If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:5:51

Transcrição de vídeo

RKA - Olá, meu amigo ou minha amiga, tudo bem com você? Seja muito bem-vindo(a) a mais uma aula de ciências da natureza. Nesta aula, nós vamos conhecer um pouquinho sobre a história do petróleo, e também vamos apresentar alguns dos derivados do petróleo e como eles são importantes em nosso dia a dia. Até a primeira metade do século 19, as indústrias utilizavam principalmente outras fontes de energia para alimentar as máquinas, como, por exemplo, o carvão mineral. Foi apenas a partir de meados do século 19 que a indústria petrolífera se modernizou. Mas antes mesmo desse período, o petróleo já era conhecido, inclusive, na antiguidade, principalmente devido às grandes reservas frequentes no Oriente Médio. Existe uma estimativa aproximada de que 2/3 das reservas mundiais do petróleo estão no Oriente Médio. E por falar no Oriente Médio, ainda no início da Era Cristã, os árabes utilizavam o petróleo para fins bélicos, ou seja, para armas de guerra, e também para iluminação. Mas a gente não vai voltar tanto assim no tempo para contar a história do petróleo, já que foi em meados de 1850 que a indústria petrolífera se modernizou, e isso ocorreu através de James Young, na Escócia, já que foi ele que descobriu o processo de refinamento do petróleo. Ainda nessa mesma década, em 1859, um americano chamado Edwin Drake perfurou, na Pensilvânia, um poço à procura de petróleo que, inclusive, possuia uma grande quantidade para a extração. Esse poço foi descoberto em uma região de pouca profundidade, algo em torno de 21 metros. Isso é bem incrível, porque os poços de petróleo atuais superam os 6.000 metros de profundidade. Imagine, você está sentado no quintal da sua casa e, do nada, começar a brotar petróleo do chão? Foi praticamente isso que aconteceu naquela época. Mas continuando aqui. Por falar nos Estados Unidos, em 1859, eles produziam cerca de 2.000 barris de petróleo. Já em 1874, isso se elevou para 10 milhões. Então, só para você observar o quanto de petróleo que começou a ser utilizado nesse período. Avançando um pouquinho no tempo, a gente pode falar também sobre a Primeira Guerra Mundial, porque isso colocou em evidência a importância estratégica do petróleo, e, pela primeira vez, foi usado submarino com motor a diesel. Além disso, nessa época também, o avião surgiu como uma nova arma, e tanto um como o outro utilizam combustíveis derivados do petróleo. A utilização do petróleo em guerras e também a utilização dos seus derivados, principalmente em uma época em que a indústria automobilística começava a ganhar força, fizeram com que a indústria petrolífera ganhasse ainda mais importância. Com o passar dos anos, surgiram organizações de países árabes que exportavam petróleo para outras partes do mundo. Porém, também não podemos deixar de falar sobre a história do petróleo no Brasil. Podemos dizer que a história do petróleo no Brasil teve início em 1892, já que foi nesse ano que o fazendeiro Eugênio Ferreira de Camargo perfurou o primeiro poço em busca de petróleo em sua fazenda na cidade de Bofete, no interior do estado de São Paulo. Porém, o poço de 488 metros de profundidade teve como resultado apenas água sulfurosa. Passando um pouquinho os anos, foi somente em 1939, no bairro de Lobato em Salvador, na Bahia, que foi descoberta a primeira jazida de petróleo explorável comercialmente. De lá para cá muita coisa aconteceu, até que, em 1954, entrou em operação a Petrobras, uma empresa especializada em extração e exploração do petróleo, e que existe até hoje. Em 2016, o Brasil se tornou o maior produtor de petróleo da América Latina, com 918,7 milhões de barris produzidos. E atualmente o Brasil já é um dos maiores produtores de petróleo do mundo. Ou seja, nós temos uma grande história com o petróleo. Mas por que tantos países buscam encontrar o petróleo e realizar todo o processo de separação em seus derivados? A resposta é simples. Utilizamos os derivados do petróleo em muitas coisas no nosso dia o dia, seja de forma direta ou indireta. Por exemplo, utilizamos a gasolina para fazer os carros funcionarem, sem contar os combustíveis para avião, que também são derivados do petróleo. Utilizamos o GLP, que é um gás liquefeito do petróleo. Esse é o gás que utilizamos em nossas casas para preparar nossos alimentos. Utilizamos os resíduos do processo de destilação para fazer asfalto e parafina. Sem contar que os plásticos que utilizamos, pelo menos grande parte deles, são originados de resinas derivadas do petróleo. Ah, não podemos esquecer que grande parte das embalagens de alimentos que consumimos são feitos de plásticos. Ah, na verdade, existem diversas outras coisas que utilizamos e nem sabemos que são derivadas do petróleo, como, por exemplo, o chiclete, alguns cosméticos, produtos de limpeza, o lápis de cera, tecidos sintéticos, como o náilon, o acrílico, o poliéster, e tantas outras coisas. Enfim, só de pensar nessas coisas, já sabemos que o petróleo ainda tem uma importância muito grande em nossa sociedade. Bem, meu amigo ou minha amiga, espero que você tenha compreendido tudo direitinho e, mais uma vez, eu quero deixar para você um grande abraço, e até a próxima.