If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:10:11

Descrever deslocamento utilizando os termos intersecção e transversais

Transcrição de vídeo

RKA - E aí, pessoal, tudo bem? Nessa aula, nós vamos aprender a descrever deslocamento utilizando os termos intersecção e transversais. Lembrando que um "deslocamento" é uma movimentação e, para entender o que é uma intersecção, imagine que você tenha duas ruas assim, desse jeito aqui. Essas duas ruas, elas não estão se tocando, por isso elas não possuem uma intersecção, ou seja, uma parte em comum. Agora, se eu tiver duas ruas desse jeito, observe que essa parte aqui é comum tanto a essa rua quanto a essa aqui, ou seja, essas duas ruas, elas possuem uma intersecção, uma parte em comum; então, nós podemos dizer que "intersecção" é o ponto de encontro entre duas retas ou, nesse caso, duas ruas. E, claro, eu falei duas retas porque você pode ter duas retas aqui se encontrando e, aí, nós vamos ter uma intersecção. Você já reparou esses tipos de ruas se encontrando no seu dia a dia? Quando acontece isso, nós temos o que chamamos de "cruzamento"; e é, justamente, porque as ruas se cruzam que nós temos uma intersecção. Não necessariamente tem que ser desse tipo. Existem cruzamentos onde as ruas não se interceptam perpendicularmente, ou seja, não formam ângulos de 90 graus entre si; desse jeito aqui. Agora, o que são ruas transversais ou retas transversais? Olha, eu vou desenhar umas ruas aqui desse jeito... eu vou colocar uma aqui. Essa aqui nós vamos chamar de rua 1; essa aqui, de rua 2; essa, de rua 3; e essa aqui, de rua 4. A rua 1 e a rua 2, elas não se tocam, elas não se interceptam, elas não têm uma intersecção. E, quando não têm intersecção, nós dizemos que as ruas são "paralelas". Então, a rua 1 é paralela à rua 2. Agora, observe a rua 1 e a rua 4. Elas possuem uma intersecção, um ponto em comum; só que elas formam um ângulo reto, um ângulo de 90 graus, por isso a rua 1 e a rua 4, elas são chamadas de ruas "perpendiculares". Então, a rua 1 é perpendicular à rua 4. A mesma coisa acontece com a rua 2 e a rua 4. Observe: elas possuem uma intersecção (um ponto comum) e elas formam um ângulo reto (um ângulo de 90 graus), portanto a rua 2 é perpendicular à rua 4. Agora, a rua 3, ela tem uma intersecção tanto com a rua 1 quanto com a rua 2 (essas intersecções aqui), mas observe que não formam um ângulo de 90 graus entre essas ruas, por isso nós dizemos que a rua 3, ela é transversal à rua 2 e à rua 1. Então, a rua 3 é transversal à rua 1 e à rua 2. Então, uma reta "transversal" é uma reta que cruza duas ou mais retas paralelas. Nesse momento, você pode estar com uma dúvida. Se uma reta transversal é uma reta que cruza (ou seja, tem uma intersecção) com ruas paralelas, como é o caso da rua 3 com a rua 1 e a rua 2, então por que essa rua 4 aqui não é transversal à rua 1 e à rua 2? Porque elas também se cruzam, ou seja, têm intersecção. Na verdade, a rua 4 é uma rua transversal à rua 1 e à rua 2, mas, como ela forma um ângulo de 90 graus, ela recebe um nome específico que chamamos de "perpendicular". Então, a rua 4, ela é transversal à rua 1 e à rua 2. Por fim, vamos dar uma pequena olhada em um mapa aqui. Esse mapa, ele tem diversas ruas. Essas duas ruas aqui são paralelas (ou seja, a rua Penedo e a rua Olinda). E será que eu consigo achar intersecções de ruas nesse mapa? Essa rua aqui, a rua Cora Coralina, ela tem uma intersecção com essa outra rua aqui, que é a rua 8 de março. E essa aqui é a intersecção, ou seja, o ponto de encontro entre elas. E o interessante é que elas formam um ângulo reto entre si, por isso essas duas ruas aqui, elas são perpendiculares. E, olha que interessante: essas duas ruas aqui, elas são paralelas; isso porque elas não possuem ponto em comum. E essa rua aqui, a Cora Coralina, ela tem ponto em comum com as duas ruas. Isso significa que ela é uma rua transversal, só que ela é perpendicular. Lembra que nós falamos também de cruzamento? Pois é, aqui tem outro cruzamento entre essas ruas aqui que eu estou colocando em verde porque tem esse ponto em comum aqui que é a interseção entre elas. E, por fim, observe essas duas ruas aqui. Elas são paralelas, não são? E tem essa outra rua aqui passando por elas duas, e não forma um ângulo de 90 graus com as ruas, portanto, essa é uma rua transversal e esses aqui são os pontos de encontro, ou seja, suas interseções. E olha como isso te ajuda a descrever um deslocamento. Imagine que você esteja aqui, bem na intersecção das ruas, e que você queira ir até o Parque Jardim Santa Maria. Como você descreveria esse deslocamento? Pause o vídeo e tente responder. Você teria que passar por essa transversal, passando por essa intersecção aqui; depois, você teria que virar à direita. Isso porque eu estou pegando como referencial você. Se você estivesse virado para aqui, você teria que virar para a direita. Agora, se você estiver pegando o mapa como referencial, você deve vir para baixo, mas como estamos andando pela rua vamos pegar esse bonequinho aqui como referencial. E você continuaria andando na rua até chegar nessa intersecção aqui, ou seja, a intersecção dessa rua com a rua Tarsila do Amaral. Nessa rua, você teria que virar à esquerda e você prosseguiria nessa rua até essa intersecção, e teria que virar à esquerda de novo e continuaríamos andando até chegar no Parque Jardim Santa Maria. Enfim, pessoal, eu espero que essa aula tenha te ajudado a entender que, no nosso cotidiano, as intersecções e transversais são mais comuns do que imaginamos; e entender isso nos ajuda no nosso deslocamento. E eu espero que essa aula tenha te ajudado; e até a próxima, pessoal!