Se você está vendo esta mensagem, significa que estamos tendo problemas para carregar recursos externos em nosso website.

If you're behind a web filter, please make sure that the domains *.kastatic.org and *.kasandbox.org are unblocked.

Conteúdo principal

Estrutura e função do esqueleto

O esqueleto sustenta e protege nosso corpo. Os insetos têm exoesqueletos fora de seu corpo, enquanto os humanos têm endoesqueletos dentro de seu corpo. Nossos ossos estão em grupos axiais (crânio, caixa torácica, coluna) e apendiculares (braços, pernas). A medula óssea produz células sanguíneas; mais especificamente, a medula vermelha produz sangue e a medula amarela armazena gordura. Versão original criada por Tracy Kim Kovach.

Quer participar da conversa?

Você entende inglês? Clique aqui para ver mais debates na versão em inglês do site da Khan Academy.

Transcrição de vídeo

RKA1JV - Neste vídeo, vamos falar sobre a estrutura esquelética e em seguida a função do esqueleto, especificamente, o esqueleto humano, que é o que nos interessa. Mas, antes de falarmos sobre o esqueleto humano, vamos falar sobre os esqueletos de insetos, ou esqueleto de artrópodes. Temos uma pequena joaninha aqui e nossa pequena joaninha é um artrópode. E tem o que é chamado de exoesqueleto. E esse esqueleto está fora da joaninha. "Exo", na verdade, vem do grego para externos. Por outro lado, somos vertebrados, e como vertebrados, temos essa incrível rede de ossos localizada no interior de nossos corpos. Por isso, temos o que são chamados de endoesqueletos. E "endo" é do grego que significa por dentro, referindo-se à localização do esqueleto que está dentro do nosso corpo em oposição ao exterior. Agora, como seres humanos, nossos esqueletos executam uma variedade de funções bastante vitais. A primeira das quais é suportar o nosso corpo e fornecer um quadro para o movimento. Isso significa que nosso corpo é sustentado pela rede de ossos que nos permite sentar, levantar, e fornecer algum tipo de estrutura para o nosso corpo. Em seguida, os membros do nosso corpo, em particular, as várias articulações em nosso corpo, fornecem uma estrutura para o movimento que permite que você corra, chute, ou digite simplesmente no teclado. Outra função importante do nosso esqueleto, é que ele protege nossos órgãos vitais, assim, se você olhar para o crânio, por exemplo, ele abriga nosso cérebro, e a caixa torácica protege nosso coração, pulmões e outros órgãos. A terceira função do nosso esqueleto é que ele executa uma variedade de papéis fisiológicos em nosso corpo, ou seja, o armazenamento de cálcio, e o que é chamado de hematopoiese, que é a produção de todos os componentes celulares dentro do nosso sangue. O nosso sangue é composto de muitos componentes diferentes, de proteínas plasmáticas, entre outras coisas, e os componentes celulares do nosso sangue são vermelhos, e as células sanguíneas, os glóbulos brancos, e as plaquetas, todos formados dentro do osso. Essas são as principais funções dos ossos que formam o nosso esqueleto. O modo de classificar os ossos é diferenciar entre aqueles que formam o esqueleto axial e depois aqueles que formam o esqueleto apendicular. Esqueleto axial é o que compõe o nosso crânio, caixa torácica, e a nossa coluna vertebral, o esqueleto axial é que faz parte do eixo do nosso corpo, bem no centro da linha mediana. Em seguida, os ossos dos membros anteriores, e a nossa pélvis, que formam o que é chamado esqueleto apendicular. E assim, são quatro apêndices do esqueleto apendicular que são anexados ao nosso esqueleto central ou axial. Outro sistema de classificação para os ossos no esqueleto é a diferença entre ossos chatos e ossos longos. Alguns exemplos de ossos chatos são os ossos que compõem o nosso crânio, os diferentes ossos que compõem as suas costelas, e depois também os ossos de sua pélvis, e os ossos chatos que descrevem a forma do osso. Esses ossos são compostos de um osso interno esponjoso, e em seguida, as partes exteriores, das quais é feito o osso compacto. Há um osso esponjoso interno em uma camada externa do osso compacto, e o osso plano serve principalmente para proteger nossos ossos e servir como um local para ele. Ossos longos, por outro lado, alguns exemplos destes seria o úmero do seu braço, ou o fêmur na sua perna. Há alguns termos diferentes para se familiarizar quando você está se referindo a partes diferentes do osso longo. A porção média longa é chamada de diáfise, em seguida, o fim do osso longo é chamado de epífise. Há uma pequena área do osso entre os dois, que está no meio da diáfise. E a metáfise contém a placa de crescimento, que está presente no ossos longos das crianças, e esses ossos longos são feitos de ossos esponjosos, em uma casca exterior de osso compacto. Esses ossos longos são realmente o que fornecem um quadro para movimento como falamos antes, o que ocorre na medula óssea, que está contida nos ossos. Existem dois tipos diferentes de medula óssea. Há o que chamamos de medula óssea vermelha, e em seguida, medula óssea amarela. A medula óssea vermelha serve como principal local para o amato, que se relaciona com os glóbulos vermelhos. Você pode encontrar medula óssea vermelha dentro de ossos chatos. Em seguida, a medula óssea amarela, que, por outro lado, é principalmente um local para armazenamento de gordura, composto de células adiposas, chamadas adipócitos. Geralmente, você pode encontrar medula óssea amarela dentro de ossos longos.