If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal

Transcrição de vídeo

RKA10GM - Bem-vindo à Khan Academy. Hoje, vamos falar sobre o trato gastrointestinal. Você já percebeu que, no seu núcleo mais profundo e interno, que esse não é realmente você? Pense nisso. No momento em que você come alguma coisa e a engole, ela começa a passar através do seu trato gastrointestinal, que vem do ambiente externo. A comida que você acabou de ingerir fazia parte do mundo exterior e o tratamento que vai seguir através da sua boca até o ponto em que ela é expelida no banheiro, na realidade, não é o que você é, faz parte do ambiente externo. Não é estranho isso? Neste vídeo, vamos ter uma visão geral do trato gastrointestinal. Vou falar sobre cada uma das partes individuais que são principais, as suas funções globais e, depois em vídeo subsequentes, vou passar cada uma dessas partes individuais e dar uma explicação mais detalhada de como elas fazem o que fazem. Tudo bem, então vamos começar, é claro, pelo primeiro lugar em que a nossa comida passa: a nossa boca ou cavidade oral. As principais funções que temos na boca incluem a mastigação, a formação do bolo alimentar e também, o que é muito importante, a hidrólise. Como você pode lembrar da bioquímica, a hidrólise é apenas a digestão enzimática ou degradação enzimática. A mastigação é a trituração, e a hidrólise é a quebra assistida por enzimas dos alimentos. Assim, quando trituramos a comida, o objetivo é formar o bolo alimentar: apenas um bolo de comida que, digerida, pode ser engolida e passar para próxima estrutura. Depois de engolirmos a comida, ela vai para o esôfago, que eu acho que é uma das partes mais chatas do trato gastrointestinal, porque tudo o que ele faz é apenas impulsionar o bolo alimentar. E vamos para a próxima etapa e é só. Chato, não? Mas a próxima etapa é um pouco mais empolgante. Chegamos ao estômago, e muita ação ocorre no estômago. Uma das minhas partes favoritas do trato gastrointestinal. O estômago é responsável por várias coisas, incluindo a agitação, que é muito parecida com a mastigação, exceto que existem mais contrações afetando a comida e a quebrando. Também temos a hidrólise acontecendo aqui, a quebra assistida por enzimas dos alimentos. Além disso, você pode armazenar comida no estômago, caso não esteja na hora de passar para a próxima etapa do seu trato gastrointestinal. O objetivo geral aqui é fazer o que chamamos de "quimo", que é a massa pastosa em que se transformam os alimentos após a digestão no estômago. Então pegamos nosso bolo alimentar e meio que o derretemos para este tipo de substância mais fluida, que passamos para nossos intestinos. Então estamos nos movendo agora para nossos intestinos, através do nosso duodeno, que tem por tarefa principal regular a passagem do quimo de um órgão para outro e impedir o seu refluxo. E chegamos no intestino delgado. Há três partes aqui que vamos falar em vídeos posteriores, mas as principais funções são a hidrólise e a absorção de nutrientes. Esta é a primeira parte do trato gastrointestinal que está finalmente tomando as quebras dos produtos alimentícios para obter a nutrição e transformar em outros produtos no nosso corpo. Beleza, agora que passamos pelo intestino delgado, o que você acha que aparece em seguida? O intestino grosso. E você se lembra do outro nome para o intestino grosso? Começa com "c", e se você disse cólon, está absolutamente certo. O cólon é também uma parte chata do trato gastrointestinal, porque, realmente, tudo o que temos aqui é a absorção, não de nutrientes em si, mas de coisas como água, íons ou vitamina K. Coisas assim são absorvidas no intestino grosso, então não é um lugar de alto rendimento para adquirir nutrientes. Depois disso, vamos passar a comida para a estrutura chamada "reto". Como o estômago do trato gastrointestinal, o reto serve para armazenamento. Nós seguramos nossos alimentos processados e o mantemos lá até que consideremos uma hora apropriada para expelir a comida, se é que podemos chamá-la ainda assim. Portanto, quando é a hora de expulsar a comida, esta sai pelo ânus, onde ocorre a expulsão. Assim, esses são todos os componentes principais do nosso trato gastrointestinal. Existem alguns outros órgãos acessórios envolvidos na digestão, que incluem o fígado, a vesícula biliar e o pâncreas, que falaremos em vídeos posteriores. E até a próxima, pessoal! Continuem assistindo a todos os vídeos da Khan Academy.