If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:3:00

Transcrição de vídeo

RKA - Vamos examinar duas questões que envolvem gráficos exponenciais: A primeira, o garçom derramou café 90 graus celsius e atingiu exponencialmente a temperatura de 20 graus celsius. E quer saber qual é o gráfico que melhor representa. Exponencialmente falando, um gráfico, ele cai rapidamente quando você tem uma diminuição exponencial. A medida do tempo, ele vai atingindo um determinado patamar, enquanto que o gráfico linear segue uma linha reta, ou seja, ele segue sempre a mesma inclinação. Essa é a diferença fundamental. Voltando ao problema, nós temos a letra "A", ele partindo de 90 graus, descendo exponencialmente e tendendo a atingir a temperatura de 20 graus. Parece que esse é o melhor gráfico. Na letra "B" nós temos 90 graus, mas ele atinge a temperatura de zero graus celsius de forma linear, ou seja, esse gráfico está realmente muito fora da realidade exponencial. Vamos ver mais duas opções: Letra "C": letra "C" ele sai de 90 graus, chega a 20 graus, mas ele sai de 90 graus para 20 graus de forma linear, ou seja, com angulação constante. E, ao chegar no tempo de 50 segundos, já que é uma xícara de café, ele fica com a temperatura de 20, ou seja, esse gráfico não é o adequado. Vamos ver a letra "D": a letra "D" ele sai de 90 graus, desce exponencialmente, mas tende a 30 graus Celsius. Portanto, não é um melhor gráfico para ser representado, uma vez que não chega à temperatura de 20 graus celsius. A melhor resposta então, fica com a letra "A", onde você tem uma queda de 90 graus até 20 graus celsius, exponencialmente falando. Vamos para outra questão: Após o encerramento de uma fábrica, a população da cidade começou a diminuir exponencialmente. O gráfico abaixo representa a população em milhares de pessoas da cidade e o tempo em anos após o fechamento do parque industrial. Então nós temos o gráfico aí. Partiu de 40 mil, está em milhares, então esse é 40 mil. E ele quer saber o seguinte: com base nesse gráfico, com as fábricas fechadas, quantos habitantes permaneceram na cidade com o passar do tempo? Ora, com o passar dos anos, desceu exponencialmente e foi tendendo a linha que nós podemos ver de 20, onde está em milhares, portanto, é 20 mil pessoas a melhor resposta, 20 mil pessoas.