Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:2:18

Transcrição de vídeo

RKA - Disponha os algarismos 2, 6, 0 e 1 de forma a criar o maior número possível com 4 algarismos. A maneira como gosto de pensar é: se estou tentando obter o maior número possível, tenho que colocar o maior número no valor posicional mais alto. Assim, se ele é um número de 4 algarismos ele é um número de 1, 2, 3, 4 algarismos. O que eu colocar aqui vai representar os milhares; o que eu colocar aqui representa as centenas, o que eu colocar aqui representa as dezenas, e, por fim, aqui representa as unidades. Assim, eu quero maximizar o número de milhares que tenho, por exemplo, desses, o maior número é 6. Eu poderia transformar em 6.000, em 600 ou em 60 e ainda em 6. Mas se quero o maior número possível, então devo transformar em 6.000. Observem que seu eu colocar qualquer outro número nesse valor posicional, se eu colocar um 0 aí, eu não teria nenhum milhar. Se eu colocar um 2 seria apenas 2.000; se for um 1 teria apenas 1.000 e definitivamente 6.000 vai ser o maior número que qualquer outro criado, com o 2, 0 ou o 1 na posição do milhar. E usando a mesma lógica, quero o próximo número maior na posição de centena. O próximo número que é o maior aqui é 2. Vou colocar o 2 logo aqui. Prefiro ter 2 centenas do que 0 centenas ou 1 centena, e isto vai aumentar o número. A seguir, usando a mesma ideia, vamos colocar o próximo número maior na posição da dezena. Prefiro ter uma dezena do que 0 dezenas. Vamos colocar o 0 aqui então. Assim o resultado é 6.210. Se a gente quisesse criar o menor número com esses mesmos 4 algarismos era só redistribuir, de forma a ter o menor número possível na posição do milhar e o maior número na posição da unidade. Portanto, o menor número possível seria, cuidado aqui, 0, 1 2... 2, 6. Se virar e inverter a ordem, o menor número com esses algarismos seria 126 mas não pediram para a gente fazer isso, mas encontrar o maior possível. Então a resposta é 6.210.