If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:5:36

Eventos cotidianos aleatórios pouco prováveis e improváveis

Transcrição de vídeo

RKA - E aí, pessoal, tudo bem? Nesta aula, nós vamos estudar eventos cotidianos aleatórios, e vamos dizer se são pouco prováveis ou improváveis. O nosso cotidiano é formado por vários eventos, ou seja, várias coisas que acontecem. Em um dia, você vai à escola, almoça, brinca ou não, enfim, vários eventos podem acontecer. E essas coisas são aleatórias, porque você não sabe se vai de fato acontecer ou não, mas o que podemos dizer é que alguns são prováveis de acontecer e outros são improváveis. Por exemplo, aqui eu tenho o Manoel. E a professora do menino pediu para ele abrir o armário e pegar os livros da turma. Ou seja, esse armário aqui. Mas, sabe qual é o interessante? Ela esqueceu de dizer qual era a chave que abria o armário, e, com isso, Manoel ficou confuso e se perguntou: qual dessas chaves deve ser a correta? A minha pergunta é: será que o Manoel pode abrir o armário na primeira tentativa? Isso é provável ou improvável? Provável é mas como ele tem três chaves, e isso quer dizer que ele precisa no máximo de três tentativas, isso significa que ele pode tentar a primeira e errar, tentar a segunda e errar, e só acertar na terceira. É provável que isso aconteça, mas nós queremos que ele acerte na primeira tentativa. Ou seja, é um evento pouco provável de acontecer. Isso porque ele tem uma chance de acertar e duas de errar. Então, é um evento pouco provável. O que eu quero dizer é que ele vai conseguir realizar esse evento em no máximo três tentativas. Isso porque são três chaves. Vamos ver alguns eventos aqui do nosso cotidiano e vamos tentar responder se é pouco provável ou improvável? Eu acho que você vai entender essa diferença e por isso eu coloquei alguns eventos aqui. O primeiro que eu tenho aqui é: qual é a chance de não cair de bicicleta enquanto se aprende a andar? Como você nunca andou de bicicleta, é a primeira vez, a chance de cair é muito alta. Ou seja, esse evento aqui é quase impossível de acontecer. O que eu quero dizer é que não cair de bicicleta enquanto se aprende a andar, é um evento improvável, quase impossível. E essa é a diferença de pouco provável e improvável. Improvável é quase impossível de acontecer. As chances são mínimas. Por exemplo, não sentir fome durante o dia. É quase impossível não sentir fome durante um dia. Isso porque é uma necessidade humana, o seu corpo pede por um alimento, portanto, esse também é um evento improvável. Pode até acontecer de você não sentir fome durante um dia, mas é quase impossível. E passar sem estudar para uma prova, é possível ou é impossível? É pouco provável ou improvável? Esse é um evento pouco provável de acontecer, porque se o aluno prestou atenção na aula, mesmo que ele não estude para a prova, ele tem uma chance de passar. Não é uma coisa chegando perto do impossível. Existe uma chance pequena, mas existe. A diferença para esse aqui é que o improvável é quase impossível, as chances são muito, muito pequenas. Já o pouco provável, a chance é pequena mas é maior do que o improvável. Agora, é pouco provável ou improvável não tomar banho em uma semana? As pessoas costumam tomar banho ao longo da semana, não é? Isso significa que esse evento é um evento pouco provável de acontecer. Pode acontecer, mas é um evento pouco provável. Então, o que eu quero nessa aula é mostrar para vocês que existem eventos que são quase impossíveis de acontecer. E, esses eventos, nós chamamos de improváveis, porque é quase impossível, a chance é muito, muito pequena. Agora, os eventos pouco prováveis, as chances são pequenas, mas são maiores do que os improváveis de acontecer. Eu espero que essa aula tenha ajudado e até a próxima, pessoal!