If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:3:29

Transcrição de vídeo

RKA - Vamos comparar aqui, nesse vídeo, alguns números decimais para sabermos qual deles é o maior, qual é o menor, se são iguais, enfim. E tem uma porção de maneiras diferentes [em] que eu posso abordar esse tipo de problema. A maneira que eu vou fazer aqui é a seguinte: analisar casa por casa de cada um desses números, ou seja, primeiro na parte inteira, depois eu vou para parte decimal. Então, o que tiver mais inteiros aqui vai ser o maior; se eles tiverem a mesma quantidade de inteiros, eu vou indo aqui cada vez mais à direita para analisar qual vai ser o maior desses números. Então, aqui, eu tenho "0", né? Aqui também eu tenho "0" antes da vírgula. Logo, a parte inteira de ambos os números é "0", então, aqui eles têm o mesmo valor nesse caso. Já, aqui, na parte decimal, aqui eu tenho os décimos, e esse número aqui tem 7 décimos, esse aqui tem "0" décimo, então, eu já posso colocar aqui, com certeza, que "0,7" vai ser maior do que "0,09", porque ele tem mais décimos que o "0,09". Não importa se o 9 é um número maior do que 7, nesse caso do número decimal, isso não faz a mínima diferença. O que eu preciso analisar é casa decimal por casa decimal, e, aí, verificar qual deles vai ser o maior. Porque "0,7" (7 décimos) é a mesma coisa que 70 centésimos, é ou não é? E, aí, quando eu transformo isso daqui em centésimos, quando eu transformo 7 décimos em 70 centésimos... e aí, nesse caso, eu já consigo comparar que o "0,70" é, de fato, maior que o "0,09". Fica bem mais simples quando igualamos o número de casas decimais, beleza? Vamos fazer mais um aqui, tá? Então, quero, agora, comparar o "0,29" com o número "0,31". Aí, você vai falar assim: "ora, esse aí está bem mais fácil". Com certeza, né? Está mais fácil que o primeiro. Aqui é o seguinte: eu tenho "0" aqui na parte inteira, aqui também eu tenho "0", então, eu não consigo determinar qual é o maior, qual é o menor. Na parte inteira eles são iguais, certo? Agora, eu vou para os décimos, então; sempre vou assim, seguindo da esquerda para a direita. Aí, na parte decimal aqui, eu já começo com os décimos; aqui eu tenho 2 décimos e aqui eu tenho 3 décimos. E, nesse caso, 3 décimos é maior do que 2 décimos, então eu não preciso nem analisar a próxima casa decimal, porque, aqui, na primeira casa decimal (já nos décimos), esse número aqui é menor do que esse. Então, vou colocar o sinal aqui de "menor que". Lembrando que o sinal aqui, a boquinha dele fica virada para o número que é maior. Então, "0,29" é menor do que "0,31" nesse caso, beleza? Ou seja, 29 centésimos, é claro, é menos do que 31 centésimos. Vamos para mais um, né? Vamos fazer mais um aqui. Eu quero comparar o "0,6" com o "0,06". Aí, você vai falar assim: "ora, esses números aqui têm o mesmo valor". É claro que não. Perceba, também da mesma forma que eu analisei ali, que eu posso muito bem escreveu o "0,6" como "0,60". E, aí, fica mais fácil de comparar e a gente percebe que esse número vai ser maior que esse. Ou, então, novamente como a gente fez aqui, vai casa por casa. Aqui na parte inteira é "0", aqui também é "0"; não consigo comparar. Então, parto para os décimos (a próxima casa aqui, né? os décimos). Aqui eu tenho 6 décimos, aqui eu não tenho nenhum décimo; então, ter 6 décimos é mais do que não ter nenhum décimo, concorda comigo? Portanto, "0,6" (ou 6 décimos) é maior do que 6 centésimos, beleza? Os centésimos, eles são menores do que os décimos. Por isso, então, se eu tenho apenas 6 centésimos, eu vou ter menos do que ter 6 décimos. Está claro para você? Belezinha, então, né? Não é complicado, é só você prestar atenção. Até o próximo vídeo.