Se você está vendo esta mensagem, significa que estamos tendo problemas para carregar recursos externos em nosso website.

If you're behind a web filter, please make sure that the domains *.kastatic.org and *.kasandbox.org are unblocked.

Conteúdo principal

Pneus

Nesta videoaula você irá aprender como os pneus são fabricados e como pode recicla-los após o término de sua vida útil.

Quer participar da conversa?

Você entende inglês? Clique aqui para ver mais debates na versão em inglês do site da Khan Academy.

Transcrição de vídeo

RKA - Alô, alô, moçada! Tudo bem com vocês? Na aula de hoje nós vamos aprender como são fabricados os pneus e como eles podem ser reciclados após o término da sua vida útil, quando eles já estão muito gastos e não podem mais realizar sua função. Onde nós encontramos os pneus? O pneu é essa estrutura, esse objeto que nós estamos vendo aqui ao lado. Aqui nós temos vários pneus empilhados uns em cima dos outros. Onde nós encontramos os pneus? Nós encontramos os pneus nos carros e também nas bicicletas, por exemplo. E do que os pneus são feitos? Afinal, os pneus aparentam ser muito firmes, já que conseguem ser inflados de ar e não deformam com o peso do carro. Ao mesmo tempo, os pneus também possuem alguma elasticidade, porque conseguem sofrer alguns impactos na rua e não estragam. Então, o pneu consegue passar em valetas, em lombadas, buracos e não estraga tão facilmente. Ou seja, ele tem alguma elasticidade para aguentar a mudança do asfalto. Já que os pneus possuem essas características, de serem firmes e, ao mesmo tempo, elásticos, o que será, não é? Do que será que ele é feito, para que ele consiga ter essas características? Bom, os pneus não são apenas uma camada de borracha bem grande. Eles são feitos a partir da soma de várias camadas feitas de materiais diferentes. Os pneus, então, são feitos de muitas camadas; camadas de borracha, derivadas do petróleo e aço. Nós podemos ver nessa figura aqui, onde fica bem evidente que os pneus, realmente, são formados por camadas. Cada camada colorida dessa que nós estamos vendo significa uma camada formada por um material diferente que vai constituir o pneu lá no final. A primeira camada, e a camada mais interna, é o revestimento interior. Ele suporta o peso e a velocidade do veículo. A cinta metálica, geralmente, é feita de aço e protege o pneu contra perfurações. Já o talão, que é essa camada que nós estamos vendo aqui, é feito a partir de outros tipos de fios feitos de metal como o cobre e mantém o pneu fixado ao aro da roda. A lateral, que é essa camada que nós estamos vendo, é a parte mais externa do pneu. O ombro, que é essa camada que nós estamos vendo aqui na figura, fica entre a banda de rodagem e a lateral e serve de apoio para quando o veículo fará a curva. E, por fim, nós temos a banda de rodagem, que é essa camada mais grossa que nós estamos vendo aqui, mais larga, não é? Ela fica em contato diretamente com o solo. Ela possui ranhuras. Note várias ranhuras aqui neste pneu, onde estou marcando com a tinta. Essas ranhuras, ou sulcos, servem para drenar a água e aumentar o contato com o solo que o veículo está percorrendo. Então, em um dia de chuva, quando o asfalto está bem cheio de água, o pneu possui esse sulcos, ou ranhuras, que vão permitir que a água passe por essas ranhuras e elas sejam drenadas. O pneu não vai reter essa água. Assim, o pneu consegue ter contato com o asfalto e não escorregar o veículo. E como o pneu é fabricado? Bom, o pneu é fabricado em cinco etapas. A primeira etapa é a etapa de mistura. A segunda etapa é a etapa de processamento. A terceira é a etapa de montagem. A quarta etapa é a etapa da vulcanização. E, por fim, a quinta etapa é a etapa de inspeção. A primeira etapa, então, a etapa de mistura, é onde acontece a mistura da borracha que será utilizada no pneu. Após essa etapa, temos a etapa de processamento, que é onde são unidas as camadas produzidas na mistura. Após a etapa de processamento, nós temos a etapa de montagem, onde serão colocadas as camadas de fios de aço. Depois, tudo é colocado em uma máquina que dará a forma do pneu. Após a etapa de montagem, nós temos a quarta etapa, a etapa de vulcanização, que é quando o pneu é colocado numa espécie de forno onde ele será preenchido com ar e onde fazem também as ranhuras do pneu. E, por último, uma etapa muito importante, é a etapa de inspeção, onde o pneu será avaliado para saber se ele está corretamente formado. E quando o pneu já está gasto e não pode mais ser utilizado nos veículos? Neste momento, os pneus podem ser reciclados. Isso é, ser utilizados, reutilizados de outras maneiras, como na forma de brinquedo, como nós vemos na primeira e na segunda foto. Na primeira foto, nós temos um balanço feito com pneu e, na segunda foto, nós temos um parquinho, onde temos vários aros também feitos com pneus. Nesta outra foto, temos um pneu que formou um vaso que pode ser usado na jardinagem. Então, é possível plantar algumas plantinhas aqui. Nesta foto, vimos que o pneu foi reutilizado na forma de uma caminha para esse cachorro. Então, os pneus também podem ser pintados e recheados, não é? Coloca-se, então, alguns tecidos e espumas para fazer camas para cachorros e gatos. Nesta figura nós vemos o pneu sendo reciclado na forma de asfalto. É possível, então, utilizar os materiais de que são feitos os pneus e reaproveitá-los na hora de se produzir o asfalto. E esse asfalto é um asfalto bem resistente e que se desgasta muito pouco com o tempo. Por hoje é só! Bons estudos e até a próxima!