If you're seeing this message, it means we're having trouble loading external resources on our website.

Se você está atrás de um filtro da Web, certifique-se que os domínios *.kastatic.org e *.kasandbox.org estão desbloqueados.

Conteúdo principal
Tempo atual:0:00Duração total:4:54

Transcrição de vídeo

RKA - Alô, moçada! Tudo bem com você? Na videoaula de hoje, nós vamos entender a função das gônadas masculina e feminina. Antes de mais nada, o que são gônadas? Gônadas são glândulas produtoras de hormônios sexuais e gametas. Hormônios, por sua vez, são moléculas produzidas pelo nosso organismo cuja função é regular processos fisiológicos que acontecem no nosso corpo. Gametas são as células responsáveis pela transmissão de características hereditárias, isto é, pela reprodução. Existem dois tipos de gametas: os gametas femininos e os gametas masculinos. Nas figuras ao lado, vemos o sistema reprodutor feminino e o masculino, com destaque, então, para as gônadas femininas e para as gônadas masculinas. Vamos ver com mais detalhes. Bom, os testículos são as gônadas masculinas. Nesta imagem, estamos vendo o sistema reprodutor masculino. Observe que há dois testículos, um aqui e outro aqui. Um de cada lado. Se olharmos mais de perto, vemos esta imagem aqui. E se olharmos por dentro do testículo, o que a gente vai enxergar é essa imagem aqui. É neles que se formam os espermatozoides. Nos testículos, então, ocorre a formação dos espermatozoides. Essa estrutura que estamos vendo, que são tubos bem fininhos e enovelados, são conhecidos como túbulos seminíferos. É aí onde acontece a produção dos espermatozoides. Nos testículos também existem células especiais, várias delas, aliás, chamadas de células de Leydig. Essas células são responsáveis pela produção da testosterona, o hormônio sexual masculino. A testosterona é responsável por uma porção de coisas, como o desenvolvimento dos órgãos sexuais masculinos durante a gestação. A testosterona também regula o processo de espermatogênese, que é aquele processo onde os espermatozoides são produzidos. A testosterona também é responsável por desenvolver e manter as características secundárias no homem, como pelos no rosto, pelos pubianos, aumento da massa muscular e mudança do timbre de voz. Os ovários são as gônadas femininas. Nesta imagem, nós estamos vendo o aparelho reprodutor feminino. Destaco os ovários, essas duas estruturas ovoides com um tamanho de dimensões de em torno de 3 centímetros de comprimento. Repare que os ovários aparecem em dois, um de cada lado do abdômen, como a gente pode ver com melhor destaque nessa outra figura. Os ovários são responsáveis pela produção dos gametas femininos, os ovócitos. Os ovários também produzem os hormônios estrógeno e progesterona. O estrógeno é responsável pela estimulação do crescimento da mucosa uterina. Então, nessa figura nós estamos vendo o útero. Destaco aqui essa região de ambos os lados e aqui em cima, também, da mucosa uterina. O estrógeno tem essa função de estimular o crescimento dessa mucosa e desenvolve e mantém as características sexuais secundárias das mulheres: aumento de tamanho e acúmulo de gordura no quadril, surgimento de mamas e pelos pubianos. A progesterona estimula a continuação do crescimento dessa mucosa uterina aqui. Esse crescimento, essa estimulação do constante crescimento da mucosa, é muito importante para que o embrião, formado na junção dos gametas feminino e masculino, consiga se fixar no útero e, assim, desenvolver a gestação. Por hoje é só. Os processos de formação dos gametas ovulogênese, que é o processo de formação dos ovócitos, e espermatogênese, que é o processo da formação dos espermatozoides, nós iremos ver em uma próxima aula. Hoje nós vimos a estrutura e função das gônadas masculina, que são os testículos, e feminina, que são os ovários. Vimos também quais são as funções que essas duas gônadas realizam no processo de reprodução humana. Bons estudos e até a próxima!