If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:9:25

Transcrição de vídeo

RKA - Olá, alunos da Khan Academy Brasil. Tudo bem com vocês? Hoje nós iremos falar um pouquinho sobre tipos de alimentação. Eu vou começar essa aula mostrando para vocês essa foto desse riacho. Olha bem para ela. Quantos animais vocês acham que vivem ali? Alguns peixes, alguns insetos, talvez alguns bichos maiores como uma onça que passe por ali, uma jaguatirica... bichos de forma geral vivem próximos a esse tipo de riacho. E daí eu pergunto para vocês: o que cada um desses bichos come? Eles comem a si próprios ou eles comem outra coisa? Bom, nessa aula eu vou falar para vocês um pouquinho sobre os tipos de alimentação que existem. O primeiro tipo de alimentação que vamos falar é a alimentação dos herbívoros. Os herbívoros, eles são bastante conhecidos porque são aqueles animais que comem plantas. Na verdade, herbívoros são animais que comem qualquer tipo de organismo que seja fotossintetizante, ou seja, que consegue fazer fotossíntese. O próximo grupo, também bastante conhecido, são os carnívoros. Os carnívoros vêm da palavra carne, e são aqueles animais que comem outros animais. Você já percebeu que tudo termina com "-voros" no final? Anota bem isso, você vai ver bastante esse sufixo. O próximo grupo são os onívoros. "Oni" significa tudo. Então, são animais que podem comer, literalmente, de tudo. Na sequência nós temos os detritívoros, que são aqueles animais que comem algum tipo de detrito de algum tipo de coisa que já está morta, pode ser de restos de animais ou restos de vegetais, mas são aqueles animais que vão fazer a limpa no ambiente, que vão limpar o ambiente. Dentro dessas quatro categorias nós temos várias subcategorias. Eu vou falar algumas delas para vocês só para vocês verem quais são as diferenças, tá? A primeira subcategoria que vou falar são os invertívoros, que são aqueles animais que só comem invertebrados. Na sequência, nós temos os insetívoros, animais que só comem insetos, exclusivamente insetos. Um outro grupo são os perifitívoros. Os perifitívoros eles vão comer um tipo de animal que fica dentro de lagos, de mares, de... dentro da água de modo geral, e eles ficam na superfície de rochas embaixo da água. Outros grupos mais relacionados com os herbívoros são os nectatívoros, que é o grupo que come néctar, por exemplo, abelhas ou borboletas. Nós temos os frutívoros, que o nome já diz, eles vão comer frutas; os granívoros, que vão comer geralmente grãos (então, algum tipo de semente ou algo do tipo). E, por fim, os piscívoros, que são aqueles animais que comem peixes, exclusivamente peixes (aqui é um pouquinho complicado... é porque "pisci" é de peixes, tá?) Bom, para os animais terem um tipo de alimentação diferenciada existe uma coisa que é obrigatória para eles ter de modificação: são os dentes. É muito fácil você verificar aqui, a gente tem o crânio de um cachorro, é muito fácil a gente identificar que ele é um animal carnívoro, porque ele vai ter um dente bem grande aqui chamado canino. O canino, ele tem a capacidade, ele é feito para rasgar carnes. Logo, carnívoro precisa ter um canino grande. Na sequência, se você olhar um outro crânio aqui de um outro animal, provavelmente isso aqui é um cavalo, a gente vai ver que não tem canino, mas nós temos uma grande quantidade de molares, de dentes molares. Os dentes molares são dentes especializados em triturar coisas. Nesse caso, em triturar folhas. Então, você tem um incisivo que rasga a folha e um molar que vai triturar (nada para rasgar carnes). E, daí, você pensa: "tá, e um bicho que come de tudo, tipo um onívoro? Como que funciona?". Os onívoros, eles vão ter os caninos, vão ter os molares. Os caninos não serão tão grandes, mas também não serão completamente ausentes. Os molares também não vão ser em tanta quantidade, mas eles vão estar lá. Quer ver um exemplo de onívoro que você conhece muito bem, eu tenho certeza? Você mesmo. É isso aí, o ser humano é um onívoro. Nós podemos comer de tudo de carne, de vegetais, de grãos, de qualquer coisa que a gente queira. Há até algumas pessoas que comem baratas na China, não é? Eu vou mostrar para vocês, agora, algumas fotos de animais para mostrar como é que é a dieta deles. Vamos começar por aqueles que são classificados como herbívoros. A vaca todo mundo conhece, não tem muito segredo, né? Ela é um herbívoro que todo mundo já viu, todo mundo conhece. Um outro herbívoro bastante conhecido é a girafa. Agora, outros dois que não são tão conhecidos é a abelha (que nós já vimos lá na subdivisão que é nectívoro) e o urso panda. O urso panda, apesar de ser um urso (e os ursos, de um modo geral, são carnívoros), o urso panda, ele adquiriu uma modificação, uma adaptação na alimentação dele, e ele come bambus também; então, ele é considerado herbívoro. É um dos poucos casos em que o herbívoro tem uma dentição muito parecida com a de carnívoros, principalmente por conta do parentesco com os outros ursos dele. Animais carnívoros bastante conhecidos são os lobos e os leões. Agora, um não tão conhecido aqui é a foca. A foca é um excelente predador marinho, ela vai atrás de peixe de forma fantástica. Se você lembrar de alguns filmes como "Happy Feet", eles fogem de uma foca no filme; a foca é até assustadora naquele filme. Outros animais carnívoros também: a águia. E, aqui, vale ressaltar que aquele exemplo que eu dei dos peixes não é aplicado a pássaros, porque os pássaros eles têm bicos, e por conta disso eles não vão ter uma dentição. Os bicos, eles têm formatos diferentes e também são adaptados ao tipo de alimentação. Por exemplo, a águia tem esse bico curvado para baixo. Aves que não são carnívoras geralmente têm um bico reto, um bico em forma de agulha, tem vários tipos de bicos legais que a gente vai estar falando em outra aula da Khan Academy. Os tubarões também são bastante conhecidos como animais carnívoros. Eles têm uma dentição extremamente grande, e a dentição dele não para de crescer ao longo do tempo (ao longo da vida dele). Os jacarés ou crocodilos, eles também são um grande exemplo de animais carnívoros agora, só que répteis. Como eu falei lá do urso panda, todos os outros ursos, os ursos polares... nesse caso, um urso pardo... é considerado um animal onívoro, porque ele vai comer o salmão que está no rio, e ele também vai comer mel. O mel já não é carne, então ele não pode ser considerado como carnívoro exclusivo, ele é onívoro. Os morcegos, eles não são considerados onívoros. Existem morcegos que são frutívoros, ou seja, que comem frutas; existem morcegos que são insetívoros, que comem insetos; existem morcegos que são hematófagos, ou seja, que comem sangue de outros animais. Vale lembrar que a menor quantidade de morcegos é a que come sangue de outros animais, então a gente não tem que se preocupar com isso. E, por fim, os porcos. Os porcos são considerados animais onívoros; eles comem, literalmente, qualquer coisa que você der para eles. Eu espero que vocês tenham gostado da aula, eu espero ver vocês aqui novamente, muito obrigado pela atenção.