If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal

Hortas e plantas cultivadas em residências

Nesta videoaula você irá conhecer algumas das hortaliças e plantas passíveis de serem cultivadas nas residências.

Quer participar da conversa?

Você entende inglês? Clique aqui para ver mais debates na versão em inglês do site da Khan Academy.

Transcrição de vídeo

RKA - Bem-vindos a mais uma aula de Ciências. Nesta aula vamos falar sobre as plantas. Mas não é qualquer planta, são aquelas plantas que podem ser cultivadas em casa. Hoje em dia, as pessoas estão procurando uma vida mais saudável e um contato maior com a natureza e isso pode ser conseguido até dentro de uma grande cidade. Ah, mas eu moro em um apartamento muito pequeno, não tem espaço para fazer uma horta ou ter um pequeno jardim. Engana-se quem pensa assim, ter plantas em casa se transformou em uma tendência e existe uma solução certa para cada espaço, mesmo aqueles bem pequenos e para pessoas que não sabem muito bem sobre como cuidar de uma horta ou um jardim. Além de trazer beleza para a casa com suas folhas, formas e flores, as plantas auxiliam na decoração, na purificação do ar, aumentam a umidade do ambiente (o que o torna mais agradável). Algumas são medicinais, podendo ser usadas como remédios, outras podem ser utilizadas nas refeições, como temperos, saladas ou para a preparação de um chá. Ou seja, é possível ter um alimento ali bem pertinho de você livre de agrotóxicos e que foi cultivado por você mesmo. Viu como as plantas podem trazer muitos benefícios? Vamos ver agora alguns exemplos simples que podem ser cultivados dentro de casa no espaço que você tem. Primeiramente, vamos separar as plantas naquelas que compõem um jardim e uma horta. De qualquer forma, você não precisa de um canteiro extenso ou muito espaço para ter um ou outro (ou os dois). Vasinhos de diversos materiais podem fazer as vezes de um jardim ou de uma horta completa. Para ter uma horta basta escolher um cantinho que receba algumas horas de luz solar de forma direta. Esse cantinho pode ser uma área no quintal, uma varanda, uma janela, um balcão ou até uma parede. É isso o que vai determinar o tamanho da sua horta e a variedade de hortaliças, ervas ou legumes que ela vai ter. Para quem pode, é possível plantar espécies direto na terra, mas para quem não tem esse espaço, existem vasos de todos os tipos e tamanhos, caixas de madeira e outros materiais. Porém, também podem ser utilizados materiais que iriam para o lixo, como garrafas pet, latas de refrigerante e de outros alimentos, potes de vidro, embalagens longa vida (aquelas de leite, de creme de leite) e vários outros produtos. A utilização destes materiais, além de ser uma forma barata de ter plantas na sua casa, também promove a reutilização desses produtos e ajuda o meio ambiente. Viu? Existem muitas possibilidades para escolher! Depois de escolher onde plantar, é preciso escolher o que plantar. Para quem está começando e não sabe muito bem como cultivar alguma coisa, pode escolher plantas de fácil cultivo, como os temperos: manjericão, alecrim, sálvia, capim-limão, orégano, hortelã e tomilho são ótimas opções. O manjericão pode ser usado em pizzas, saladas, carnes e molhos. O alecrim é um tempero muito comum para temperar carnes e legumes, assim como a sálvia e o tomilho. O orégano é aquele ingrediente conhecido por estar presente em toda pizza que se preze, mas ele é muito mais do que isso. Na cozinha, faz parte das preparações de saladas, molhos, peixes e carnes. Hortelã e o capim-limão podem ser usados em sucos e chás. É necessário irrigar todos os dias para que a terra fique sempre úmida e as folhas podem ser colhidas em cerca de dois meses. Alguns legumes e verduras como alface, tomate, rúcula, cenoura, beterraba e espinafre podem ser cultivados em casa, mas cada um precisa de um cuidado especial. Por isso é preciso conhecer bem as necessidades de cada espécie a ser plantada. Entretanto, se a vontade mesmo é de apanhar a fruta do pé e comer imediatamente, é possível plantar em casa uma árvore frutífera mesmo em pequenos espaços. Pitanga, jabuticaba, limão e romã têm porte pequeno e crescimento lento e são indicados para esses lugares. Porém, se a vontade é de se admirar com as belas flores e cores das plantas, montar um jardim também não é difícil. O processo é o mesmo daquele de uma horta, escolher o local onde colocar as plantas e como plantar. Neste caso, as plantas ornamentais são muito utilizadas na decoração da casa. Portanto, é preciso saber se a planta que você quer consegue aguentar as condições do local onde será deixada. Por exemplo, plantas que precisam de sol contínuo não podem ficar dentro de casa em áreas escuras. Outro ponto a se considerar é que as plantas maiores e mais pesadas devem ficar em vasos grandes e firmes para que seja um bom suporte para elas. Mas se não há espaço para esse tipo de planta onde você mora, existem muitas espécies menores que podem alegrar a sua vida e suprir a necessidade de um jardim majestoso como pequenos cactos e violetas. É isso aí, manter um jardim e uma horta não é difícil como se pensa! Até a nossa próxima aula.