If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:6:07

Transcrição de vídeo

RKA - Olá, meu amigo ou minha amiga, tudo bem com você? Seja muito bem-vindo(a) a mais uma aula de ciências da natureza. Nesta aula, eu vou conversar com você sobre a nossa atmosfera e a relação entre temperatura, altitude e pressão. Além disso, também vamos conversar sobre alguns movimentos que observamos em nossa atmosfera. A nossa atmosfera é formada por cinco camadas: a troposfera, a estratosfera, a mesosfera, a termosfera e a exosfera. Conforme você pode observar aqui em nosso diagrama, a temperatura encontrada na atmosfera vai depender da camada que nós estamos observando. Porém, ao observar apenas a troposfera, nós podemos observar uma relação direta entre altitude e temperatura. Quanto mais alto estamos em relação à superfície da Terra, menor será a temperatura observada. Você consegue perceber isso nitidamente quando vai para uma cidade que se encontra no alto de uma montanha. A temperatura em regiões como essa costuma ser menor que a temperatura a uma altura a nível do mar. Bem, isso tem uma relação muito grande com a concentração de gases na atmosfera. Aqui bem abaixo, próximo à superfície da Terra, temos os gases muito concentrados, e isso se deve a muitos fatores. Mas o interessante é que devido a essa concentração, teremos uma pressão muito grande aqui embaixo. Mas, enfim, qual é a explicação para isso? A primeira coisa que precisamos entender é a ideia de pressão atmosférica, que é o peso que o ar exerce sobre a superfície terrestre. Essa pressão está diretamente relacionada com a força gravitacional puxando os gases para o mais próximo possível da superfície da Terra. Sim, a pressão atmosférica pode sofrer variações de acordo com as altitudes e, também, com as condições de temperatura do ar. Então, vamos falar sobre a pressão atmosférica e a altitude. Algo que é preciso deixar bem claro aqui para você é que quanto maior for a altitude em relação ao nível do mar, menor será a pressão atmosférica. Isso acaba fazendo com que os gases da atmosfera que estão mais distantes do solo fiquem menos concentrados. Como os componentes do ar costumam reter o calor do Sol e aumentar a temperatura do ambiente, quanto menos eles ficarem concentrados, menos calor eles irão reter e menor será a temperatura do ambiente. Por isso que, quando a gente está subindo uma montanha, a temperatura do ambiente vai diminuindo. Mas como eu disse antes, isso é uma regra apenas em relação à troposfera, porque se a gente fosse observar todas as camadas, teríamos um comportamento bem diferente de temperatura. Por exemplo, olha este gráfico aqui, ele mostra o que acontece com a temperatura em relação à altitude. Neste gráfico, vou colocar um eixo horizontal, em que a gente vai ter aqui neste eixo horizontal a temperatura. Vou colocar aqui para você -273°C no início, já que é a menor temperatura possível de se atingir. Depois, a gente vai ter -200°C, depois -100°C, depois 0°C. Depois, eu vou dar um salto aqui e colocar 1.000°C e depois 2.500°C. Beleza, temos todas essas temperaturas possíveis aqui. No eixo vertical, eu vou colocar a altitude. Primeiro, vou separar as camadas: temos a troposfera, depois a estratosfera, depois a mesosfera, depois a termosfera e, por último, a exosfera. Quando estamos aqui na superfície, temos uma temperatura próxima a 0°C. Um pouco acima disso e um pouco abaixo disso em alguns lugares. Então, vou colocar 0°C. À medida que a gente vai subindo, a temperatura vai caindo. Aí, quando a gente chega aqui na estratosfera, a temperatura começa a aumentar. Depois, quando chega na mesosfera, a temperatura começa a cair novamente. Depois, na termosfera, aumenta muito, chegando a quase 2.300°C. Aí, depois, na exosfera, volta a cair novamente, chegando próximo à menor temperatura possível nas regiões mais afastadas. Bem, isso que eu falei é em relação à altitude, porém, as temperaturas diferentes em regiões próximas à superfície da Terra também alteram a pressão. Então vamos ver agora a relação entre temperatura e pressão. Bem, para entender isso, é importante saber que, quando a temperatura está mais baixa, os gases que estão no ar costumam ficar mais concentrados. Então, se a gente tiver duas regiões próximas, em que na primeira região teremos uma temperatura baixa, e na segunda região teremos uma temperatura alta, na primeira região, a pressão será maior devido à maior concentração do ar, e na segunda região, teremos uma pressão menor devido ao fato do ar estar menos concentrado. É aí que acontece algo bem legal. O ar que está concentrado vai tentar se espalhar e ir para a região de baixa pressão, ou seja, o ar vai se movimentar. Esse movimento que ocorre com o ar explica a formação dos ventos e vários outros fenômenos climáticos que observamos acontecendo em nossa atmosfera o tempo todo. Enfim, meu amigo ou minha amiga, tudo isso que conversamos foi para você compreender um pouco mais sobre a nossa atmosfera, os seus componentes e suas propriedades. Eu espero que você tenha compreendido tudo direitinho e, mais uma vez, quero deixar para você um grande abraço, e até a próxima.