If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal

Herpes – diagnóstico, tratamento e prevenção

Nesta videoaula apresentamos os sintomas, diagnóstico e tratamento do herpes em seus diferentes tipos. Também abordamos as formas de prevenção.

Transcrição de vídeo

RKA - Oi, pessoal! Hoje nós vamos falar sobre a herpes. A herpes é uma doença transmitida por dois vírus diferentes: o vírus HSV-1, que é esse que vocês veem na figura, que transmite a herpes tipo 1, e o vírus HSV-2, que transmite a herpes tipo 2. Como vocês podem ver, existem dois tipos diferentes de herpes e cada um tem sintomas específicos. A herpes tipo 1 ocorre na região da boca e seus sintomas são feridas no lábio, como esta que eu estou circulando. Já a herpes tipo 2 ocorre nas genitálias e seus sintomas também são feridas, porém, na região das genitálias. Ela é considerada uma infecção sexualmente transmissível, ou seja, a sua transmissão ocorre através do contato sexual com pessoas contaminadas. Já a transmissão da herpes tipo 1 ocorre através do contato com a saliva de pessoas contaminadas. E como será que ocorre o diagnóstico desta doença? O diagnóstico, na verdade, é muito simples. Na maioria dos casos, o médico consegue diagnosticar a doença apenas com a observação. O tratamento também não é complicado: na maioria dos casos, apenas o uso de pomadas é necessário. Porém, apesar de o tratamento ser simples, a herpes não tem cura. Por mais que as feridas sumam, elas podem voltar a aparecer com o tempo. Então, o ideal é sempre a prevenção. E como será que ocorre essa prevenção? A prevenção ocorre através do uso de preservativos nas relações sexuais, e isso em qualquer relação, porque, mesmo que a pessoa não apresente feridas nas genitálias, ela ainda pode ser portadora da doença. Também evitando o beijo de pessoas que tenham feridas na boca e, no caso de dentistas, que mexem diretamente na boca da pessoa, o ideal é sempre usar luvas. Então, é isso, eu espero que vocês tenham gostado e até a próxima!