If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:6:19

Transcrição de vídeo

RKA - Alô, moçada! Tudo bem com vocês? Na videoaula de hoje nós iremos aprender sobre o grupo dos fungos. Você já ouviu falar em cogumelos, bolores, orelhas de pau e fermento? Todos eles são fungos, organismos que possuem características próprias do Reino Fungi. Na sua tela você está vendo diversos exemplares de fungos. Aqui nós temos exemplares de cogumelos. Nessas duas fotos vemos exemplares de fungos que são microscópios, ou seja, só são possíveis de serem vistos no microscópio. Nessa última foto você está vendo um fungo que está vivendo em cima de um pão, ele é conhecido como bolor. Podemos encontrar fungos nos mais variados ambientes do planeta. É muito comum que eles se desenvolvam em troncos de árvores, como nessas duas fotos, nas paredes, quando a parede é muito úmida pode propiciar o crescimento de fungo, e até mesmo em cima de vegetais, como neste morango. Isso que você está vendo branquinho é fungo. Os fungos desempenham um papel muito importante na natureza como decompositores. Organismos que são decompositores são aqueles capazes de realizar a reciclagem dos nutrientes. Nesta foto você está vendo uma maçã que está repleta de fungos. Aqui tudo o que você está vendo é fungo. Este fungo então está realizando a decomposição desta maçã. Isso é, ele está digerindo a matéria orgânica dela, e vai devolver esses nutrientes para o solo. Para que esses nutrientes possam ser utilizados novamente. Os fungos podem ser encontrados de duas formas: na forma unicelular, ou seja, quando ele é composto por uma única célula. Como estamos vendo nesta figura. É uma figura gerada a partir de um microscópio. Então cada bolinha dessa que você está vendo é um exemplar de fungo. Os fungos também podem ser pluricelulares, ou seja, compostos por várias células e não uma única célula. Nesta foto vemos um fungo, um cogumelo que cresceu na superfície de um tronco de árvore. Ele é composto por muitas e muitas células. A maneira mais comum que os fungos usam para se reproduzir é por meio da produção de esporos. Esporos são células muito pequenas e adormecidas que contêm todas as informações do fungo que a gerou. Então vamos olhar essa animação. Este fungo então está liberando uma porção de célulazinhas, que são cópias do fungo que a gerou. Essas células então, os esporos, eles conseguem percorrer grandes distâncias, porque é muito pequenininho e levinho, e uma vez que ele encontra uma situação adequada, uma condição adequada do seu crescimento, esse fungo vai germinar, brotar e crescer. O que são condições adequadas? É que ele encontre condições adequadas de água, nutrientes calor e luminosidade. Uma vez que ele encontra as condições ideais para o seu crescimento, este esporo será germinado e vai gerar um novo fungo. Os fungos não possuem clorofila. Então não possuem clorofila. Logo, os fungos não realizam fotossíntese. Por isso os fungos são organismos conhecidos como heterótrofos por absorção. Isso quer dizer que os fungos não produzem o seu próprio alimento. Eles fabricam substâncias digestivas que são capazes de dissolver a matéria orgânica, e assim eles conseguem absorver os nutrientes. Nesta foto nós estamos vendo um mamão que foi tomado por fungos. Esses fungos estão produzindo substâncias digestivas, capazes de digerir a matéria orgânica deste mamão, ele está absorvendo as substâncias dos nutrientes a partir deste mamão. O fungo é um grupo muito diverso e muito presente no nosso cotidiano. Está presente desde alimentos como: nesse queijo, na fabricação de pães e até mesmo a fabricação de vinhos. Presente também na produção de biocombustíveis como etanol. Presentes até mesmo na fabricação de medicamentos, como antibiótico penicilina que é amplamente utilizado no mundo todo. Porém, também há fungos que não são benéficos. Há fungos que causam doenças nos seres humanos. Uma forma muito comum, a maioria dos fungos que causam doenças, eles causam doenças de pele conhecidas como micoses. É muito comum que micoses afetem a pele dos pés, por exemplo. Por hoje é só. Hoje nós aprendemos quem são os fungos. Vimos também como é sua estrutura unicelular ou pluricelular. Vimos também que os fungos não possuem clorofila. Logo, eles não realizam fotossíntese. Sua forma de alimentação é por meio da produção de substâncias que digerem a matéria orgânica. Assim ele é capaz de absorver a matéria orgânica. Vimos também como os fungos se reproduzem. A maioria dos fungos se reproduzem por meio da produção de esporos. Vimos também exemplos de fungos no nosso cotidiano. Bons estudos e até a próxima!