verificamos que isso não nos dá o melhor intervalo de confiança e veremos isso experimentalmente em alguns segundos Então em vez de usar a tabela Z verificamos que também temos uma estatística t e nos dá o intervalo de confiança mais preciso assim podemos usar a tabela te e desvio padrão amostral vamos agora analisar em relação para fazer isso um pouquinho mais real temos aqui um simulador da queda Academy feito pela usuária Charlotte além e o objetivo deste simuladora que possamos Verificar como os intervalos de confiança se comportam nos diferentes cenários que comentamos a pouco digamos então que temos uma média populacional de dois digamos por exemplo que isso representa o número de maçãs consumidas diariamente por uma as pessoas digamos também que eu desvio padrão populacional é de 0,5 e vamos criar intervalos de confiança com o objetivo de ter noventa e cinco porcento de nível de confiança o tamanho das amostras vai ser de 12 Primeiro vamos construir em intervalos de confiança usando Z e Sigma que é o desvio padrão populacional e portanto o real de todos os dados aqui clicando aqui o simulador gera vários exemplos fazendo várias simulações verificamos que temos realmente 95 o YouTube nível de confiança ou algo bem próximo disso veja ficamos construindo vários intervalos de confiança a partir de amostras e e noventa e cinco porcento das vezes esses intervalos contém a média real da população ou seja parece que temos bons intervalos de confiança entretanto quando estamos lidando com este tipo de estatística nós não conhecemos O desvio padrão populacional dessa forma poderíamos recorrer a tabelas e com desvio padrão amostral O que é este outro item fazendo várias e várias simulações Observe Aqui nós temos 625 amostras e calculados os intervalos de confiança com a tabela Z e O desvio padrão amostral e vemos aqui que a média populacional que é dois aparece apenas em noventa e dois por cento dos intervalos construídos posso construir outros exemplos e verificamos e Vamos aos noventa e cinco porcento de nível de confiança ou seja temos menos confiança do que quando construímos os intervalos usando Z e O desvio padrão populacional agora se usar a tabela T com desvio padrão amostral veja só aqui temos noventa e cinco porcento dos intervalos Contendo a média populacional de dois porque na tabela T com um desvio padrão amostral nós conseguimos construir intervalos de confiança com nível de confiança mais próximo de quando utilizamos a tabela Z e O desvio padrão populacional Então essa é a importância da tabela te da estatística te nós vamos fazer muitos exemplos nos próximos vídeos e eu vejo você por lá
AP® é uma marca comercial registrada da College Board, que não revisou este recurso.