If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:3:37

Transcrição de vídeo

RKA - O que pretendo com este vídeo é adquirir ou fazer com que você adquira alguma prática em observar padrões de números. Particularmente situações em que, de um número, nós vamos para um próximo, para um próximo, e assim por diante. Vamos olhar para esta primeira sequência: é possível observar um padrão? Bem, começamos no 4 vamos para o 25, do 25 para 46, e assim por diante. Procuramos uma mesma maneira de ir de um número para o próximo. Por exemplo, de 14 para 25. Podemos pensar que 25 não é múltiplo do 4 para supor uma sequência de múltiplos. Mas do 4 para chegar ao 25, nós adicionamos 21. Do 25, para chegar ao 46, acontece a mesma coisa? Sim. 25 mais 21 resulta 46. E 46 mais 21? Resulta 67 certinho. Então, a regra desta sequência, o padrão que existe aqui, é adicionar 21 para obter o próximo número. Por exemplo, se eu adicionar 21 aqui, eu vou obter 88. Se eu adicionar 21 aqui, eu vou obter 109. E assim, esta sequência segue infinitamente. Nesta outra sequência, nós vamos do 3 para o 6. Do 6 para o 12, do 12 para o 24, e assim sucessivamente. Bem, do 3 para os 6 é verdade, que nós adicionamos 3. Mas do 6 para o 12 adicionamos 6, do 12 para o 24 adicionamos 12, e assim por diante. É possível observar um padrão aqui nestas adições. Entretanto, nós adicionamos sempre o dobro do que havíamos adicionado antes. Isso pode gerar um padrão um pouco difícil. Há alguma forma mais fácil de escrever o padrão desta sequência? Uma ideia é observar que de 3 para 6, ao invés de adicionar 3, eu posso multiplicá-lo por 2. De 6 para 12, multiplicar por 2. De 12 para 24, também multiplicar por 2. E assim fica mais fácil de prosseguir com a sequência. 12 vezes 2 deu 24. 24 vezes 2 vai resultar 48, 48 vezes 2 96, e assim por diante. E a sequência está bem formada. Nesta sequência o padrão então, não foi adicionar, mas multiplicar sempre pelo mesmo número. Nesta sequência aqui abaixo, vamos do 3 para o 6, assim como nesta anterior, eu poderia pensar e multiplicar o 3 por 2, para chegar no 6, mas do 6 para o 9 eu não multiplicaria por 2. Então, já não é um padrão bem estabelecido para esta sequência. Por outro lado, do 3 para o 6, se eu adicionar 3, isto vai continuar? Do 6 para o 9? Sim, eu também adiciono 3. Do 9 para o 12 também adiciono 3. Então, a formação desta sequência é adicionar três a um termo para obter o próximo. Aqui, a ideia era que você pudesse analisar e observar, maneiras de partindo de um termo, seguir para o próximo termo, e para o seguinte, etc. em uma sequência, fazendo sempre a mesma coisa. Como aqui nós adicionamos sempre de 3 em 3, aqui multiplicamos sempre de 2 em 2, aqui adicionamos de 21 em 21. Esta análise, esta percepção são muito importantes para assuntos mais avançados que você terá em matemática, e em outras áreas do conhecimento. Até o próximo vídeo.