If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:4:26

Transcrição de vídeo

e nós Já estudamos uma situação em que algum parâmetro é associado com a população por exemplo a proporção da população que apoia o candidato outra vez a média da população a média da altura de todos os habitantes de uma cidade e nós já verificamos que as vezes é impraticável conhecer o valor real do parâmetro populacional mas nós podemos estimar esse valor tomando uma amostra e essa amostra com certo tamanho n e a partir dessa amostra de tamanho n nós calculamos uma estatística que nos interessa para essa mostra E aí nós vimos que uma vez calculada esse dado estatístico com a intenção de estimar o parâmetro populacional nós podemos construir o intervalo de confiança sobre esse dado estatístico baseado em algum nível de confiança o intervalo de confiança se parece e assim o valor do dado estatístico mais ou menos uma margem de erro que é normalmente o valor críticos e estrela e esse valor será baseado no número de desvios padrão que nós queremos em torno do valor do dado estatístico estudado e esses estrela multiplicado pelo desvio padrão da distribuição amostral desse dado estatístico e o que nós vamos ver aqui normalmente nós não conhecemos este desvio padrão para conhecer este desvio padrão muitas vezes nós precisamos conhecer o valor do parâmetro populacional e nem sempre o temos por exemplo na situação em que o parâmetro que nós estamos estudando para tentar estimar e construir intervalos de confiança Digamos que seja a proporção da população que apoia um certo candidato Ou seja que porcentagem da população apoia aquele candidato bem E esse parâmetro esse dado na amostra é o a prática ou simplesmente a estatística a mostrar Ou seja a proporção dos elementos da amostra que apoiam aquele candidato e o intervalo de confiança então é a proporção amostral de chapéu mais ou menos de estrela o valor crítico vezes bem agora nós não conseguimos calcular o desvio padrão aqui a menos que eu saiba a proporção populacional mas eu não tenho mas nós podemos estimá-lo com o erro padrão que neste caso é a raiz quadrada de p chapéu vezes um menos peixapéu ou seja a proporção amostral vezes um menos a proporção amostral sobre n que é o número de elementos da amostra o tamanho da amostra esse parâmetro que nós estamos tentando Este Mar é a média populacional Então a nossa estatística a mostrar o nosso dado estatístico na mostra será a média amostral Então nesse contexto para a média bom nós teremos o intervalo de confiança dado pela média amostral mais menos de Estrela agora se nós soubéssemos O desvio padrão populacional nós saberíamos O desvio padrão para a distribuição da nossa estatística do nosso dado estatístico ele seria igual ao desvio-padrão da população sobre a raiz quadrada do tamanho da amostra mas nem sempre conhecemos O desvio padrão populacional você poderia dizer Ok se nós não sabemos o desvio padrão populacional vamos obter o desvio padrão da amostra Então vamos pegar a nossa média amostral mais menos seis estrela vezes o desvio padrão amostral dividido pela raiz quadrada de n em isto poderia parecer muito bom se estivéssemos construindo um intervalo de confiança para nossa amostra para a média na nossa mostra Mas isso não é um porque esta parte aqui vai subestimar o intervalo real ou seja vai subestimar a margem de erro e você precisa para o seu intervalo de confiança e é por isso que os estatísticos inventaram uma entre "nova estatística em vez de usar Z eles chamam de P em vez de usar a tabela assim usa-se a tabela de nós vamos ver bastante isso em vídeos futuros então se você está realmente tentando construir o intervalo de confiança para a média amostral e você não conhece o desvio padrão populacional e é o que acontece normalmente o que deve ser feito é tomar a média amostral mais ou menos nosso valor crítico que agora vai ser te estrela vezes o desvio padrão amostral dividido pela raiz quadrada de m e a diferença aqui é que isto nos vai dar o a confiança que realmente tem o nível de confiança que nós queremos Então você queremos noventa e cinco porcento de confiança se nós ficarmos calculando o intervalo de confiança para várias amostras e noventa e cinco porcento das vezes nós vamos ter a média populacional contida no intervalo de confiança e em próximos vídeos nós vamos Verificar como usar a tabela ter ao invés da tabela Z até lá
AP® é uma marca comercial registrada da College Board, que não revisou este recurso.