Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:11:36

Transcrição de vídeo

gilvana normalmente pegou o ônibus bi para trabalhar mas agora ela acha que o ônibus a leva para o trabalho mais rapidamente então eu acho que esse ônibus aqui mais rápido olha só ela randomizou isso é muito importante ela randomizou 50 dias de trabalho em que um grupo de tratamento e um grupo de controle para cada dia do grupo de tratamento ela pegou o ônibus a e para cada dia do grupo de controle ela pegou o ônibus b em cada dia ela cronometrou o tempo da viagem então aqui no grupo de tratamento um ônibus a um grupo de controle o ônibus b e isso é que é importante ela randomizado porque é uma tendência muito forte no ser humano de querer confirmar as suas hipóteses não se ela acha que o ônibus a é mais rápido com ônibus b ela pode querer inconscientemente até fazer de tudo para confirmar essa hipótese que o ônibus aí é mais rápido com ônibus bela pode pegar um dia melhor né com um clima melhor ela pode pegar o ônibus a quando tem menos trânsito tudo isso inconscientemente para tentar confirmar a hipótese dela que o ônibus sai mais rápido então randomizado esses 50 dias aqui é muito importante agora como ela pode fazer isso aqui como giovanna pode economizar 50 dias ora ela pode muito bem escrever cada um desses 50 dias aqui numa folha de papel depois recortar tudo bonitinho pequenininho virado de cabeça para baixo fechar os olhos e separar 25 por um lado esquerdo 25 lado direito depois de embaralhar né embaralha bem e aí fácil separar um pouco do lado esquerdo um pouquinho no lado direito e aí ela pega esses do lado esquerdo por exemplo e todos estes do lado esquerdo ela vai pegar o ônibus há nesses dias os papéis ficaram do lado direito ela vai usar para pegar o ônibus b aí sim pode haver alguma randomização nestes 50 dias de trabalho dela beleza então vamos continuar a ler o enunciado os resultados da experiência mostraram que a duração mediana da viagem para o ônibus a é de oito minutos menor que a duração mediana da viagem para o ônibus b ora uma outra maneira de pensar isso daqui é o seguinte vamos chamar aqui o grupo de tratamento e pegar mediana e vamos subtrair nesse valor aqui a mediana no grupo de controle o que nós vamos obter aqui é o seguinte como tá dizendo aqui a duração mediana da viagem de ônibus até oito minutos menor que a do ônibus b o ônibus já faz parte do grupo de tratamento e ônibus ver do grupo de controle portanto se a viagem do ônibus já foi oito minutos menor a viagem mediana isso quer dizer o que é que essa subtração amd é igual a menos 8 é um é então isso daqui é uma outra maneira de reescrever essa partidá sublinhada aqui continuando a leitura para testar se os resultados poderiam ser explicados pelo acaso ela criou a tabela ao lado que resume os resultados de mil regularizações dos dados com diferenças entre medianas arredondadas para os cinco minutos mais próximos agora que significa essas mil reorganizações aqui estou chamando de reorganizações o fato dela pegar todos os dados que obteve dos tempos de viagem do ônibus sai do ônibus b e fazer um rearranjo isso aí te fazer uma pergunta são uma rearrumação de todos esses dados para saber se a hipótese dela realmente é verdadeira ou não se pode haver alguma possibilidade do ônibus a ser realmente mais rápido que o ônibus b porque o que pode acontecer aqui é o seguinte ela pode ter mesmo tendo feito essa reorganização dos 50 dias de trabalho pode ser que o ônibus há um ano e ônibus vê na realidade tenham trajetos bem similares com duração bem similares de tempo e aí de repente por acaso nesses dias aí que ela fez a essa organização de 50 dias de trabalho ela de repente pegou esse ônibus a em dias melhores com menos trânsito com um tempo melhor e etc como a gente disse antes é ou não é só que ao pegar essa esses dados todos que ela obteve fazer uma reorganização como charneira entre aspas é rearrumar todos esses dados e depois colocar numa tabela organizar bonitinho ver as frequências aí sim ela pode ver a probabilidade disso acontecer de ou seja a probabilidade de obter menos oito aqui ou seja oito minutos a menos no trajeto do ônibus já em relação ao ônibus b então vamos nessa tabela que ela usou aqui a tabela então vamos ver o que ela fez aqui foi a primeira vez que você tenta analisar essa situação todas pode parecer meio estranho se inscrever aqui a experiência que ela fez então na experiência dela que foi feito ora ela usou o ônibus usado durante 25 dias e ela usou o ônibus b durante 25 dias é ou não é então ela pegou 25 dados de tempo de duração da viagem do ônibus a tão digamos aqui ó que ela tenha pego bem no meio da tabela 12 minutos e levou 12 minutos até o trabalho com ônibus a depois 20 minutos depois de 25 minutos e aí depois outros tempos aqui no total de 25 então digamos que acima de 20 minutos aqui esses tempos que ela marcou acima de 20 minutos tem 12 marcações aqui e 12 marcações aqui abaixo também então esse 20 minutos aqui foi o tempo mediano daqui a mediana dessas medições do tempo de duração da viagem do ônibus a e do ônibus b ora aqui no ônibus b o valor mediano tem que ser 28 certo já que o denunciado disso então 28 volume de ano do da duração ônibus b então nós temos 12 valores aqui acima é digamos será 18 e mais outros 11 e aqui embaixo também mais 12 digamos 30 e mais outros 11 beleza bom e aqui nesse caso então o valor mediano os tempos aqui do ônibus b é de 28 minutos só lembrando que esses tempos todos aqui apenas criei está num cronometrei nada não peguei as informações lugar algum apenas pela mídia apenas eu mesmo desses valores aqui só para exemplificar beleza só pra gerar um número para exemplificar melhor situação e bem nessa situação aqui então como acaba de falar exemplificando apenas porque eu voltei voltei a diferença da mediana do grupo de tratamento vou chamar de mediana do grupo de tratamento mgt - a mediana do grupo de controle esse resultado aqui que eu fiz essa subtração 20 - 28 vai dar menos oito então exatamente esse resultado só está exemplificado aqui agora que significa essa tabela ora nessa tabela aqui ela fez mil vezes esse processo só que de maneira randômica de maneira totalmente aleatória imagino que ela tem usado até um programa de computador para fazer isso só então ela fez uma vez depois duas vezes 3 e assim por diante a é a milésima vez que ela fez esse processo então digamos que num desses resultados ônibus saem ônibus b ela tenha conseguido os seguintes valores lembrando que essa reorganização do seguinte no mundo imagina um mundo ideal onde o tempo de viagem do ônibus sai do ônibus b possa ser equivalente ou seja qualquer resultado que tem obtido aqui no ônibus a eu posso obter um ônibus b e vice versa então qualquer valor aqui no b pode ser reaja rearranjando tanto no b quando não há assim como qualquer valor do ar pode ser rearranjadas tanto no ar enquanto no b então é o seguinte digamos que nessa primeira medição aleatória foi feita num programa de computador qualquer tenha dado os seguintes resultados têm andado que no ônibus a ela tenha conseguido 18 minutos depois 25 minutos depois digamos 30 minutos depois outros jogos e resultados aqui certo são 25 no total e no ônibus b digamos que ela tenha conseguido agora vamos ver o que restou aqui né 12 minutos 20 minutos e 28 minutos aqui né e aí o restante dos resultados aqui embaixo então nesse caso aqui que nós acabamos de fazer aquele mg tlm gto a mediana do grupo de tratamento - a mediana do grupo de controle isso seria igual a quando olha aqui a mediana do grupo de tratamento a mediana do grupo de controle 25 menos 20 daria cinco é ou não é nesse cenário a mediana do tempo aqui do ônibus a seria cinco minutos maior que a mediana do tempo do ônibus b é um é olha aí ó então essa situação aqui ela criaria digamos uma outra linha nessa tabela colocaria o valor 5 ac e colocaria isso aconteceu uma vez mas por algum motivo ela organizou esses números aqui com múltiplos de dois certos mas como não é isso que a gente tem aqui eu vou apenas explicar o que significa essa tabela está nessa parte de freqüência aqui ela quer me dizer o que olha só ela quer me dizer que em 18 oportunidades depois que dela ter feito todas as organizações aí essas mil organizações aleatórias é claro que é uma organização tem que ser aleatória mas depois dessas mil organizações 18 resultados de o que a mediana do grupo de tratamento - a mediana do grupo de controle do 10 minutos ou seja o ônibus a levaria dez minutos a mais que o ônibus bem na viagem olha aí você percebe que também é que em 159 oportunidades só relembrando que só que não é feita através de observação dela né só que na realidade foi feita uma ampla mobilização qualquer da os valores foram escolhidos totalmente de forma aleatória para formar uma nova seqüência de 25 tempos no nbb aqui para pegar mediana então em 159 oportunidades deu que o ônibus a que faz parte da mediana no grupo de tratamento nem foi 4 minutos mais lento que o ônibus bem olha aí e toda essa tabela que ela fez na verdade foi para calcular a probabilidade disso aqui dessa mediana do grupo de tratamento - a mediana do grupo de controle dá um valor de -8 ou melhor né ou seja quando digo melhor eu quero dizer um uma duração de viagem do ônibus há ainda melhor que a do ônibus b então eu teria ou esse -8 aqui ou esse menos 10 isso quer dizer o que o ônibus já seria oito minutos mais rápido com ônibus b eo ônibus já seria 10 minutos mais rápido ônibus b tá certo e isso aqui confirmar então ainda mais a hipótese dela de que o ônibus há de fato é mais rápido com ônibus b agora vamos calcular essa probabilidade pois bem enquanto as oportunidades dadas foram feitas mil organizações aconteceu do ônibus a ser oito minutos mais rápido ou então dez minutos mais rápido aconteceram 85 vezes aqui do menos oito e oito vezes menos 10 é um é então posso fazer aqui e acolá probabilidade da seguinte maneira e isso deu 93 resultados favoráveis a ela né e porque 85 mais 8 93 num total de mil e olha aí eu posso escrever esse resultado aqui na forma de porcentagem como sendo 9,3 por cento certo ou seja em 9,3 por cento de todas as nomeações foram feitas de um resultado favorável ao que giovanna pensou no início do problema tá certo daí você percebe o seguinte que essa probabilidade de 9,3 por cento é uma probabilidade está baixa então você vê que talvez aquilo que ela pensou no início abusar de fato é mais rápido com ônibus b talvez não seja tão fato assim tranqüilo então pode ser que o ônibus já tenha sido mais rápido com ônibus b nas situações que foram comprovadas por ela puramente por acaso tá certa talvez não seja algo constante aconteça sempre pois pense no seguinte se tiver que sair daqui 50% de vezes que o ônibus a r 8 minutos ou dez minutos mais rápido ônibus b aí sim você poderia pensar caramba realmente um ônibus ali parece ser mais rápido com ônibus b só que apenas 9,3 por cento fosse 25% beleza ainda um número considerável né uma em cada quatro viagens da oito minutos ou mais mais rápido ônibus b então ainda é considerável agora 10% ou seja uma pessoa em cada dez se repetisse esse experimento conseguiria andar oito minutos ou mais mais rápido ônibus b então é uma coisa um pouquinho menor agora o que acontece aqui em estatística que normalmente você definir um valor de significância e normalmente esse valor de significância ele gira em torno de 5% certo é que isso quer dizer que se esse valor aqui foi de 5% ou menos isso aqui não é estatisticamente significante então só relembrando isso daqui um limite estabelecido pela pessoa está fazendo os cálculos tranquilo então aqui ou por exemplo de 9,3 por cento quer dizer que 93 por cento pode ser que tenha acontecido apenas por acaso e aí que vão que nós vamos responder então a essa pergunta a pergunta aqui de novo de acordo com as simulações qual é a probabilidade da mediana do grupo de tratamento ser menor que a mediana do grupo de controle em oito minutos ou mais então como nós acabamos de ver o ônibus a ele oito minutos ou mais mais rápido com ônibus b em 9,3 por cento das vezes foram feitas de organizações é um é esse eu estabeleci um limite como sendo 5% de significância esse valor aqui de nove lutas por cento então torna tudo isso estatísticamente não significante até o próximo vídeo