If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:4:54

Transcrição de vídeo

o Olá meu amigo minha amiga tudo bem com você seja muito bem-vindo ou bem-vinda a mais um vídeo daquela Academy Brasil e nesse vídeo vamos resolver um exercício sobre as condições para o intervalo de confiança o exercício diz o seguinte Alberto é responsável pelo menu do jantar para o seu baile de formando e ele quer usar o intervalo Z de uma amostra para estimar que a proporção de idosos pediria uma opção vegetariana ele seleciona aleatoriamente 30 do total de 150 idosos e descobre que sete das amostras pediria a opção vegetariana Quais as condições de construção desse intervalo de confiança a amostra de Alberto atendeu então pausa esse vídeo veja Quais das opções abaixo você consegue selecionar E aí conseguiu vamos trabalhar juntos agora tá então uma coisa que você pode estar se perguntando é bem o que é um intervalo zd1 e você pode interpretar isso como ele vai pegar uma amostra E então construir o intervalo de confiança a baseado nisso o motivo disso ser chamado intervalo Z é que toda a ideia por trás é o intervalo de confiança é escolher uma série de desvios padrões acima e abaixo do verdadeiro parâmetro que você está realmente tentando estimar e em seguida usar isso para fazer suas referências uma forma de pensar sobre o número de desvios padrões é que as pessoas costumam chamar isso dizer ou Z é frequentemente usado como uma variável para o número de desvios padrões acima ou abaixo de algo enfim ele realmente está Apenas tentando construir o intervalo de confiança mas lembre-se para construir o intervalo de confiança nós temos que fazer algumas suposições tem 150 idosos aqui mas ele está achando impraticável pesquisar todos os 150 para descobrir a verdadeira proporção da população em vez e ele faz uma amostragem de 30 idosos portanto n = 30 a partir daí ele calcula uma proporção da amostra parece que sete dos 30 querem a opção vegetariana com isso ele vai determinar algum nível de confiança e então construir o intervalo de confiança mas lembre-se das condições que falamos nos vídeos anteriores A primeira coisa é que nós temos que ter certeza que essa é uma amostra aleatória então isso atende a condição de amostra aleatória é isso que a opção ai estamos dizendo os dados Realmente são uma amostra aleatória da população de interesse bem isso é dito na passagem aqui ele seleciona aleatoriamente 30 do total de idosos Então acho que acreditamos nas palavras dele não conhecemos sua metodologia do que ele considera aleatório Mas vamos levar suas palavras em consideração e Acreditar nele e sendo assim os dados são uma amostra aleatória Se eu dissesse que ele testou o time de futebol bem E isso não teria sido uma amostra aleatória a próxima condição é que aparece de forma matemática mas isso está falando a respeito de uma condição normal sendo assim a fim de construir esses intervalos de confiança estamos assumindo que as distribuições de amostra das proporções da amostra é quase normal e que a calda não está inclinada nem para direita e nem para a esquerda sim aqui mesmo diz que o tamanho da amostra vezes Nossa proporção de amostra tem que ser maior ou igual a 10 e que o tamanho da amostra vezes um menos Nossa proporção de amostras também tem que ser maior ou igual a 10 bem outra forma de pensar sobre isso é que o sucesso sem Nossa mostra precisam ser maior ou igual a 10 e que as falhas também precisam ser maior ou igual a 10 bem quanto o sucesso sou em 17 e você pode até dizer Olha nosso ele é 30 vezes Nossa proporção de amostra que é sete sobre 30 tem uma paciência acaba sendo 7 portanto nosso sucesso é menor do que 10 Então na verdade viu Alan mas a condição normal essa é uma regra importante já que você está nos dizendo que nossa distribuição de amostragem real pode estar distorcida mas lembre-se estamos fazendo isso com base em uma amostra sendo assim que somos capazes de descobrir é esse intervalo Z da amostra podemos estar errados mas não nos sentiríamos bem afirmando que estamos diante de uma condição normal aqui é então eu descarto essa afirmação ajuda observações individuais podem ser consideradas Independentes bem se ele selecionar se aleatoriamente pessoas como a reposição então isso poderia ser independente ou seja as pessoas que ele selecionou dá um tamanho total de amostra que é menos de 10 porcento da população total é bem pode ser considerado independente Mesmo que não seja perfeitamente independente mas o que vemos aqui é que ele pegou uma amostra de 30 pessoas de um total de 150 portanto seu tamanho de amostra foi de 30 de 150 que a mesma coisa que um quinto da população que é a mesma coisa que Vinte por cento e como isso é maior que 10 porcento estamos violando a condição de independência a gente poderia considerar a condição de independência se fosse uma amostragem com reposição o que não parece ser o caso aqui mas também poderíamos considerar dessa forma se o que a gente calculou fosse menor que 10 por cento o que também não está acontecendo com isso essa condição não está sendo cumprida Então não nos sentimos bem com essa restrição bem como não Estamos atendendo duas das três restrições os intervalos de confiança apresentado por Alberto não são muito confiáveis então essa análise realizada e não foi muito boa enfim eu espero que você tenha compreendido tudo direitinho que conversamos até aqui e a mais uma vez eu quero deixar um grande abraço e até a próxima
AP® é uma marca comercial registrada da College Board, que não revisou este recurso.