If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal

Transcrição de vídeo

RKA10GM - E aí, pessoal, tudo bem? No Antigo Egito, se as mulheres quisessem saber se estavam grávidas ou não, elas urinavam em sacos de trigo ou de cevada durante vários dias, e se o trigo brotasse, a mulher estava grávida de uma menina. Se a cevada brotasse, então, ela estava grávida de um menino. E, claro, se nenhum brotasse, então ela não estava grávida. Essa dúvida de estar grávida é bastante antiga, e sabe o que é interessante? É que fizeram-se teste nos anos 60 e descobriram que isso funcionou em cerca de 70% das vezes. Mas como podemos saber se uma mulher está grávida ou não na medicina moderna? Existem alguns sinais de gravidez, e estes sinais são divididos em três grupos diferentes: o primeiro é o presumível. Então, estes sinais presumíveis são mudanças que são experimentadas pela mulher que a faz pensar que está grávida. O segundo grupo são os sinais prováveis. Esses sinais prováveis são mudanças físicas que o médico percebe ao suspeitar que uma mulher está grávida. Por fim, temos os sinais positivos de gravidez. Esses sinais só podem ser explicados pela gravidez. Vamos começar com os sinais presumíveis. Ou seja, vamos começar com o sinal que a mulher acha que está grávida. O primeiro sinal é o período perdido. Ou então, quando a menstruação atrasa, que chamamos de "amenorreia". Amenorreia é um termo científico. E, claro, se nós analisarmos esta palavra, temos este "A" de negação que vem do latim e significa a falta de menstruação, como eu já tinha falado. É importante você saber por que não menstrua na gravidez. Temos um útero aqui e temos as suas camadas, mas a camada mais importante é a interior, que é o endométrio. Ao lado, temos o ovário que tem muitos folículos diferentes, e dentro de cada folículo tem um óvulo. O importante deste ciclo menstrual é selecionar um destes folículos, ou seja, selecionar um destes folículos, todo ciclo menstrual, para desenvolvimento. E um destes folículos é selecionado para crescer e se desenvolver. Então à medida que eles crescem e se desenvolvem, eles criam hormônios, especialmente estradiol, que é um tipo de estrogênio. Esse estradiol age no útero, e isso faz com que o endométrio se prolifere e fique mais espesso. No meio do ciclo menstrual, estes folículos se rompem e liberam o óvulo que está dentro deles. E esse evento no qual o folículo rebenta e libera o óvulo é chamado de "ovulação". Após a ovulação, o óvulo liberado desce a trompa de Falópio e espera encontrar um espermatozoide para fertilizá-lo. Enquanto isso, este folículo que foi rompido é deixado para trás, e nós o chamamos de "corpo lúteo". Então o corpo lúteo tem esse período de espera, enquanto o óvulo está esperando para ser fertilizado, para começar a produzir lotes de progesterona. A progesterona é outro hormônio que o corpo lúteo produz. Mais uma vez, a progesterona atua no endométrio do útero para aumentar o crescimento das glândulas e, com isso, causar o armazenamento de glicogênio. Isso tudo é para preparar o endométrio para implantação de um embrião. Mas o que isso tem a ver com o período? O que acontece é que, se este óvulo não é fertilizado, o corpo lúteo reconhece isso e pensa: "Bem, eu acho que não há razão para preparar este endométrio para implantação." E, com isso, ele deixa de produzir progesterona. Sem progesterona, o endométrio começa a se desprender. Isto aqui se desfazendo do endométrio é o que chamamos de um período. Mas se ocorrer a fertilização, o que acontece? Acontece que o óvulo irá se implantar no útero e quando ele se implanta no útero, ele faz um hormônio chamado "gonadotrofina coriônica humana" ou, então, hCG. Essa hCG diz para o corpo lúteo continuar vivo e produzindo progesterona. E a progesterona continua mantendo o endométrio vivo e saudável, isso para que não se desfaça e não acabe um período. É por isso que quando um óvulo fecunda, ou seja, quando você está grávida, perde um período. Esses hormônios que eu falei provocam os outros sinais presumíveis, que são náuseas e vômitos, por exemplo. E muitas pessoas perguntam por que ela fica enjoada ou com náuseas durante a gravidez. Uma das razões para a náusea é a progesterona. A progesterona é muito boa em relaxar o músculo liso, e tem músculo liso em todo nosso corpo, incluindo o músculo liso do trato gastrointestinal. Você pode imaginar: se o músculo liso desse trato está relaxado, em vez de contrair, a comida não vai fazer o caminho como deveria, e ela meio que fica lá, e nós temos um empilhamento de comida. E aquele empilhamento de comida causa náusea. Além da progesterona e também do hCG, a placenta faz um hormônio chamado de "hormônio estimulante dos melanócitos". Não é o hormônio mais importante da gravidez, mas temos esse hormônio, e ele faz o que seu nome sugere: estimula os melanócitos, que são as células pigmentares na sua pele. Por isso, a hiperpigmentação não é algo incomum na gravidez, ou seja, a sua pele ter um tom mais escuro pode ser um sinal de gravidez. Essa hiperpigmentação pode acontecer no rosto, e quando isso acontece, nós chamamos de "melasma", que é a hiperpigmentação que acontece na sua face. Muitas pessoas se referem a ela como uma máscara da gravidez, e você pode ver manchas escuras no seu rosto que geralmente desaparecem um ano depois que a gravidez acabou, mas, ainda assim, pode ser um sinal de início de gravidez. "Linea nigra" é outra manifestação dessa hiperpigmentação. Então "linea" significa linha, e "nigra" significa preto, correto? Então é uma linha negra que geralmente aparece no meio do abdômen, e você também pode ver um escurecimento da aréola dos seios, e aí nós temos outra manifestação de hiperpigmentação. Falando dos seios, muitas mulheres na gravidez têm sensibilidade mamária, e, mais uma vez, isso é efeito do estrogênio e da progesterona causando o crescimento das glândulas, ou seja, é um crescimento dentro do peito. Em torno de 12 a 14 semanas de gravidez, as mulheres podem começar a sentir movimentos fetais pela primeira vez. Eles se parecem com uma vibração, e isso está se referindo à aceleração. Então esses são os sinais presumíveis da gravidez. E quais são os sinais prováveis? Primeiro, há o aumento do útero. Se o médico perceber que o útero da mulher está aumentando, isso é um sinal que ela pode estar grávida. E, claro, um teste de gravidez positivo é um outro sinal. E a maioria dos testes, tanto por urina como pelo exame de sangue, detectam o beta hCG. Só para lembrar, o hCG é a gonadotrofina coriônica humana, lembrando que é feito depois que a implantação ocorre, e ele pode ser detectado tanto na urina quanto no exame de sangue entre 10 a 14 dias após a concepção. Você pode pensar que o teste com exame de sangue é mais preciso do que o teste com urina feito em casa. Isso necessariamente não é verdade porque existem estudos que mostram que eles são tão precisos quanto o exame de sangue. Mas se você não seguir corretamente as instruções, esse teste de gravidez pode ser impreciso. Você deve estar se perguntando: por que um teste não está entre os sinais positivos? Ou seja, por que é um sinal provável de gravidez? Isso é porque você pode ter um exame de gravidez falso positivo, e também existem alguns tipos de cânceres que produzem o hCG, ou seja, eles também dariam positivo no teste sem a pessoa realmente estar grávida. Outros sinais prováveis são que, durante a gravidez, o fluxo sanguíneo no aparelho reprodutivo aumenta muito, isso incluindo o útero e a vagina. Ou seja, há mais vasos sanguíneos crescendo nesses órgãos, e, com isso, mais sangue da mãe está sendo direcionado dessa maneira. Isso faz com que esses tecidos realmente se soltem, fiquem mais inchados e elásticos. Por exemplo, a ponta do colo do útero fica macia e inchada, e isso pode ser visto ou sentido por um médico. Esse amolecimento da ponta do colo do útero é referido como sinal de Goodell. Isso é algo que o médico pode examinar e é uma indicação que a mulher pode estar grávida. E todos esses vasos sanguíneos dão ao colo do útero e à vagina uma cor violeta que novamente pode ser vista durante um exame, e isso é chamado de sinal de Chadwick. E é esse sinal que dá o tom violeta mais azulado à vagina e ao colo do útero, e eventualmente o médico pode até sentir a presença do feto. Existe um método no qual o ginecologista pode inserir o dedo na vagina e bater suavemente para cima, e isso faz com que o feto se levante, aí o feto afunda, e ele pode sentir a batida suave no dedo. Essa técnica é chamada de "balonismo". Então esses são os sinais prováveis de gravidez. Por fim, temos o sinal positivo de gravidez, que só pode ser explicado pela gravidez. Ele inclui a visualização do feto, que pode ser feita através de ultrassom e raio-X, também podemos ouvir os batimentos cardíacos fetais, ou seja, nós ouvimos o tom do coração fetal e sentimos os movimentos fetais. E temos também os movimentos fetais, e esses são sinais que dão absoluta certeza da gravidez. Esses são alguns sinais da gravidez da mulher. É isso aí, pessoal, até a próxima aula!