If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal

Processos de reciclagem | Parte I

Nesta videoaula apresentamos o processo de reciclagem do plástico, do papel e do alumínio. Mostramos também, a título de curiosidade, como fazer papel reciclado em casa.

Quer participar da conversa?

  • Avatar blobby green style do usuário davitourinho.2106
    Quais materiais foram utilizados no vídeo?
    (4 votos)
    Avatar Default Khan Academy avatar do usuário
  • Avatar blobby green style do usuário angelost89113
    qual e o processo usado para transformar garrafas pet em roupas?
    (3 votos)
    Avatar Default Khan Academy avatar do usuário
    • Avatar duskpin ultimate style do usuário jogadoranumero1
      Depois de ser resfriado com água, o material é encaminhado para um procedimento de granulagem. O produto é novamente exposto a uma temperatura elevada, tornando-se uma pasta. Esta pasta, por fim, passa por uma bomba com saída que contém microfuros que vão separar o material em fibras.
      (2 votos)
Você entende inglês? Clique aqui para ver mais debates na versão em inglês do site da Khan Academy.

Transcrição de vídeo

RKA-MP - Olá, meu amigo ou minha amiga! Tudo bem com você? Seja muito bem-vindo ou bem-vinda a mais uma aula de ciências da natureza. Nesta aula, vamos conhecer alguns processos de reciclagem de alguns materiais, incluindo o plástico, o papel e o alumínio. Mas uma coisa que a gente pode começar falando aqui rapidinho é: o que é a reciclagem e qual é a sua importância? A reciclagem é um processo que consiste basicamente na transformação de materiais usados em produtos novos, que poderão ser inseridos novamente na cadeia de consumo sem que haja necessidade de extrair mais recursos naturais. Por exemplo, para fazer papel é preciso utilizar árvores. Quando a gente recicla o papel, estamos fazendo novos papéis que serão utilizados posteriormente sem precisar arrancar mais árvores. Isso é muito importante porque contribui e muito para a preservação do meio ambiente, algo que atualmente é mais importante do que nunca foi em toda a nossa história. Além disso esse processo de reciclagem também ajuda na redução do lixo gerado pelo homem, já que todo esse material que seria jogado fora vai ser reutilizado. A reciclagem também é importante para a própria sociedade, porque gera empregos em cooperativas e também contribui para renda de diversos catadores de materiais recicláveis que fazem um trabalho muito legal recolhendo separando e enviando diretamente para reciclagem. Mas será que tudo que utilizamos pode ser reciclado? Infelizmente, não! Algumas embalagens e objetos não podem ser reciclados após a utilização, porque possuem materiais químicos que não podem ser separados desses materiais com facilidade. Por exemplo, vou citar alguns materiais que não podem ser reciclados: os adesivos, etiquetas e fita crepe, papel carbono, fotografias, papel toalha, papel higiênico, papéis engordurados, papéis metalizados parafinados ou plastificados, grampos, esponjas de aço, pilhas, cristais e ampolas de medicamentos. Enfim, todos esses materiais que citei para você são alguns dos que não podem ser reciclados. Inclusive, muitos deles nós utilizamos no dia a dia e normalmente descartamos de forma incorreta. O ruim é que, ao fazer esse descarte de forma incorreta, isso vai prejudicar a qualidade do trabalho dos catadores, das ONGs e das recicladoras, já que isso vai tornar o processo de reciclagem muito mais demorado e mais caro. Mas, apesar disso e dessa lista que eu passei aqui para você, muitas coisas podem ser recicladas e, para te ajudar, vou mostrar algumas dessas coisas. Os materiais mais comuns encontrados no lixo e que podem ser reciclados são estes: alguns plásticos, tais como garrafas, embalagens de produtos de limpeza, potes de cremes e xampus, tubos e canos, brinquedos, sacos, sacolas e saquinhos de leite e também o isopor. O alumínio também pode ser reciclado, por exemplo, latinhas de cerveja e de refrigerante, esquadrias e molduras de quadros, alguns materiais ferrosos como molas e latas também podem ser reciclados. A gente não pode esquecer de falar dos papéis. Vários tipos de papéis e papelão também podem ser reciclados, tais como jornais, revistas, impressos em geral, papel de fax, embalagens longa vida, tipo aquelas caixinhas de leite que a gente compra no mercado. Esses são alguns dos tipos de papéis que podem ser reciclados. Alguns vidros como frascos, garrafas e vidros de conserva também podem. Enfim, essa lista com alguns dos materiais que podem ser reciclados pode te ajudar um pouco na hora de realizar a separação do lixo para a coleta. Não se esqueça, também, que os plásticos precisam ser bem lavados para que não fiquem restos do produto, principalmente no caso de detergentes e xampus, já que isso pode dificultar a separação e o aproveitamento do material. Não se esqueça, também, de lavar muito bem as garrafas de vidro e retirar as tampas dessas garrafas. Já em relação aos metais, tais como latinhas de refrigerantes, cervejas e enlatados, devem ser amassados ou pensados para facilitar o armazenamento. Em relação aos papéis, eles podem ser guardados diretamente em sacos plásticos. Não se esqueça também de separar o material para coleta seletiva. Depois que esse material é separado, ele vai ser enviado para reciclagem. Cada material vai ter um destino levemente diferente um do outro. Enfim, meu amigo ou minha amiga, espero que você tenha gostado dessa aula, entendido a importância da reciclagem e também compreendido quais os materiais que podem ser reciclados e quais não. E, mais uma vez, quero deixar para você um grande abraço! Até a próxima!